serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

C16 Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais .
C16.320 Doenças Genéticas Inatas .
C16.320.382 Doenças Hereditárias Autoinflamatórias .
C16.320.382.500 Síndromes Periódicas Associadas à Criopirina .
C17 Doenças da Pele e do Tecido Conjuntivo .
C17.800 Dermatopatias .
C17.800.827 Dermatopatias Genéticas .
C17.800.827.368 Doenças Hereditárias Autoinflamatórias .
C17.800.827.368.500 Síndromes Periódicas Associadas à Criopirina .
D10 Lipídeos .
D10.532 Lipoproteínas .
D10.532.091 Apolipoproteínas .
D10.532.091.200 Apolipoproteínas A .
D10.532.091.200.100 Apolipoproteína A-I .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.070 Apoproteínas .
D12.776.070.400 Apolipoproteínas .
D12.776.070.400.200 Apolipoproteínas A .
D12.776.070.400.200.100 Apolipoproteína A-I .
D12.776.521 Lipoproteínas .
D12.776.521.120 Apolipoproteínas .
D12.776.521.120.200 Apolipoproteínas A .
D12.776.521.120.200.100 Apolipoproteína A-I .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.505 Ações Farmacológicas .
D27.505.696 Efeitos Fisiológicos de Drogas .
D27.505.696.663 Fármacos do Sistema Nervoso Periférico .
D27.505.696.663.050 Fármacos do Sistema Nervoso Autônomo .
D27.720 Usos Especializados de Substâncias Químicas .
D27.720.372 Ingredientes de Alimentos .
D27.720.372.300 Aditivos Alimentares .
D27.720.372.300.353 Aromatizantes .
D27.720.372.300.353.609 Edulcorantes .
D27.720.470 Reagentes de Laboratório .
D27.720.470.410 Indicadores e Reagentes .
D27.720.470.410.360 Substâncias Intercalantes .
F03 Transtornos Mentais .
F03.625 Transtornos do Neurodesenvolvimento .
F03.625.164 Transtornos Globais do Desenvolvimento Infantil .
F03.625.164.113 Transtorno do Espectro Autista .
F03.625.164.113.500 Transtorno Autístico .
G07 Fenômenos Fisiológicos .
G07.203 Alimentos, Dieta e Nutrição .
G07.203.300 Alimentos .
G07.203.300.514 Ingredientes de Alimentos .
G07.203.300.514.500 Aditivos Alimentares .
G07.203.300.514.500.400 Aromatizantes .
G07.203.300.514.500.400.700 Edulcorantes .
J02 Alimentos e Bebidas .
J02.500 Alimentos .
J02.500.514 Ingredientes de Alimentos .
J02.500.514.500 Aditivos Alimentares .
J02.500.514.500.400 Aromatizantes .
J02.500.514.500.400.700 Edulcorantes .
L01 Ciência da Informação .
L01.559 Linguagem .
L01.559.598 Linguística .
L01.559.598.400 Terminologia como Assunto .
L01.559.598.400.556 Nomes .
SP8 Desastres .
SP8.473 Risco .
SP8.473.981 Vulnerabilidade a Desastres .
SP8.473.981.832 Fatores Antropológicos .
SP8.473.981.832.862 Grupos Étnicos .
SP8.473.981.832.862.809 Nômade .
VS2 Vigilância Sanitária de Produtos .
VS2.001 Controle e Fiscalização de Alimentos e Bebidas .
VS2.001.001 Alimentos .
VS2.001.001.003 Alimentos Especializados .
VS2.001.001.003.005 Edulcorantes .
VS2.001.003 Produção de Alimentos .
VS2.001.003.004 Tecnologia de Alimentos .
VS2.001.003.004.005 Aditivos Alimentares .
VS2.001.003.004.005.010 Edulcorantes .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Fármacos do Sistema Nervoso Autônomo .
Agentes Autônomos .
Agentes do Sistema Nervoso Autônomo .
Agentes de Ação no Sistema Nervoso Autônomo .
Fármacos de Ação no Sistema Nervoso Autônomo .
Efeito Autônomo .
Fármacos que afetam a função do sistema nervoso autônomo, ou mimetizam as ações, tendo assim efeito em processos como a respiração, a circulação, a digestão, a regulação da temperatura corporal, as secreções de algumas glândulas endócrinas, etc. .
0.66
 
Apolipoproteína A-I .
Apo A-I .
Componente proteico mais abundante das LIPOPROTEÍNAS HDL. Esta proteína atua como aceptor do COLESTEROL liberado das células, promovendo o efluxo do colesterol para o HDL e depois para o FÍGADO, para ser excretado (transporte reverso do colesterol). Atua também como cofator da LECITINA COLESTEROL ACILTRANSFERASE, que forma ÉSTERES DE COLESTEROL nas partículas de HDL. As mutações no gene APOA1 causam deficiência de HDL, como na doença familiar de deficiência da alfa lipoproteína e em alguns pacientes com a DOENÇA DE TANGIER. .
0.39
 
Nomes .
Nome 7119 .
Isonímia .
Nomes pessoais, determinados ou apelidados, como características culturais, como etnologia ou padrões religiosos, como indicações da distribuição geográfica de famílias e endogamia, etc. Análise de isonímia, a qualidade de ter os mesmos ou semelhantes nomes, é útil no estudo da genética da população. NOMES também são usados para a história de nomes ou mudanças de nome de pessoas jurídicas como sociedades médicas, universidades, hospitais, agências governamentais, etc. .
0.38
 
Substâncias Intercalantes .
Agentes Intercalantes .
Intercalantes .
Intercaladores .
Substâncias capazes de se inserir entre as bases sucessivas do DNA, torcendo, desenovelando [sua cadeia] ou ainda deformando [sua estrutura], e portanto impedindo seu funcionando adequado. São usados no estudo do DNA. .
0.38
 
Síndromes Periódicas Associadas à Criopirina .
Síndrome CINCA .
Síndrome Neurológica Cutânea e Articular Infantil Crônica .
Síndrome Crônico-Infantil-Neurológico-Cutâneo-Articular .
Síndrome Crônica Infantil Neurológica Cutânea Articular .
Síndrome Neurológica Cutânea Articular Infantil Crônica .
Síndrome Crônica Infantil com Envolvimento Neurológico, Cutâneo e Articular .
Criopirinopatia .
Síndrome Autoinflamatória Familiar por Frio .
Urticaria Familiar ao Frio .
IOMID .
Doença Multissistêmica Inflamatória de Início na Infância .
Síndrome de Muckle-Wells .
Doença Inflamatória Multissistêmica de Início Neonatal .
NOMID .
Síndrome Auto-Inflamatória Familiar por Frio .
Grupo de doenças autossômicas dominantes raras, comumente caracterizadas por URTICÁRIA atípica com sintomas sistêmicos que se desenvolvem em lesões que acabam em órgãos. A ardência atípica não envolve célula T ou autoanticorpo. A síndrome periódica associada à criopirina inclui três distúrbios previamente distintos: síndrome familiar autoinflamatória induzida pelo frio, síndrome de Muckle-Wells e síndrome CINCA, que são agora consideradas como representantes da continuidade da doença, todas causadas por mutações na PROTEÍNA NLRP3. .
0.38
 
Transtorno Autístico .
Autismo .
Autismo Infantil .
Síndrome de Kanner .
Transtorno que tem o seu início na infância. É caracterizado pela presença de um desenvolvimento acentuadamente anormal ou prejudicado nas interações sociais e na comunicação social, e de um repertório de atividades e interesses restritos. As manifestações do distúrbio variam enormemente dependendo do nível de desenvolvimento e idade cronológica do indivíduo. (Tradução livre do original: DSM-V) .
0.37
 
Edulcorantes .
Adoçante .
Adoçante Artificial .
Adoçante Dietético .
Adoçantes Dietéticos .
Edulcorantes Artificiais .
Adoçantes Diets .
Agentes Adoçantes .
Agentes Edulcorantes .
Adoçantes .
Edulcorante .
Adoçantes Artificiais .
Substitutos do Açúcar .
Substitutos de Açúcar .
Substâncias que adoçam alimentos, bebidas, medicamentos, etc., tais como açúcar, sacarina ou outros produtos sintéticos de baixa caloria. (Tradução livre do original: Random House Unabridged Dictionary, 2d ed) Adoçantes dietéticos: Adoçantes formulados para dietas com restrição de sacarose, frutose e/ou glucose, para atender às necessidades de pessoas sujeitas à restrição desses carboidratos. .
0.36
 
Nômade .
Nomadismo .
Modo de vida tradicional de certos povos rurais que não vivem continuadamente na mesma área, mas se mudam de maneira cíclica ou periódica, geralmente em busca de terras para plantar ou caçar e lugares que tenham água, estando bem adaptados à mudança de ambiente. (Tradução livre do original: Material V - Gunn, S.W.A. Multilingual Dictionary of Disaster Medicine and International Relief, 1990) .
0.36