serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.649 Mamíferos .
B01.050.150.900.649.313 Eutérios .
B01.050.150.900.649.313.875 Cetáceos .
B01.300 Fungos .
B01.300.107 Ascomicetos .
B01.300.107.685 Parmeliaceae .
B01.300.340 Líquens .
B01.300.340.458 Parmeliaceae .
C18 Doenças Nutricionais e Metabólicas .
C18.452 Doenças Metabólicas .
C18.452.076 Desequilíbrio Ácido-Base .
C18.452.076.176 Acidose .
C18.452.076.176.652 Cetose .
D02 Compostos Orgânicos .
D02.092 Aminas .
D02.092.570 Hidroxilaminas .
D02.092.570.665 Oximas .
D02.092.877 Compostos de Amônio Quaternário .
D02.092.877.370 Emeprônio .
D02.455 Hidrocarbonetos .
D02.455.426 Hidrocarbonetos Cíclicos .
D02.455.426.392 Hidrocarbonetos Alicíclicos .
D02.455.426.392.368 Cicloparafinas .
D02.455.426.392.368.367 Cicloexanos .
D02.455.426.392.368.367.652 Ketamina .
D02.522 Cetonas .
D02.540 Lactonas .
D02.540.576 Policetídeos .
D02.540.576.500 Macrolídeos .
D02.540.576.500.992 Eritromicina .
D02.540.576.500.992.445 Cetolídeos .
D02.675 Oniocompostos .
D02.675.276 Compostos de Amônio Quaternário .
D02.675.276.370 Emeprônio .
D09 Carboidratos .
D09.947 Açúcares .
D09.947.875 Monossacarídeos .
D09.947.875.465 Cetoses .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.011 Ciência .
SP4.011.097 Química .
SP4.011.097.036 Compostos Orgânicos .
SP4.011.097.036.624 Cetonas .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Cetáceos .
Cetacea .
Ordem de MAMÍFEROS inteiramente aquáticos que ocorre em todos os OCEANOS e mares adjacentes do mundo, bem como em certos sistemas fluviais. Geralmente se alimentam de PEIXES, cefalópodes e crustáceos. A maioria é gregária e requer um tempo relativamente longo de cuidados parentais e de maturação. Entre eles estão os GOLFINHOS, BÔTOS e BALEIAS. (Tradução livre do original: Walker's Mammals of the World, 5th ed, pp 969-70) .
0.87
191499
 
Ketamina .
Cetamina .
Quetamina .
CI-581 .
Derivado cicloexanona utilizado para a indução de anestesia. Seu mecanismo de ação não foi completamente elucidado, porém a ketamina pode bloquear os receptores NMDA (RECEPTORES DE N-METIL-D-ASPARTATO) e pode interagir com os receptores sigma. .
0.67
20510756
 
Cetose .
Acetonemia .
Acetonúria .
Cetonemia .
Cetonúria .
Cetoacidose .
Acidose Metabólica .
Cetose Metabólica .
Afecção caracterizada por uma concentração anormalmente elevada de CORPOS CETÔNICOS no sangue (acetonemia) ou na urina (acetonuria). É um sinal de COMPLICAÇÕES DO DIABETES, inanição, alcoolismo ou de um distúrbio metabólico das mitocôndrias (ex.: DOENÇA DA URINA DE XAROPE DE BORDO). .
0.63
401578
 
Cetolídeos .
Compostos baseados na ERITROMICINA com 3-cladinose substituídas por uma cetona. Ligam a parte 23S dos RIBOSSOMOS bacterianos 70S. .
0.60
0780
 
Cetonas .
Compostos orgânicos que contêm um grupo carbonila =C=O ligado a dois grupos de hidrocarbonetos. .
0.59
1312793
 
Cetoses .
Cetoaçúcares .
0.59
2311
 
Parmeliaceae .
Cetraria .
Lichen islandicus .
Líquen da Islândia .
Líquen-da-Islândia .
Líquen-Islândico .
A maior família de fungos formadores de líquen. .
0.58
123
 
Emeprônio .
Brometo de Emeprônio .
CETIPRINA .
Antagonista muscarínico utilizado principalmente no tratamento de síndromes urinárias. É completamente absorvido pelo trato gastrointestinal e não atravessa a barreira hematoencefálica. .
0.54
3118
 
Oximas .
Aldoximas .
Compostos Hidroxi-Imínicos .
Cetoximas .
Compostos Hidroxiimínicos .
Compostos que contêm o radical R2C=N.OH derivado da condensação de ALDEÍDOS ou CETONAS com HIDROXILAMINA. Membros deste grupo são REATIVADORES DA COLINESTERASE. .
0.52
86849