serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A19 Estruturas Fúngicas .
D05 Substâncias Macromoleculares .
D05.500 Complexos Multiproteicos .
D05.500.117 Complexo de Sinalização da Axina .
D05.500.117.750 Caseína Quinase I .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.656 Peptídeo Hidrolases .
D08.811.277.656.350 Exopeptidases .
D08.811.277.656.350.245 Carboxipeptidases .
D08.811.277.656.350.245.450 Lisina Carboxipeptidase .
D08.811.277.656.350.555 Metaloexopeptidases .
D08.811.277.656.350.555.750 Lisina Carboxipeptidase .
D08.811.277.656.675 Metaloproteases .
D08.811.277.656.675.555 Metaloexopeptidases .
D08.811.277.656.675.555.750 Lisina Carboxipeptidase .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.696 Fosfotransferases .
D08.811.913.696.620 Fosfotransferases (Aceptor do Grupo Álcool) .
D08.811.913.696.620.682 Proteínas Quinases .
D08.811.913.696.620.682.700 Proteínas Serina-Treonina Quinases .
D08.811.913.696.620.682.700.140 Caseína Quinases .
D08.811.913.696.620.682.700.140.300 Caseína Quinase I .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.476 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.776.476.081 Complexo de Sinalização da Axina .
D12.776.476.081.750 Caseína Quinase I .
D12.776.476.150 Caseína Quinases .
D12.776.476.150.299 Caseína Quinase I .
G02 Fenômenos Químicos .
G02.111 Fenômenos Bioquímicos .
G02.111.570 Estrutura Molecular .
G02.111.570.820 Conformação Molecular .
G02.111.570.820.709 Conformação Proteica .
G05 Fenômenos Genéticos .
G05.360 Estruturas Genéticas .
G05.360.340 Genoma .
G05.360.340.024 Componentes Genômicos .
G05.360.340.024.340 Genes .
G07 Fenômenos Fisiológicos .
G07.690 Fenômenos Farmacológicos e Toxicológicos .
G07.690.773 Fenômenos Farmacológicos .
G07.690.773.996 Estimulação Química .
H01 Disciplinas das Ciências Naturais .
H01.158 Disciplinas das Ciências Biológicas .
H01.158.201 Bioquímica .
H01.181 Química .
H01.181.122 Bioquímica .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.011 Ciência .
SP4.011.097 Química .
SP4.011.097.021 Bioquímica .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
/química .
/caracterização química .
/composição química .
/conteúdo químico .
/propiedades químicas .
/estrutura química .
Usado com compostos químicos, substâncias biológicas e não biológicas, para sua composição, estrutura, caracterização e propriedades. Também usado para a composição química ou o conteúdo de órgãos, tecidos, tumores, fluidos corporais, organismos e plantas. Exclui a análise química e a determinação de substâncias, para as quais se usa /análise. Exclui a síntese, para a qual se usa "/síntese química". Exclui o isolamento e a purificação de substâncias, para os quais se usa "/isolamento & purificação". .
0.70
 
Estruturas Fúngicas .
Componentes Fúngicos .
Estruturas Micóticas .
Estruturas dos Fungos .
Partes dos fungos. .
0.59
 
Lisina Carboxipeptidase .
Carboxipeptidase N .
Quininase I .
Metalocarboxipeptidase que remove o aminoácido básico C-terminal dos peptídeos e proteínas, com demonstrada preferência para lisina sob arginina. É uma enzima plasmática dependente de zinco que inativa a bradicinina e as anafilatoxinas. .
0.53
 
Bioquímica .
Estudo da composição, estruturas químicas e reações químicas de seres vivos. .
0.44
 
Caseína Quinase I .
Caseína quinase que foi originalmente descrita como uma enzima monomérica com peso molecular de 30 a 40 kDa. Foram encontradas várias ISOENZIMAS da caseína quinase I que são codificadas por diferentes genes. Demonstrou-se que várias das isoenzimas da caseína quinase I desempenham papéis característicos na TRANSDUÇÃO DE SINAL intracelular. .
0.43
 
/citologia .
/estrutura da célula .
/aspectos celulares .
/morfologia celular .
/estrutura celular .
/morfologia da célula .
Usado para morfologia celular normal de organismos unicelulares e multicelulares. .
0.42
 
Estimulação Química .
Aumento em algum parâmetro mensurável de um PROCESSO FISIOLÓGICO, inclusive celular, microbiano, e vegetal, e os processos imunológicos, cardiovasculares, respiratórios, reprodutivos, urinários, digestivos, nervosos, musculoesqueléticos, oculares e dermatológicos, ou PROCESSOS METABÓLICOS, inclusive os processos enzimáticos ou outros processos farmacológicos, por um medicamento ou outro composto químico. .
0.41
 
Conformação Proteica .
ESTRUTURA DE PROTEÍNA .
Forma tridimensional característica de uma proteína, incluindo as estruturas secundária, supersecundária (motivos), terciária (domínios) e quaternária das cadeias peptídicas. A ESTRUTURA QUATERNÁRIA DE PROTEÍNA descreve a conformação assumida por proteínas multiméricas (agregados com mais de uma cadeia polipeptídica). .
0.41
 
Genes .
Genes Controladores de Diferenciação .
Genes Estruturais .
Cistron .
Genes Divididos .
Genes Segmentados .
Genes Fragmentados .
Categoria de sequências de ácidos nucleicos que agem como unidades da hereditariedade e que codificam as instruções básicas para o desenvolvimento, reprodução e manutenção dos organismos. .
0.41
 
Estruturas Genéticas .
Objetos biológicos que contêm informação genética e que estão envolvidos na transmissão das caracteristicas geneticamente codificadas de um organismo para outro. .
0.41