serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D10 Lipídeos .
D10.532 Lipoproteínas .
D10.532.091 Apolipoproteínas .
D10.532.091.100 Apolipoproteínas M .
D10.532.091.200 Apolipoproteínas A .
D10.532.091.300 Apolipoproteínas B .
D10.532.091.400 Apolipoproteínas C .
D10.532.091.450 Apolipoproteínas D .
D10.532.091.500 Apolipoproteínas E .
D10.532.091.750 Apolipoproteínas L .
D10.532.091.750.500 Apolipoproteína L1 .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.070 Apoproteínas .
D12.776.070.400 Apolipoproteínas .
D12.776.070.400.100 Apolipoproteínas M .
D12.776.070.400.200 Apolipoproteínas A .
D12.776.070.400.300 Apolipoproteínas B .
D12.776.070.400.400 Apolipoproteínas C .
D12.776.070.400.450 Apolipoproteínas D .
D12.776.070.400.500 Apolipoproteínas E .
D12.776.070.400.750 Apolipoproteínas L .
D12.776.070.400.750.500 Apolipoproteína L1 .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.117 beta 2-Glicoproteína I .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.469 Lipocalinas .
D12.776.157.469.025 Apolipoproteínas M .
D12.776.157.530 Proteínas de Membrana Transportadoras .
D12.776.157.530.450 Bombas de Íon .
D12.776.157.530.450.162 Antiporters .
D12.776.157.530.450.162.775 Trocadores de Sódio-Hidrogênio .
D12.776.157.530.937 Proteínas Carreadoras de Solutos .
D12.776.157.530.937.703 Trocadores de Sódio-Hidrogênio .
D12.776.395 Glicoproteínas .
D12.776.395.195 beta 2-Glicoproteína I .
D12.776.521 Lipoproteínas .
D12.776.521.120 Apolipoproteínas .
D12.776.521.120.100 Apolipoproteínas M .
D12.776.521.120.200 Apolipoproteínas A .
D12.776.521.120.300 Apolipoproteínas B .
D12.776.521.120.400 Apolipoproteínas C .
D12.776.521.120.450 Apolipoproteínas D .
D12.776.521.120.500 Apolipoproteínas E .
D12.776.521.120.750 Apolipoproteínas L .
D12.776.521.120.750.500 Apolipoproteína L1 .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.550 Glicoproteínas de Membrana .
D12.776.543.550.190 Antiporters .
D12.776.543.550.190.775 Trocadores de Sódio-Hidrogênio .
D12.776.543.585 Proteínas de Membrana Transportadoras .
D12.776.543.585.450 Bombas de Íon .
D12.776.543.585.450.162 Antiporters .
D12.776.543.585.450.162.775 Trocadores de Sódio-Hidrogênio .
D12.776.543.585.937 Proteínas Carreadoras de Solutos .
D12.776.543.585.937.828 Trocadores de Sódio-Hidrogênio .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
beta 2-Glicoproteína I .
Apolipoproteína H .
beta 2 Glicoproteína I .
beta 2-Glycoproteína I .
beta 2 Glycoproteína I .
Proteína plasmática altamente glicosilada de 44 kDa que se liga aos fosfolipídeos, incluindo a CARDIOLIPINA, RECEPTOR DE APOLIPOPROTEÍNA E, fosfolipídeos de membrana e outras regiões contendo fosfolipídeos aniônicos. Desempenha um papel na coagulação e nos processos apoptóticos. Anteriormente conhecida como apolipoproteína H é um autoantígeno em pacientes com ANTICORPOS ANTIFOSFOLIPÍDEOS. .
0.80
02093
 
Apolipoproteínas .
Componentes proteicos na superfície das LIPOPROTEÍNAS. Formam uma camada ao redor do centro lipídico hidrofóbico. Há várias classe de apolipoproteínas, cada uma com um papel diferente no transporte e METABOLISMO DOS LIPÍDEOS. Estas proteínas são sintetizadas principalmente no FÍGADO e nos INTESTINOS. .
0.63
708300
 
Apolipoproteínas A .
Apo-A .
Proteínas estruturais das alfa-lipoproteínas (LIPOPROTEÍNAS DE ALTA DENSIDADE), incluindo a APOLIPOPROTEÍNA A-I e a APOLIPOPROTEÍNA A-II. Podem modular a atividade da LECITINA COLESTEROL ACILTRANSFERASE. Pacientes portadores de aterosclerose possuem baixos níveis de apolipoproteína A. Estão ausentes ou presentes em concentrações plasmáticas extremamente baixas na DOENÇA DE TANGIER. .
0.58
443772
 
Apolipoproteínas E .
Apo-E .
Classe de componentes proteicos que podem ser encontrados em várias lipoproteínas, incluindo as LIPOPROTEÍNAS DE ALTA DENSIDADE, as LIPOPROTEÍNAS DE DENSIDADE MUITO BAIXA e os QUILOMICRONS. Sintetizadas na maioria dos órgãos, a Apo E é importante no transporte global de lipídeos e do colesterol no corpo. A Apo E é também um ligante dos RECEPTORES DE LDL, que medeiam a ligação, internalização e catabolismo das partículas lipoproteicas nas células. Há várias isoformas alélicas (como, E2, E3 e E4). Deficiência ou defeitos na Apo E são as causas da HIPERLIPOPROTEINEMIA DO TIPO III. .
0.58
10216223
 
Trocadores de Sódio-Hidrogênio .
Permutadores de Sódio e Hidrogênio .
Permutadores de Sódio-Hidrogênio .
Permutadores de Sódio/Hidrogênio .
Antiportador de Sódio-Hidrogênio .
Antiportador Na(+)-H(+) .
Trocador Na(+)-H(+) .
Antiportador de Sódio e Hidrogênio .
Permutadores SLC9 Na(+)-H(+) .
Família de Proteínas SLC9 .
Proteínas SLC9 .
Família Proteica SLC9-NHE .
Antiportadores de Sódio e Hidrogênio .
Permutador de Sódio-Hidrogênio .
Antiportador de Sódio-Próton .
Antiportadores de Sódio-Próton .
Família 9 de Proteínas Carreadoras de Soluto .
Proteínas 9 Carreadoras de Soluto .
Trocador Sódio-Hidrogênio .
Família de glicoproteínas permutadoras de membrana plasmática antiportadoras que transportam íons de sódio e prótons através das duplas camadas lipídicas das membranas. Possuem funções críticas na regulação do pH intracelular, do volume celular, e na resposta celular a muitos hormônios e mitógenos diferentes. .
0.55
76675
 
Apolipoproteínas C .
Apo-C .
Grupo de apolipoproteínas que podem rapidamente trocar de classe entre as diversas classes de lipoproteínas (HDL, VLDL, QUILOMÍCRONS). Após a lipólise das TRIGLICÉRIDES em VLDL e quilomícrons, as proteínas Apo-C são normalmente transferidas para o HDL. Os subtipos podem modular a ligação dos remanescentes aos receptores, LECITINA COLESTEROL ACILTRANSFERASE ou LIPASE LIPOPROTEICA. .
0.54
51594
 
Apolipoproteínas D .
Componente glicoproteico da LIPOPROTEÍNAS DE ALTA DENSIDADE que transporta ligantes hidrofóbicos pequenos, incluindo COLESTEROL e ESTERÓIS. Ocorre no complexo macromolecular com a LECITINA COLESTEROL ACILTRANSFERASE. A Apo D é expressa e secretada a partir de vários tecidos, como o fígado, placenta, encéfalo e outros. .
0.54
0504
 
Apolipoproteínas B .
Apo-B .
Principais proteínas estruturais das LIPOPROTEÍNAS ricas em triacilglicerol. Existem duas formas, a apolipoproteína B-100 e a apolipoproteína B-48, ambas provenientes de um único gene. A ApoB-100 expressa no fígado é encontrada nas lipoproteínas de baixa densidade (LIPOPROTEÍNAS LDL; LIPOPROTEÍNAS VLDL). A ApoB-48 expressa no intestino é encontrada em QUILOMÍCRONS. São importantes na biossíntese, no transporte, e no metabolismo de lipoproteínas ricas em triacilglicerol. Os níveis plasmáticos de Apo-B são altos em pacientes ateroscleróticos mão não detectáveis em ABETALIPOPROTEINEMIA. .
0.53
1029016
 
Apolipoproteína L1 .
Apolipoproteína L .
Proteína ApoL .
Proteína ApoL1 .
Proteína ApoL altamente expressa pelo fígado. Possui atividade tripanossomicida por meio de sua habilidade em permeabilizar as membranas de TRYPANOSOMA. Mutações no gene APOL1 estão associadas com a GLOMERULOSCLEROSE SEGMENTAR E FOCAL do tipo 4. .
0.53
1263
 
Apolipoproteínas M .
Apolipoproteína M .
Apolipoproteínas e lipocalinas que ocorrem nas LIPOPROTEÍNAS DE ALTA DENSIDADE. Ligam-se a lipídeos ou os transportam no sangue, incluindo esfingosina-1-fosfato, ÁCIDO MIRÍSTICO, ÁCIDOS ESTEÁRICOS e ácido retinoico all-trans (ver TRETINOÍNA). .
0.53
0152