serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.500 Invertebrados .
B01.050.500.131 Artrópodes .
B01.050.500.131.617 Insetos .
B01.050.500.131.617.800 Tisanópteros .
C01 Infecções Bacterianas e Micoses .
C01.252 Infecções Bacterianas .
C01.252.410 Infecções por Bactérias Gram-Positivas .
C01.252.410.040 Infecções por Actinomycetales .
C01.252.410.040.552 Infecções por Mycobacterium .
C01.252.410.040.552.846 Tuberculose .
C01.252.410.040.552.846.899 Tuberculose Pulmonar .
C04 Neoplasias .
C04.557 Neoplasias por Tipo Histológico .
C04.557.386 Linfoma .
C04.557.386.480 Linfoma não Hodgkin .
C04.557.386.480.750 Linfoma de Células T .
C04.557.386.480.750.800 Linfoma Cutâneo de Células T .
C08 Doenças Respiratórias .
C08.381 Pneumopatias .
C08.381.922 Tuberculose Pulmonar .
C08.730 Infecções Respiratórias .
C08.730.939 Tuberculose Pulmonar .
C15 Doenças Sanguíneas e Linfáticas .
C15.604 Doenças Linfáticas .
C15.604.515 Transtornos Linfoproliferativos .
C15.604.515.569 Linfoma .
C15.604.515.569.480 Linfoma não Hodgkin .
C15.604.515.569.480.750 Linfoma de Células T .
C15.604.515.569.480.750.800 Linfoma Cutâneo de Células T .
C16 Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais .
C16.320 Doenças Genéticas Inatas .
C16.320.850 Dermatopatias Genéticas .
C16.320.850.180 Cútis Laxa .
C17 Doenças da Pele e do Tecido Conjuntivo .
C17.300 Doenças do Tecido Conjuntivo .
C17.300.230 Cútis Laxa .
C17.800 Dermatopatias .
C17.800.827 Dermatopatias Genéticas .
C17.800.827.180 Cútis Laxa .
C20 Doenças do Sistema Imune .
C20.683 Transtornos Imunoproliferativos .
C20.683.515 Transtornos Linfoproliferativos .
C20.683.515.761 Linfoma .
C20.683.515.761.480 Linfoma não Hodgkin .
C20.683.515.761.480.750 Linfoma de Células T .
C20.683.515.761.480.750.800 Linfoma Cutâneo de Células T .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.352 Esterases .
D08.811.277.352.650 Monoéster Fosfórico Hidrolases .
D08.811.277.352.650.775 Proteínas Tirosina Fosfatases .
D08.811.277.352.650.775.400 Proteínas Tirosina Fosfatases Semelhantes a Receptores .
D08.811.277.352.650.775.400.100 Proteínas Tirosina Fosfatases Classe 1 Semelhantes a Receptores .
D08.811.277.352.650.775.400.100.500 Antígenos Comuns de Leucócito .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.360 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.644.360.587 Proteínas Tirosina Fosfatases Semelhantes a Receptores .
D12.644.360.587.100 Proteínas Tirosina Fosfatases Classe 1 Semelhantes a Receptores .
D12.644.360.587.100.500 Antígenos Comuns de Leucócito .
D12.776 Proteínas .
D12.776.476 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.776.476.592 Proteínas Tirosina Fosfatases Semelhantes a Receptores .
D12.776.476.592.100 Proteínas Tirosina Fosfatases Classe 1 Semelhantes a Receptores .
D12.776.476.592.100.500 Antígenos Comuns de Leucócito .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.733 Proteínas Tirosina Fosfatases Semelhantes a Receptores .
D12.776.543.733.937 Proteínas Tirosina Fosfatases Classe 1 Semelhantes a Receptores .
D12.776.543.733.937.500 Antígenos Comuns de Leucócito .
D23 Fatores Biológicos .
D23.050 Antígenos .
D23.050.285 Antígenos de Neoplasias .
D23.050.285.050 Antígenos Glicosídicos Associados a Tumores .
D23.050.550 Epitopos .
D23.050.550.325 Antígenos Glicosídicos Associados a Tumores .
D23.101 Biomarcadores .
D23.101.140 Biomarcadores Tumorais .
D23.101.140.075 Antígenos Glicosídicos Associados a Tumores .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.505 Ações Farmacológicas .
D27.505.954 Usos Terapêuticos .
D27.505.954.483 Fármacos Gastrointestinais .
D27.505.954.483.620 Laxantes .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Laxantes .
Laxativos .
Agentes que produzem material fecal mole, relaxam e aliviam os intestinos, sendo usados tipicamente por um tempo prolongado para aliviar a CONSTIPAÇÃO INTESTINAL. .
0.51
21892
 
Cútis Laxa .
Cútis Flácida .
Dermatólise .
Dermatomegalia .
Cútis Laxa (Hiperelástica) .
Grupo de doenças do tecido conjuntivo nas quais a pele pende em dobras pendulosas frouxas, consideradas associadas com formação diminuída de tecido elástico bem como uma anormalidade na formação de elastina, e usualmente ocorrendo como distúrbio genético e ocasionalmente em uma forma adquirida. A forma congênita, que está presente ao nascimento ou desenvolve-se durante os primeiros meses de vida, é transmitida como: um caráter recessivo autossômico, associado com complicações graves, incluindo manifestações pulmonares e cardiovasculares, divertículos dos tratos urinário e gastrintestinal e múltiplas hérnias; um caráter dominante autossômico, que é essencialmente benigno, sendo apenas de importância cosmética; ou um caráter recessivo ligado ao X, que se associa com uma diminuição na atividade de lisil oxidase, a enzima responsável pela formação de grupos aldeído, os quais são essenciais para ligações cruzadas do colágeno. O tipo ligado ao X é caracterizado por divertículos e disfunção da bexiga, crescimento de cornos occipitais ósseos e inteligência relativamente normal. Os indivíduos afetados têm caracteristicamente uma aparência prematuramente envelhecida, nariz adunco com narinas evertidas, lábio superior longo, pálpebras inferiores evertidas e bochechas pendentes. A forma adquirida, que muitas vezes é precedida por uma enfermidade febril vaga, usualmente apresenta-se após a puberdade, mas algumas vezes não aparece até a meia idade ou mais tarde. (Dorland, 28a ed) .
0.49
29691
 
Tuberculose Pulmonar .
Consumpção Pulmonar .
Tuberculose do Pulmão .
Tísica Pulmonar .
Tísica .
Infecções por MYCOBACTERIUM nos pulmões. .
0.45
 
Antígenos Glicosídicos Associados a Tumores .
Antígenos Glicosídicos Associados ao Câncer .
Antígenos Carboidratos Associados a Tumores .
Antígenos CA .
ANTÍGENOS CARBOIDRATOS ASSOCIADOS AO CÂNCER .
Antígenos glicosídicos expressos por tecidos malignos. Estes antígenos são úteis como marcadores tumorais e podem ser quantificados no soro com anticorpos monoclonais por meio da técnica de radioimunoensaio. .
0.39
275102
 
Linfoma Cutâneo de Células T .
Linfoma de Células T Cutâneo .
Pele Laxa Granulomatosa .
Cútis Laxa Granulomatosa .
Cútis Laxa (Hiperelástica) Granulomatosa .
Pele Laxa (Hiperelástica) Granulomatosa .
Linfoma Cutâneo de Linfócitos T .
Pele Lxa Granulomatosa .
Linfoma Cutâneo de Célula T .
Pele Solta Granulomatosa .
LINFOMA CUTÂNEO DE CÉLULA-T .
Grupo de linfomas que mostra expansão clonal de linfócitos T malignos interrompidos em vários estágios de diferenciação, bem como infiltração maligna da pele. Os transtornos mais bem caracterizados são: MICOSES FUNGOIDES, SÍNDROME DE SÉZARY, PAPULOSE LINFOMATOIDE e LINFOMA ANAPLÁSICO CUTÂNEO PRIMÁRIO DE CÉLULAS GRANDES. .
0.36
1203007
 
Tisanópteros .
Thysanoptera .
Ordem de INSETOS muito pequenos de asas franjadas que inclui muitas pragas da agricultura. .
0.34
7343
 
Antígenos Comuns de Leucócito .
Antígeno Comum de Leucócito .
Antígenos 2H4 .
Antígenos CD45 .
Antígenos CD45R .
Antígenos CD45RA .
Antígenos CD45RO .
Antígeno B220 .
Antigenos B220 .
Antígenos CD45RB .
Antígenos CD45RC .
Antígenos L-CA .
Receptores Proteína Tirosina Fosfatase Tipo C .
Antígenos T200 .
Proteína Tirosina Fosfatase C Tipo Receptor .
Antígenos RT7 .
Glicoproteínas de alto peso molecular expressas exclusivamente na superfície de LEUCÓCITOS e seus progenitores hematopoiéticos. Contêm dois DOMÍNIOS DE FIBRONECTINA TIPO III e atividade de proteína tirosina fosfatase citoplasmática, a qual desempenha papel na sinalização intracelular dos RECEPTORES DA SUPERFÍCIE CELULAR. Os antígenos comuns ocorrem como isoformas múltiplas que resultam do processamento alternativo de mRNA e do uso diferencial de três éxons. .
0.34
57722