serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.493 Peixes .
B01.050.150.900.493.370 Elasmobrânquios .
B01.050.150.900.493.370.870 Raias .
B01.050.150.900.493.378 Peixe Elétrico .
B01.050.150.900.493.378.682 Raias .
B01.050.150.900.493.817 Salmoniformes .
B01.050.150.900.493.817.750 Salmonidae .
B01.050.150.900.493.817.750.825 Truta .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.822 Poaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.822.616 Oryza .
C23 Condições Patológicas, Sinais e Sintomas .
C23.888 Sinais e Sintomas .
C23.888.208 Calafrios .
C23.888.821 Sinais e Sintomas Digestórios .
C23.888.821.297 Eructação .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.360 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.644.360.024 Proteínas Adaptadoras de Transdução de Sinal .
D12.644.360.024.098 Arrestinas .
D12.644.360.024.098.050 Arrestina .
D12.776 Proteínas .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.057 Proteínas Adaptadoras de Transdução de Sinal .
D12.776.157.057.005 Arrestinas .
D12.776.157.057.005.050 Arrestina .
D12.776.306 Proteínas do Olho .
D12.776.306.090 Arrestinas .
D12.776.306.090.050 Arrestina .
D12.776.476 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.776.476.024 Proteínas Adaptadoras de Transdução de Sinal .
D12.776.476.024.104 Arrestinas .
D12.776.476.024.104.050 Arrestina .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.090 Arrestinas .
D12.776.543.090.050 Arrestina .
D23 Fatores Biológicos .
D23.050 Antígenos .
D23.050.301 Antígenos de Superfície .
D23.050.301.280 Arrestina .
G01 Fenômenos Físicos .
G01.311 Fenômenos Geológicos .
G01.311.750 Rios 26022 .
G16 Fenômenos Biológicos .
G16.500 Fenômenos Ecológicos e Ambientais .
G16.500.275 Meio Ambiente .
G16.500.275.157 Ecossistema .
G16.500.275.157.130 Recifes de Corais .
G16.500.275.280 Água Doce .
G16.500.275.280.650 Rios 26022 .
N06 Meio Ambiente e Saúde Pública .
N06.230 Meio Ambiente .
N06.230.124 Ecossistema .
N06.230.124.130 Recifes de Corais .
N06.230.232 Água Doce .
N06.230.232.650 Rios 26022 .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.016 Recursos Hídricos .
SP4.016.132 Água 12871 .
SP4.016.132.553 Águas de Superfície .
SP4.016.132.553.914 Rios 26022 .
SP4.016.132.553.929 Oceanografia .
SP4.016.132.553.929.190 Recifes de Corais .
SP8 Desastres .
SP8.473 Risco .
SP8.473.654 Ameaças .
SP8.473.654.517 Geologia .
SP8.473.654.517.217 Recifes de Corais .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Rios 26022 .
Arroio .
Arroios .
Córrego .
Córregos .
Riacho .
Riachos .
Grandes correntes naturais de ÁGUA DOCE formadas pela convergência de afluentes e que desembocam em um grande volume de água (lago ou oceano). .
1.00
64019351
 
Eructação .
Arroto .
Ejeção de gás ou ar do estômago, através da boca. .
0.72
4314
 
Oryza .
Oryza sativa .
Arroz .
Gênero da família da grama (Poaceae) que inclui várias espécies de arroz. .
0.70
33825383
 
Truta .
Salvelinus fontinalis .
Salvelino .
Truta-de-Arroio .
Salvelinus .
Truta-Fontinalis .
TRUTAS-DE-ARROIO .
Peixes variados da família SALMONIDAE, geralmente menores que salmões. São majoritariamente restritas a água doce limpa e fresca. Algumas são anadrômicas. São estimadas por suas belas cores, carne rica e saborosa e como pesca esportiva. Os gêneros Salvelinus, Salmo e ONCORHYNCHUS foram introduzidos praticamente no mundo todo. .
0.66
195604
 
Calafrios .
Arrepios .
Calafrio .
A sensação repentina de estar com frio. Pode estar acompanhada por TREMOR POR SENSAÇÃO DE FRIO. .
0.58
18186
 
Arrestina .
Antígeno-S Retiniano .
Proteína de 48 kD do segmento externo dos bastonetes da retina e um componente da cascata de fototransdução. A arrestina extingue a ativação da proteína G ao ligar-se à rodopsina fotolisada fosforilada. A arrestina causa uveíte autoimune experimental quando injetada em animais de laboratório. .
0.54
41255
 
Recifes de Corais .
Recife .
Arrecife .
Arrecifes Coralinos .
Arrecifes de Corais .
Arrecifes de Coral .
Bancos Coralinos .
Bancos de Corais .
Bancos de Coral .
Recifes Coralinos .
Recifes de Coral .
1) Vértices marinhos compostos de CORAIS vivos, esqueletos de corais, algas calcáreas e outros organismos, misturados com minerais e matéria orgânica. São encontrados mais comumente em águas tropicais e sustentam outros tipos de vida animal e vegetal. 2) Recife: Estrutura rochosa, frequentemente coralina, que emerge da superfície do mar ou que se encontra a muito pouca profundidade e que pode representar um perigo para a navegação (Fonte: Material IV - Glossário de Proteção Civil, OPAS, 1992). .
0.53
441920
 
Raias .
Rajídeos .
Raja 11915 .
Rajidae .
Rajiformes .
Arraias .
Nome vulgar para todos os membros da família Rajidae. Raias e arraias são membros da mesma ordem (Rajiformes). As raias possuem órgãos elétricos fracos. .
0.52
411138