serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.090 Anfíbios .
B01.050.150.900.090.608 Urodelos .
B01.050.500 Invertebrados .
B01.050.500.131 Artrópodes .
B01.050.500.131.365 Crustáceos .
B01.050.500.131.365.055 Anfípodes .
B01.050.500.500 Helmintos .
B01.050.500.500.736 Platelmintos .
B01.050.500.500.736.715 Trematódeos .
B01.050.500.500.736.715.600 Paramphistomatidae .
D03 Compostos Heterocíclicos .
D03.383 Compostos Heterocíclicos com 1 Anel .
D03.383.129 Azóis .
D03.383.129.539 Pirazóis .
D03.383.129.539.850 Pirazolonas .
D03.383.129.539.850.077 Aminopirina .
D03.383.129.539.850.077.025 Ampirona .
D03.383.725 Piridinas .
D03.383.725.676 Picolinas .
D03.383.725.676.152 Amprólio .
D03.633 Compostos Heterocíclicos de Anéis Fundidos .
D03.633.100 Compostos Heterocíclicos com 2 Anéis .
D03.633.100.759 Purinas .
D03.633.100.759.646 Nucleotídeos de Purina .
D03.633.100.759.646.138 Nucleotídeos de Adenina .
D03.633.100.759.646.138.925 Fosfato de Vidarabina .
D13 Ácidos Nucleicos, Nucleotídeos e Nucleosídeos .
D13.695 Nucleotídeos .
D13.695.065 Arabinonucleotídeos .
D13.695.065.900 Fosfato de Vidarabina .
D13.695.667 Nucleotídeos de Purina .
D13.695.667.138 Nucleotídeos de Adenina .
D13.695.667.138.925 Fosfato de Vidarabina .
E04 Procedimentos Cirúrgicos Operatórios .
E04.555 Procedimentos Ortopédicos .
E04.555.080 Amputação .
HP4 Materia Medica .
HP4.018 Medicamento Homeopático .
HP4.018.127 Medicamento Homeopático A .
HP4.018.127.317 Amphisbaena vermicularis .
M01 Pessoas .
M01.150 Pessoas com Deficiência .
M01.150.100 Amputados .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Urodelos .
Urodela .
Amphiuma .
Caudata .
Caudados .
Enguia do Congo .
Salamandras (Urodelos) .
Ordem da classe Anphibia que inclui as salamandras e os tritões. São caracterizados por geralmente apresentarem corpo e cauda finos, quatro patas de tamanho aproximadamente equivalente (exceto em Sirenidae) e redução nos ossos do crânio. .
1.00
23506
 
Anfípodes .
Amphipoda .
Anfípodos .
Ordem de CRUSTÁCEOS predominantemente marinhos (mais de 5.500 espécies em mais de 100 famílias). Assim como nos ISOPODA (a outra grande ordem na superordem Peracarida), seus membros parecem camarões, apresentam olhos compostos sésseis e não têm carapaça. Porém, diferentemente dos Isopoda, possuem guelras torácicas e corpo achatado lateralmente. .
0.66
131587
 
Paramphistomatidae .
Amphistomidae .
Paramphistomata .
Paramphistomum .
Família de trematódeos da classe Trematoda encontrados no trato intestinal e no fígado de animais e do homem. Alguns de seus gêneros são Homalagaster, Gastrodiscus, Paramphistomum, Watsonius, Nilocotyle, Gigantocotyle, Gastrothylax, Macropotrema, Ceylonocotyle, Zygocotyle, Cotylophoron e Calicophoron. .
0.59
8250
 
Amprólio .
Coccidiostático veterinário que interfere no metabolismo da TIAMINA. .
0.44
4180
 
Fosfato de Vidarabina .
Adenina Arabinosídeo Monofosfato .
Ara-AMP .
Arabinofuranosiladenina Monofosfato .
Vidarabina Monofosfato .
ADENINA ARABINOSÍDIO MONOFOSFATO .
Análogo da adenosina monofosfato no qual a ribose encontra-se substituída por uma molécula de arabinose. É o éster de monofosfato da VIDARABINA com propriedades antivirais e possivelmente antineoplásicas. .
0.43
0404
 
Ampirona .
Aminoantipirina .
Metabólito da AMINOPIRINA com propriedades analgésica e anti-inflamatória. É utilizada como reagente para reações bioquímicas produzindo peróxidos ou fenóis. A ampirona estimula os MICROSSOMOS HEPÁTICOS e também é utilizada para medir a água extracelular. .
0.42
5181
 
Amputação .
A remoção de um membro, outro apêndice ou saliência do corpo. (Dorland, 28a ed) .
0.42
49916916
 
Amphisbaena vermicularis .
Amphisbaenia vermicularis .
Cobra-de-Duas-Cabeças .
Anfisbena .
Amphysbaena vermicularis .
Cobra de Duas Cabeças .
Medicamento homeopático. Cobra de duas cabeças. Abrev.: "amph.". Origem animal. Habitat original: Brasil. Substância utilizada: veneno. .
0.42
00
 
Amputados .
0.42
932436