serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A08 Sistema Nervoso .
A08.800 Sistema Nervoso Periférico .
A08.800.050 Sistema Nervoso Autônomo .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.505 Ações Farmacológicas .
D27.505.696 Efeitos Fisiológicos de Drogas .
D27.505.696.663 Fármacos do Sistema Nervoso Periférico .
D27.505.696.663.050 Fármacos do Sistema Nervoso Autônomo .
D27.505.954 Usos Terapêuticos .
D27.505.954.427 Fármacos do Sistema Nervoso Central .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Fármacos do Sistema Nervoso Autônomo .
Agentes Autônomos .
Agentes do Sistema Nervoso Autônomo .
Agentes de Ação no Sistema Nervoso Autônomo .
Fármacos de Ação no Sistema Nervoso Autônomo .
Efeito Autônomo .
Fármacos que afetam a função do sistema nervoso autônomo, ou mimetizam as ações, tendo assim efeito em processos como a respiração, a circulação, a digestão, a regulação da temperatura corporal, as secreções de algumas glândulas endócrinas, etc. .
0.59
 
Sistema Nervoso Autônomo .
Consiste dos SISTEMA NERVOSO ENTÉRICO, SISTEMA NERVOSO PARASSIMPÁTICO e SISTEMA NERVOSO SIMPÁTICO. De uma forma geral, o sistema nervoso autônomo regula o meio interno tanto na atividade basal como no estresse físico ou emocional. A atividade autônoma é controlada e integrada pelo SISTEMA NERVOSO CENTRAL, especialmente pelo HIPOTÁLAMO e o NÚCLEO SOLITÁRIO, que recebem informação dos FIBRAS AFERENTES VISCERAIS. .
0.50
 
Fármacos do Sistema Nervoso Central .
Agentes do Sistema Nervoso Central .
Agentes Atuantes no Sistema Nervoso Central .
Agentes de Ação no Sistema Nervoso Central .
Agentes de Ação sobre o Sistema Nervoso Central .
Fármacos Atuantes no Sistema Nervoso Central .
Fármacos de Ação sobre o Sistema Nervoso Central .
Medicamentos de Saúde Mental .
Classe de fármacos que produz efeitos fisiológicos e psicológicos através de vários mecanismos. Podem ser divididos em fármacos "específicos" -- por exemplo, aqueles que afetam um mecanismo molecular identificável próprio das células alvo, as quais apresentam receptores para aquele fármaco -- e os agentes "não específicos" que produzem efeitos em diferentes células alvo e agem através de diversos mecanismos moleculares. Aqueles que apresentam mecanismos não específicos geralmente são classificados de acordo com a produção de comportamento depressivo ou estimulante. Aqueles que apresentam mecanismos específicos são classificados por local de ação ou pelo uso terapêutico específico. (Tradução livre do original: Gilman AG, et al., Goodman and Gilman's The Pharmacological Basis of Therapeutics, 8th ed, p252) .
0.50
 
Sistema Nervoso .
Sistema Neural .
Todo o aparelho nervoso, composto de uma parte central, o cérebro e a medula espinhal, e uma parte periférica, os nervos cranianos e espinhais, gânglios autônomos e plexos. (Stedman, 25a ed) .
0.44
 
Fármacos do Sistema Nervoso Periférico .
Agentes do Sistema Nervoso Periférico .
Agentes Atuantes no Sistema Nervoso Periférico .
Agentes Atuantes sobre o Sistema Nervoso Periférico .
Agentes com Ação sobre o Sistema Nervoso Periférico .
Fármacos Atuantes no Sistema Nervoso Periférico .
Fármacos Atuantes sobre o Sistema Nervoso Periférico .
Fármacos com Ação sobre o Sistema Nervoso Periférico .
Fármacos com Ação no Sistema Nervoso Periférico .
Efeito Sistema Nervoso Periférico .
Fármacos que atuam principalmente em um ou mais sítios dentro dos sistemas de neuroefetores periféricos, do sistema autônomo, e do sistema neuromuscular esquelético motor. .
0.44