serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.631 Proteínas do Tecido Nervoso .
D12.776.631.750 Sinapsinas .
D12.776.744 Fosfoproteínas .
D12.776.744.840 Sinapsinas .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.720 Usos Especializados de Substâncias Químicas .
D27.720.599 Agentes Neurotóxicos .
D27.720.777 Venenos .
D27.720.777.300 Substâncias para a Guerra Química .
D27.720.777.300.500 Agentes Neurotóxicos .
G02 Fenômenos Químicos .
G02.111 Fenômenos Bioquímicos .
G02.111.820 Transdução de Sinais .
G02.111.820.850 Transmissão Sináptica .
G04 Fenômenos Fisiológicos Celulares .
G04.835 Transdução de Sinais .
G04.835.850 Transmissão Sináptica .
G07 Fenômenos Fisiológicos .
G07.265 Fenômenos Eletrofisiológicos .
G07.265.880 Transmissão Sináptica .
G11 Fenômenos Fisiológicos Musculoesqueléticos e Neurais .
G11.561 Fenômenos Fisiológicos do Sistema Nervoso .
G11.561.830 Transmissão Sináptica .
SP8 Desastres .
SP8.473 Risco .
SP8.473.327 Medição de Risco .
SP8.473.327.342 Sistema Afetável .
SP8.473.327.342.007 Agente Afetável .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Agentes Neurotóxicos .
Agentes Afetadores dos Nervos .
Agentes Afetantes dos Nervos .
Agentes Nervosos .
Agentes Neurais .
Agentes que Afetam a Sinapse .
Agentes que Afetam a Transmissão Sináptica .
Agentes que Afetam os Nervos .
Compostos Afetadores da Transmissão Neural .
Compostos Afetantes da Transmissão Neural .
Compostos Neurais .
Compostos Neurotóxicos .
Compostos que Afetam a Transmissão Neural .
Substâncias Afetadoras dos Nervos .
Substâncias Afetantes dos Nervos .
Substâncias Neurais .
Substâncias Neurotóxicas .
Substâncias Prejudiciais à Transmissão Neural .
Substâncias que Afetam a Sinapse .
Substâncias que Afetam a Transmissão Agentes que Afetam a Transmissão Neural .
Substâncias que Afetam a Transmissão Neural .
Substâncias que Afetam a Transmissão Sinâptica .
Substâncias que Afetam os Nervos .
Classe de compostos que afetam adversamente a transmissão de impulsos pelo SISTEMA NERVOSO. .
0.69
 
Agente Afetável .
Sistema composto pelo homem e seu ambiente físico sobre o qual pode recair os efeitos destrutivos do agente nocivo ou calamidade. (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992) .
0.40
 
Sinapsinas .
Sinapsina I .
Sinapsina II .
Sinapsina III .
Proteína I .
Proteína III .
Família de proteínas associadas às vesículas sinápticas envolvidas na regulação de curto prazo da liberação de NEUROTRANSMISSORES. A sinapsina I, o membro predominante desta família, liga as VESÍCULAS SINÁPTICAS a FILAMENTOS DE ACTINA no terminal nervoso pré-sináptico. Essas interações são moduladas pela FOSFORILAÇÃO reversível da sinapsina I através de várias vias de transdução de sinal. A proteína também é um substrato para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE C-AMP e para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE CÁLCIO-CALMODULINA. Acredita-se que essas propriedades funcionais também sejam compartilhadas pela sinapsina II. .
0.39
 
Transmissão Sináptica .
Transmissão Nervosa .
Neurotransmissão .
Comunicação de um NEURÔNIO com um alvo (músculo, neurônio ou célula secretora) através de uma SINAPSE. Na transmissão sináptica química, o neurônio pré-sináptico libera um NEUROTRANSMISSOR que se difunde através da fenda sináptica e se liga a receptores sinápticos específicos, ativando-os. Os receptores ativados modulam canais iônicos específicos e/ou sistemas de segundos mensageiros, influenciando a célula pós-sináptica. Na transmissão sináptica elétrica, os sinais elétricos estão comunicados como um fluxo de corrente iônico através de SINAPSES ELÉTRICAS. .
0.39