serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

C15 Doenças Sanguíneas e Linfáticas .
C15.378 Doenças Hematológicas .
C15.378.071 Anemia .
C15.378.071.141 Anemia Hemolítica .
C15.378.071.141.150 Anemia Hemolítica Congênita .
C15.378.071.141.150.100 Anemia Hemolítica Congênita não Esferocítica .
C16 Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais .
C16.320 Doenças Genéticas Inatas .
C16.320.070 Anemia Hemolítica Congênita .
C16.320.070.100 Anemia Hemolítica Congênita não Esferocítica .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.352 Esterases .
D08.811.277.352.650 Monoéster Fosfórico Hidrolases .
D08.811.277.352.650.225 Glucose-6-Fosfatase .
D08.811.399 Isomerases .
D08.811.399.475 Oxirredutases Intramoleculares .
D08.811.399.475.200 Aldose-Cetose Isomerases .
D08.811.399.475.200.350 Glucose-6-Fosfato Isomerase .
D08.811.399.475.200.550 Manose-6-Fosfato Isomerase .
D08.811.682 Oxirredutases .
D08.811.682.047 Oxirredutases do Álcool .
D08.811.682.047.150 Desidrogenases de Carboidrato .
D08.811.682.047.150.300 Glucosefosfato Desidrogenase .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.477 Transferases de Grupos Nitrogenados .
D08.811.913.477.700 Transaminases .
D08.811.913.477.700.500 Glutamina-Frutose-6-Fosfato Transaminase (Isomerizante) .
D09 Carboidratos .
D09.894 Fosfatos Açúcares .
D09.894.417 Hexosefosfatos .
D09.894.417.448 Glucofosfatos .
D09.894.417.448.500 Glucose-6-Fosfato .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.050 Proteínas da Fase Aguda .
D12.776.124.050.250 Fibrinogênio .
D12.776.124.125 Fatores de Coagulação Sanguínea .
D12.776.124.125.500 Fibrinogênio .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.750 Receptores de Superfície Celular .
D12.776.543.750.750 Receptores de Peptídeos .
D12.776.543.750.750.400 Receptores de Fatores de Crescimento .
D12.776.543.750.750.400.780 Receptores de Somatomedina .
D12.776.543.750.750.400.780.410 Receptor IGF Tipo 2 .
D12.776.811 Precursores de Proteínas .
D12.776.811.300 Fibrinogênio .
D23 Fatores Biológicos .
D23.119 Fatores de Coagulação Sanguínea .
D23.119.490 Fibrinogênio .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Glucose-6-Fosfato Isomerase .
Fosfoglucose Isomerase .
Fosfoexose Isomerase .
Glucosefosfato Isomerase .
Neuroleucina .
Fator Autócrino de Motilidade .
Fator Tumoral Autócrino de Motilidade .
Aldose-cetose isomerase que catalisa a interconversão reversível da glucose-6-fosfato e da frutose-6-fosfato. Em organismos procarióticos e eucarióticos, desempenha um papel essencial nas vias glicolítica e neoglicogênica. Esta forma secretada de glucose-6-fosfato isomerase tem sido denominada como um fator de motilidade autócrino ou neuroleucina, e age como uma citocina que se liga a RECEPTORES DO FATOR AUTÓCRINO DE MOTILIDADE. A deficiência nesta enzima em humanos é uma característica autossômica recessiva que resulta em ANEMIA HEMOLÍTICA CONGÊNITA NÃO ESFEROCÍTICA. .
0.63
 
Glucose-6-Fosfato .
Éster de glucose com ácido fosfórico, feito no curso do metabolismo da glucose por células de mamíferos e outras. É um constituinte normal de repouso muscular e provavelmente está em constante equilíbrio com frutose-6-fosfato. .
0.44
 
Fibrinogênio .
Fator I de Coagulação .
Fator I .
Fator de Coagulação I .
Glicoproteína plasmática coagulada pela trombina, composta por um dímero de três pares de cadeias polipeptídicas não idênticas (alfa, beta e gama) mantidas juntas por pontes dissulfeto. A coagulação do fibrinogênio é uma mudança de sol para gel envolvendo arranjos moleculares complexos; enquanto o fibrinogênio é lisado pela trombina para formar polipeptídeos A e B, a ação proteolítica de outras enzimas libera diferentes produtos de degradação do fibrinogênio. .
0.43
 
Glucose-6-Fosfatase .
Glucofosfatase .
Glucosefosfatase .
Enzima que catalisa a conversão de D-glucose 6-fosfato e água a D-glucose e ortofosfato. EC 3.1.3.9. .
0.41
 
Manose-6-Fosfato Isomerase .
Fosfomanose Isomerase .
Manosefosfato Isomerase .
Enzima que catalisa a isomerização reversível de D-manose-6-fosfato para formar D-frutose-6-fosfato, um passo importante na glicólise. EC 5.3.1.8. .
0.37
 
Glucosefosfato Desidrogenase .
Glucofosfato Desidrogenase .
Glucose-6-Fosfato Desidrogenase .
Glucose Fosfato Desidrogenase .
Glucose-Fosfato Desidrogenase .
G6FD 4618 .
G6PD 4618 .
G-6-FD .
G-6-PD .
0.37
 
Anemia Hemolítica Congênita não Esferocítica .
Qualquer uma de um grupo de anemias hemolíticas congênitas em que não há hemoglobina anormal ou esferocitose e em que há um defeito de glicólise no eritrócito. As causas mais comuns incluem deficiências em enzimas tais como GLUCOSE-6-FOSFATO ISOMERASE, PIRUVATO QUINASE e GLUCOSE-6-FOSFATO DESIDROGENASE. .
0.36
 
Glutamina-Frutose-6-Fosfato Transaminase (Isomerizante) .
Glucosamina Sintetase .
Hexosefosfato Aminotransferase .
Glucosaminafosfato Isomerase (Formadora de Glutamina) .
Enzima que catalisa a síntese de frutose-6-fosfato mais GLUTAMINA a partir de GLUTAMATO mais glucosamina-6-fosfato. .
0.35
 
Receptor IGF Tipo 2 .
Receptor de IGF Tipo 2 .
Receptor de IGF-II .
Receptor de Fator II de Crescimento Similar a Insulina .
Receptor de Fator Tipo 2 de Crescimento Similar a Insulina .
Receptor IGF-II .
Receptor de Manose-6-Fosfato .
Receptor de Mamose-6-Fosfato .
RECEPTORES DE IGF-II .
RECEPTORES DE MANOSE-6-FOSFATO .
RECEPTOR FCI TIPO 2 .
RECEPTORES DE FATOR II DE CRESCIMENTO SIMILAR A INSULINA .
Receptor específico para IGF-II e manose-6-fosfato. O receptor é um polipeptídeo de cadeia única de 250 kDa que não é relacionado em estrutura ao RECEPTOR IGF TIPO 1 e não possui domínio tirosina quinase. .
0.35