serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A02 Sistema Musculoesquelético .
A02.633 Músculos .
A02.633.567 Músculo Esquelético .
A02.633.567.800 Músculos Faríngeos .
A02.835 Esqueleto .
A02.835.232 Osso e Ossos .
A02.835.232.570 Caixa Torácica .
A02.835.232.781 Crânio .
A02.835.232.781.324 Ossos Faciais .
A02.835.232.781.324.502 Arcada Osseodentária .
A02.835.232.781.324.502.320 Arco Dental .
A03 Sistema Digestório .
A03.556 Trato Gastrointestinal .
A03.556.750 Faringe .
A04 Sistema Respiratório .
A04.623 Faringe .
A04.623.617 Músculos Faríngeos .
A14 Sistema Estomatognático .
A14.521 Arcada Osseodentária .
A14.521.320 Arco Dental .
A14.724 Faringe .
A14.724.617 Músculos Faríngeos .
A16 Estruturas Embrionárias .
A16.142 Região Branquial .
B03 Bactérias .
B03.440 Bactérias Gram-Negativas .
B03.440.050 Arcobacter .
B03.660 Proteobactérias .
B03.660.150 Epsilonproteobacteria .
B03.660.150.050 Arcobacter .
C04 Neoplasias .
C04.588 Neoplasias por Localização .
C04.588.443 Neoplasias de Cabeça e Pescoço .
C04.588.443.665 Neoplasias Otorrinolaringológicas .
C04.588.443.665.710 Neoplasias Faríngeas .
C07 Doenças Estomatognáticas .
C07.550 Doenças Faríngeas .
C07.550.745 Neoplasias Faríngeas .
C09 Otorrinolaringopatias .
C09.647 Neoplasias Otorrinolaringológicas .
C09.647.710 Neoplasias Faríngeas .
C09.775 Doenças Faríngeas .
C09.775.549 Neoplasias Faríngeas .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.050 Proteínas da Fase Aguda .
D12.776.124.050.250 Fibrinogênio .
D12.776.124.125 Fatores de Coagulação Sanguínea .
D12.776.124.125.500 Fibrinogênio .
D12.776.811 Precursores de Proteínas .
D12.776.811.300 Fibrinogênio .
D23 Fatores Biológicos .
D23.119 Fatores de Coagulação Sanguínea .
D23.119.490 Fibrinogênio .
G07 Fenômenos Fisiológicos .
G07.203 Alimentos, Dieta e Nutrição .
G07.203.300 Alimentos .
G07.203.300.484 Farinha .
J02 Alimentos e Bebidas .
J02.500 Alimentos .
J02.500.484 Farinha .
VS2 Vigilância Sanitária de Produtos .
VS2.001 Controle e Fiscalização de Alimentos e Bebidas .
VS2.001.001 Alimentos .
VS2.001.001.002 Alimentos Industrializados .
VS2.001.001.002.008 Farinha .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Região Branquial .
Arcos Branquiais .
Fendas Branquiais .
Arcos Faríngeos .
Arcos Viscerais .
Região, no período de desenvolvimento dos SOMITOS, contendo um número de arcos pareados, cada qual com um núcleo mesodérmico revestido por ectoderma e endoderma nos dois lados. Em vertebrados aquáticos inferiores, os arcos branquiais desenvolvem-se nas BRÂNQUIAS. Em vertebrados superiores, os arcos formam bolsas externas e desenvolvem-se nas estruturas da cabeça e pescoço. Separando os arcos estão as fendas ou sulcos branquiais. .
0.79
 
Faringe .
Garganta .
Tubo fibromuscular em forma de funil, que leva os alimentos ao ESÔFAGO e o ar à LARINGE e aos PULMÕES. Situa-se posteriormente à CAVIDADE NASAL, à CAVIDADE ORAL e à LARINGE, estendendo-se da BASE DO CRÂNIO à borda inferior da CARTILAGEM CRICOIDE (anteriormente) e à borda inferior da vértebra C6 (posteriormente). É dividida em NASOFARINGE, OROFARINGE e HIPOFARINGE (laringofaringe). .
0.45
 
Fibrinogênio .
Fator I de Coagulação .
Fator I .
Fator de Coagulação I .
Glicoproteína plasmática coagulada pela trombina, composta por um dímero de três pares de cadeias polipeptídicas não idênticas (alfa, beta e gama) mantidas juntas por pontes dissulfeto. A coagulação do fibrinogênio é uma mudança de sol para gel envolvendo arranjos moleculares complexos; enquanto o fibrinogênio é lisado pela trombina para formar polipeptídeos A e B, a ação proteolítica de outras enzimas libera diferentes produtos de degradação do fibrinogênio. .
0.40
 
Arco Dental .
Arcada Dental .
Arcada Dentária .
Arco Dentário .
Curva formada pela fileira de DENTES em sua posição normal na ARCADA OSSEODENTÁRIA. O arco dental inferior é formado pelos dentes mandibulares, e o superior, pelos dentes maxilares. .
0.39
 
Músculos Faríngeos .
Músculo Cricofaríngeo .
Músculo Palatofaríngeo .
Músculos da FARINGE são músculos voluntários dispostos em duas camadas. A camada externa circular consiste de três constritores (superior, médio e inferior). A camada interna longitudinal consiste no palatofaríngeo, no salpingofaríngeo e no estilofaríngeo. Durante a deglutição, a camada externa constringe a parede faríngea e a camada interna eleva a faringe e a LARINGE. .
0.39
 
Caixa Torácica .
Arco Costal .
Caixa Toráxica .
Margem Costal .
Invólucro torácico ósseo que consiste de coluna vertebral, COSTELAS, ESTERNO e CARTILAGEM COSTAL. .
0.39
 
Neoplasias Faríngeas .
Câncer da Faringe .
Câncer Faríngeo .
Tumores ou câncer da FARINGE. .
0.38
 
Arcobacter .
Arcobacter butzleri .
Gênero de bactérias Gram-negativas, aerotolerantes e em forma de espiral que são isoladas da água, e associadas à diarreia em humanos e animais. .
0.38
 
Farinha .
Semente de TRIGO triturada. .
0.37