serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A08 Sistema Nervoso .
A08.186 Sistema Nervoso Central .
A08.186.211 Encéfalo .
A08.186.211.730 Prosencéfalo .
A08.186.211.730.885 Telencéfalo .
A08.186.211.730.885.287 Cérebro .
A08.186.211.730.885.287.249 Gânglios da Base .
A08.186.211.730.885.287.249.487 Corpo Estriado .
A08.186.211.730.885.287.249.487.550 Neostriado .
A08.186.211.730.885.287.249.487.550.184 Núcleo Caudado .
A08.800 Sistema Nervoso Periférico .
A08.800.800 Nervos Periféricos .
A08.800.800.720 Nervos Espinhais .
A08.800.800.720.725 Raízes Nervosas Espinhais .
A08.800.800.720.725.150 Cauda Equina .
A13 Estruturas Animais .
A13.895 Cauda .
B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.090 Anfíbios .
B01.050.150.900.090.608 Urodelos .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.175 Equisetum .
D13 Ácidos Nucleicos, Nucleotídeos e Nucleosídeos .
D13.444 Ácidos Nucleicos .
D13.444.735 RNA 12333 .
D13.444.735.544 RNA Mensageiro .
HP4 Materia Medica .
HP4.018 Medicamento Homeopático .
HP4.018.189 Medicamento Homeopático C .
HP4.018.189.305 Castor equi .
HP6 Semiologia Homeopática .
HP6.023 Causalidade .
N05 Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde .
N05.715 Qualidade da Assistência à Saúde .
N05.715.350 Fatores Epidemiológicos .
N05.715.350.200 Causalidade .
N06 Meio Ambiente e Saúde Pública .
N06.850 Saúde Pública .
N06.850.490 Fatores Epidemiológicos .
N06.850.490.625 Causalidade .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.016 Recursos Hídricos .
SP4.016.137 Correntes de Água .
SP4.016.137.563 Mecânica de Fluídos .
SP4.016.137.563.039 Vazão de Água .
SP4.021 Abastecimento de Água .
SP4.021.207 Armazenamento de Água .
SP4.021.207.138 Vazão de Água .
SP5 Epidemiologia e Bioestatística .
SP5.001 Epidemiologia .
SP5.001.042 Causalidade .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Urodelos .
Urodela .
Amphiuma .
Caudata .
Caudados .
Enguia do Congo .
Salamandras (Urodelos) .
Ordem da classe Anphibia que inclui as salamandras e os tritões. São caracterizados por geralmente apresentarem corpo e cauda finos, quatro patas de tamanho aproximadamente equivalente (exceto em Sirenidae) e redução nos ossos do crânio. .
1.00
23506
 
Cauda .
Extensão da parte posterior de um corpo animal além do TRONCO. .
0.88
416403
 
Núcleo Caudado .
Massa cinzenta, alongada, do neoestriado que se localiza adjacentemente ao ventrículo lateral do cérebro. .
0.66
 
Cauda Equina .
Filum Terminale .
Filamento Terminal .
Parte inferior da MEDULA ESPINAL formada pelas raizes nervosas lombares, sacrais e coccígeas. .
0.59
452824
 
Causalidade .
Causa .
Causas .
Fatores Capacitantes .
Causalidade Multifatorial .
Causa Múltipla .
Fatores Predisponentes .
Fatores Reforçadores .
Processo de relacionar causas com os efeitos que elas produzem. Causas são qualificadas como necessárias sempre que devem preceder um efeito e suficientes quando elas iniciam ou produzem um efeito. (Tradução livre do original: Last, 2001) .
0.58
61515134
 
Vazão de Água .
Caudal Ecológico .
Caudal de Água .
Vazão (Fluido) .
0.56
 
RNA Mensageiro .
mRNA 12339 .
RNAm 12339 .
ARNm 12339 .
RNAm não Poliadenilado .
mRNA não Poliadenilado .
RNAm Poliadenilado .
mRNA Poliadenilado .
RNA Mensageiro Poliadenilado .
Cauda de Poli(A) .
mRNA Poli(A)+ .
RNA Poli(A)+ .
RNA Poliadenilado .
Sequências de RNA que servem como modelo para a síntese proteica. RNAm bacterianos são geralmente transcritos primários pelo fato de não requererem processamento pós-transcricional. O RNAm eucariótico é sintetizado no núcleo e necessita ser transportado para o citoplasma para a tradução. A maior parte dos RNAm eucarióticos têm uma sequência de ácido poliadenílico na extremidade 3', denominada de cauda poli(A). Não se conhece com certeza a função dessa cauda, mas ela pode desempenhar um papel na exportação de RNAm maduro a partir do núcleo, tanto quanto em auxiliar na estabilização de algumas moléculas de RNAm retardando a sua degradação no citoplasma. .
0.55
418349111
 
Equisetum .
Equisseto .
Cauda-de-Cavalo .
Cavalinha .
Único gênero vivo da ordem Equisetales, classe Equisetopsida (Sphenopsida), divisão Equisetophyta (Sphenophyta); remotamente relacionado com gliquênias. Crescem em lugares úmidos. Os talos espinhosos, profundos e articulados contêm SILICATOS. .
0.54
11151
 
Castor equi .
Castor equorum .
Unha do Polegar Rudimentar de Cavalo .
Cauda de Cavalo .
Medicamento homeopático. Castor equorum. Abrev.: "cast-eq.". Origem animal. Parte utilizada: pata de cavalo. .
0.54
00