serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D03 Compostos Heterocíclicos .
D03.633 Compostos Heterocíclicos de Anéis Fundidos .
D03.633.100 Compostos Heterocíclicos com 2 Anéis .
D03.633.100.733 Pteridinas .
D03.633.100.733.315 Flavinas .
D03.633.300 Compostos Heterocíclicos com 3 Anéis .
D03.633.300.507 Flavinas .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.211 Coenzimas .
D08.211.474 Flavinas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.682 Oxirredutases .
D08.811.682.662 Oxirredutases atuantes sobre Doadores de Grupo CH-NH .
D08.811.682.664 Oxirredutases atuantes sobre Doadores de Grupo CH-NH2 .
D08.811.682.664.249 Amina Oxidase (contendo Cobre) .
D08.811.682.664.500 Aminoácido Oxirredutases .
D08.811.682.664.500.125 D-Aminoácido Oxidase .
D08.811.682.664.500.677 L-Aminoácido Oxidase .
D08.811.682.664.750 Monoaminoxidase .
D23 Fatores Biológicos .
D23.767 Pigmentos Biológicos .
D23.767.405 Flavinas .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Monoaminoxidase .
Aminoxidase Contendo Flavina .
MAO (Enzima) .
MONOAMINA OXIDASE .
AMINA OXIDASE CONTENDO FLAVINA .
Enzima que catalisa a desaminação oxidativa de monoaminas naturais. É uma flavoenzima localizada nas membranas mitocondriais, seja nos terminais nervosos, no fígado ou outros órgãos. A monoaminoxidase é importante na regulação da degradação metabólica de catecolaminas e serotonina no tecido nervoso ou nos tecidos alvos. A monoaminoxidase hepática tem um papel defensivo crucial em inativar as monoaminas circulantes ou aquelas, como a tiramina, que se originam no intestino e são absorvidas pela circulação portal. EC 1.4.3.4. .
1.00
13410022
 
Amina Oxidase (contendo Cobre) .
Diamina Oxidase .
Histaminase .
Grupo de enzimas, incluindo aquelas que oxidam monoaminas primárias, diaminas e histamina. São proteínas que contêm cobre e, como sua ação depende de um grupo carbonila, são sensíveis à inibição pela semicarbazida. .
0.69
32805
 
Flavinas .
Derivados do esqueleto da dimetilisoaloxazina (7,8-dimetilbenzo[g]pteridina-2,4(3H,10H)-diona). Os derivados da flavina servem como transferidores de elétrons atuando sobre as FLAVOPROTEÍNAS como co-fatores de enzimas. .
0.56
12813
 
D-Aminoácido Oxidase .
dextro-Aminoácido Oxidase .
0.47
 
Oxirredutases .
Desidrogenases .
Oxidases .
Oxidorredutases .
Redutases .
Classe de todas as enzimas que catalisam reações de oxidorredução. O substrato que é oxidado é considerado doador de hidrogênio. O nome sistemático é baseado na oxidorredutase doador:receptor. O nome recomendado é desidrogenase, onde for possível. Como alternativa, redutase pode ser usado. O termo oxidase é usado apenas nos casos em que o O2 é o receptor. .
0.46
10736189
 
L-Aminoácido Oxidase .
Enzima que cataliza a desaminação oxidativa dos L-aminoácidos a CETOÁCIDOS formando AMÔNIA e PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO. A L-aminoácido oxidase é amplamente encontrada em VENENOS DE SERPENTES e, acredita-se ser o grande contribuinte para a sua toxicidade. .
0.46
5320
 
Oxirredutases atuantes sobre Doadores de Grupo CH-NH .
Oxirredutases de Ação sobre Doadores de Grupo CH-NH .
Oxirredutases ativas sobre Doadores de Grupo CH-NH .
Oxidorredutases atuantes em Doadores de Grupo CH-NH .
Oxirredutases atuantes em Doadores de Grupo CH-NH .
Oxidorredutases atuantes sobre Doadores de Grupo CH-NH .
Oxirredutases de Aminas Secundárias .
Oxidorredutases de Aminas Secundárias .
Amino Oxidorredutases .
Enzimas que catalisam a desidrogenação de aminas secundárias, introduzindo uma dupla ligação C=N como a reação primária. Em alguns casos, esta é depois hidrolisada. .
0.45
43146