serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D05 Substâncias Macromoleculares .
D05.500 Complexos Multiproteicos .
D05.500.099 Apoptossomas .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.464 Ligases .
D08.811.464.938 Complexos Ubiquitina-Proteína Ligase .
D08.811.464.938.750 Ubiquitina-Proteína Ligases .
D08.811.464.938.750.210 Proteínas Inibidoras de Apoptose .
D08.811.464.938.750.210.250 Proteína 3 com Repetições IAP de Baculovírus .
D08.811.682 Oxirredutases .
D08.811.682.608 NADH NADPH Oxirredutases .
D08.811.682.608.047 Fator de Indução de Apoptose .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.360 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.644.360.075 Proteínas Reguladoras de Apoptose .
D12.644.360.075.311 Fator de Indução de Apoptose .
D12.644.360.075.437 Proteínas Inibidoras de Apoptose .
D12.644.360.075.437.250 Proteína 3 com Repetições IAP de Baculovírus .
D12.776 Proteínas .
D12.776.094 Proteínas Relacionadas à Autofagia .
D12.776.094.250 Proteína 5 Relacionada à Autofagia .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.687 Proteínas de Ligação a Poli-ADP-Ribose .
D12.776.157.687.063 Fator de Indução de Apoptose .
D12.776.331 Flavoproteínas .
D12.776.331.161 Fator de Indução de Apoptose .
D12.776.476 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.776.476.075 Proteínas Reguladoras de Apoptose .
D12.776.476.075.311 Fator de Indução de Apoptose .
D12.776.476.075.437 Proteínas Inibidoras de Apoptose .
D12.776.476.075.437.250 Proteína 3 com Repetições IAP de Baculovírus .
D12.776.660 Proteínas Nucleares .
D12.776.660.720 Proteínas de Ligação a Poli-ADP-Ribose .
D12.776.660.720.063 Fator de Indução de Apoptose .
G04 Fenômenos Fisiológicos Celulares .
G04.146 Morte Celular .
G04.146.160 Apoptose .
G04.146.160.295 Eriptose .
I03 Atividades Humanas .
I03.702 Aposentadoria .
SP3 Estudos Populacionais em Saúde Pública .
SP3.056 Emprego .
SP3.056.087 Aposentadoria .
SP9 Direito Sanitário .
SP9.160 Seguridade Social .
SP9.160.020 Previdência Social .
SP9.160.020.020 Aposentadoria .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Apoptose .
Morte Celular Programada .
Um dos mecanismos pelos quais ocorre a MORTE CELULAR (compare com NECROSE e AUTOFAGOCITOSE). A apoptose é o mecanismo responsável pela remoção fisiológica das células e parece ser intrinsecamente programada. É caracterizada por alterações morfológicas distintas no núcleo e no citoplasma, clivagem da cromatina em locais regularmente espaçados e clivagem endonucleolítica do DNA genômico (FRAGMENTAÇÃO DE DNA) em sítios internucleossômicos. Este modo de morte celular serve como um equilíbrio para a mitose no controle do tamanho dos tecidos animais e mediação nos processos patológicos associados com o crescimento tumoral. .
1.00
 
Apoptossomas .
Complexos proteicos multiméricos formados no CITOSSOL que desempenham um papel na ativação da APOPTOSE. Podem ocorrer na lesão mitocondrial (MITOCÔNDRIA) devido ao stress celular e na liberação de CITOCROMO C. O citocromo C citosólico associado com o FATOR APOPTÓTICO 1 ATIVADOR DE PROTEASES forma o complexo proteico apoptossomal. Os sinais apoptossômicos da apoptose ocorrem pela ligação e ativação específica de caspases initiadoras, como a CASPASE 9. .
0.78
0128
 
Eriptose .
Apoptose de Eritrócitos .
Apoptose Eritrocítica .
Suicídio de Eritrócitos .
Suicídio Eritrocitário .
Suicídio Eritrocítico .
Morte de ERITRÓCITOS por suicídio que resulta em características típicas de células nucleadas apoptóticas como encolhimento celular, formação de bolhas e a inversão da membrana celular que expõe as FOSFATIDILSERINAS de membranas, o que desencadeia seu engolfamento e sua degradação por MACRÓFAGOS. .
0.66
 
Fator de Indução de Apoptose .
Fator Indutor de Apoptose .
Fator de Indução de Adaptose .
Flavoproteína que funciona como um poderoso antioxidante na MITOCÔNDRIA e promove APOPTOSE quando liberado por este orgânulo. Nas células AIF de mamíferos, é liberado em resposta aos membros proteicos pró-apoptóticos da família de proteínas bcl-2. Transloca ao NÚCLEO CELULAR e se liga ao DNA para estimular a condensação da CROMATINA independente de CASPASE. .
0.61
201304
 
Proteína 5 Relacionada à Autofagia .
Proteína ATG5 .
Proteína ATG-5 .
Proteína Específica de Apoptose .
Proteína Relacionada à Autofagia 5 .
Proteína-5 de Autofagia .
Proteína relacionada com autofagia que age na biogênese de AUTOFAGOSSOMOS. É conjugada à proteína ATG12 por meio de um processo que é semelhante à UBIQUITINAÇÃO e envolve a proteína ATG7 e a enzima ATG10. O conjugado ATG12-ATG5 age como uma enzima semelhante à ubiquitina ligase (ver UBIQUITINA-PROTEÍNA LIGASES) e é necessário para o direcionamento das proteínas ATG8 para as membranas das vesículas do AUTOFAGOSSOMO e para a modificação dos lipídeos de membrana. .
0.61
0836
 
Proteína 3 com Repetições IAP de Baculovírus .
Inibidor 2 de Apoptose .
Inibidor Celular 2 de Apoptose .
Proteína Inibidora de Apoptose 1 .
Proteína BIRC3 .
Proteína cIAP2 .
Proteína c-IAP2 .
Proteína Hiap-1 .
Proteína IAP1 .
Proteína 1 Inibidora de Apoptose .
Regulador de APOPTOSE que atua como uma ubiquitina E3 proteína ligase. Contém três repetições IAP de baculovírus em sua metade N-terminal, um DOMÍNIO CARD e um DOMÍNIO RING FINGER em sua porção C-terminal. É altamente expresso no fígado e rins fetais e em tecidos linfóides adultos, como baço, timo e linfócitos do sangue periférico. Atua na sinalização de INFLAMAÇÃO, na RESPOSTA IMUNE INATA, crescimento e proliferação celulares e na metastatização de células tumorais. .
0.59
0263
 
Aposentadoria .
Aposentado .
População excluída da força de trabalho, geralmente por causa da idade, incapacidade ou por opção própria. (Tradução livre do original: Popline, 2002) .
0.58
3678231
 
Proteínas Inibidoras de Apoptose .
Proteína 2 com Repetições IAP de Baculoviris .
Proteína 1 Inibidora de Apoptose Celular .
Classe conservada de proteínas que controla a APOPTOSE tanto em VERTEBRADOS como em INVERTEBRADOS. As proteínas IAP interagem com as CASPASES, inibidindo-as, e atuam como PROTEÍNAS ANTIAPOPTÓTICAS. Esta classe de proteínas é definida por um motivo repetitivo de aproximadamente 80 aminoácidos denominado repetição de baculovírus inibidora de apoptose. Alguns de seus membros possuem atividade de ubiquitina-proteína ligase. .
0.58
86402