serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D10 Lipídeos .
D10.251 Ácidos Graxos .
D10.251.355 Ácidos Graxos Insaturados .
D10.251.355.255 Eicosanoides .
D10.251.355.255.550 Prostaglandinas .
D10.251.355.255.550.775 Prostaglandinas Sintéticas .
D10.251.355.255.550.775.450 Prostaglandinas E Sintéticas .
D10.251.355.255.550.775.450.750 Rioprostila .
D23 Fatores Biológicos .
D23.469 Mediadores da Inflamação .
D23.469.050 Autacoides .
D23.469.050.175 Eicosanoides .
D23.469.050.175.725 Prostaglandinas .
D23.469.050.175.725.775 Prostaglandinas Sintéticas .
D23.469.050.175.725.775.450 Prostaglandinas E Sintéticas .
D23.469.050.175.725.775.450.750 Rioprostila .
D23.469.700 Prostaglandinas Sintéticas .
D23.469.700.660 Prostaglandinas E Sintéticas .
D23.469.700.660.750 Rioprostila .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Rioprostila .
Rioprostil .
Análogo sintético da metilprostaglandina E1 que reduz a secreção do ácido gástrico e aumenta a barreira de bicarbonato da mucosa gástrica. É eficaz na terapia das úlceras gástricas e confere proteção significante contra lesão da mucosa gástrica induzida por NSAID. A droga também previne o dano induzido pela ciclosporina A às secreções pancreáticas endócrina e exócrina. Apresenta baixos níveis de toxicidade aguda e não há evidência de embriotoxicidade, fetotoxicidade, teratogenicidade ou mutagenicidade em estudos experimentais com animais. .
0.55
093