serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.650 Plantas .
B01.650.700 Rodófitas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.150 Carofíceas .
B01.650.940.800.150.150 Caráceas .
B01.650.940.800.150.150.150 Chara .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.044 Anacardiaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.044.666 Rhus 23395 .
B01.750 Estramenópilas .
B01.750.600 Feófitas .
B03 Bactérias .
B03.280 Cianobactérias .
B03.440 Bactérias Gram-Negativas .
B03.440.475 Bactérias Gram-Negativas Fotossintetizantes Oxigênicas .
B03.440.475.100 Cianobactérias .
G16 Fenômenos Biológicos .
G16.500 Fenômenos Ecológicos e Ambientais .
G16.500.275 Meio Ambiente .
G16.500.275.157 Ecossistema .
G16.500.275.157.812 Zonas Úmidas .
N06 Meio Ambiente e Saúde Pública .
N06.230 Meio Ambiente .
N06.230.124 Ecossistema .
N06.230.124.625 Zonas Úmidas .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.016 Recursos Hídricos .
SP4.016.132 Água 12871 .
SP4.016.132.553 Águas de Superfície .
SP4.016.132.553.934 Zonas Úmidas .
SP4.016.157 Hidrobiologia .
SP4.016.157.698 Cianobactérias .
SP4.016.157.713 Estramenópilas .
SP4.016.157.713.219 Feófitas .
SP4.016.157.733 Flora Aquática .
SP4.016.157.733.224 Rodófitas .
SP4.026 Esgotos .
SP4.026.292 Tratamento de Águas Residuárias .
SP4.026.292.663 Tratamento Biológico .
SP4.026.292.663.214 Zonas Úmidas .
SP8 Desastres .
SP8.473 Risco .
SP8.473.654 Ameaças .
SP8.473.654.482 Geografia .
SP8.473.654.482.147 Zonas Úmidas .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Carofíceas .
Carófitas .
Charophyta .
Charophyceae .
Grupo (ou classe) de plantas aquáticas, incluindo as algas eestreptófitas, que são os parentes mais próximos das plantas terrestres (EMBRIÓFITAS). .
1.00
 
Estreptófitas .
Algas Verdes Estreptófitas e Plantas Terrestres .
Carofíceas e Embriófitas .
Charophyceae e Embryophyta .
Streptophyta .
Filo de plantas verdes que compreende as CAROFÍCEAS (algas verdes estreptófitas) e as EMBRIÓFITAS (plantas terrestres). .
0.72
 
Caráceas .
Characeae .
Família de plantas aquáticas filiformes, delgadas, da ordem CHARALES, filo ESTREPTÓFITAS, que são intimamente relacionadas a PLANTAS TERRESTRES. .
0.61
 
Chara .
Gênero de plantas verdes da família CHARACEAE, filo ESTREPTÓFITAS. Têm um odor forte semelhante ao alho e são muito importantes como fonte alimentar para aves aquáticas. .
0.56
 
Rodófitas .
Algas Vermelhas .
Rhodophyta .
Rodophyceae .
Rodofíceas .
RODOPHYTA .
Plantas da divisão Rhodophyta conhecidas comumente como algas vermelhas em que predomina o pigmento vermelho (FICOERITRINA). Entretanto, quando este pigmento é destruído, as algas podem aparecer roxas, castanhas, verdes ou amarelas. Duas substâncias importantes são encontradas nas paredes celulares das algas vermelhas: ÁGAR e CARRAGENINA. Algumas rodofíceas são ALGAS MARINHAS (macroalgas) notáveis. .
0.52
 
Rhus 23395 .
Rus 23395 .
Sumagre-da-Virgínia .
Sumagreira .
Sumagreiro .
Sumaque .
Açumagre .
Rhus coriaria .
Rhus verniciflua .
Rhus succedanea .
Charão .
Sumagre .
Ichirão .
Gênero de plantas (família Anacardiaceae, ordem Sapindales, subclasse Rosidae) fonte de galotanina (ÁCIDO TÂNICO) e de frutos algo comestíveis. Não deve ser confundido com o TOXICODENDRON que fazia parte deste gênero. .
0.51
 
Zonas Úmidas .
Biofiltros (Pântanos Construídos) .
Pântanos Artificiais .
Mangues .
Lodaçais .
Lodaçal .
Terra Pantanosa .
Pântanos .
Brejos .
Braço de Rio .
Igarapé .
Marimbu .
Atoleiros .
Pantanal .
Turfeira .
Lamaçal .
Charco .
Alagadiço .
Manguezais .
Restinga .
Marisma Costeiro .
Mangues Salinos .
Esteros .
Marisma .
Esteiros .
Orla Marítima .
Manguezal .
Mangue .
Biofiltros [Pântanos construído] .
1) Ambientes ou habitats na interface entre ecossistemas verdadeiramente terrestres e sistemas verdadeiramente aquáticos tornando-os diferentes de cada um deles mas altamente dependentes de ambos. Adaptações a baixo [nível de] oxigênio do solo caracterizam muitas das espécies de zonas úmidas. 2) Pântanos: Área com cobertura vegetal que se encontra inundada ou saturada por água superficial ou subterrânea durante uma parte significativa do ano. A vegetação é adaptada para viver nas condições de solo saturada (Tradução livre do original: USGS 1048). 3) Manguezais: Floresta ou associação vegetal halófila em que predomina esse tipo de árvore e que se pode formar junto a praias, à foz de rios, ou na margem lamacenta de portos, rios, lagoas etc. (Fonte: Dicionário Houaiss da língua portuguesa). 4) Marisma: Terreno à beira de mar ou rio baixo e pantanoso que se inunda pela ação das marés (Fonte: Material IV - Glossário de Proteção Civil, OPAS, 1992). 5) Orla Marítima: Terra costeira baixa, parcialmente sob a água do mar, ao menos nas marés cheias, e que possui características ecológicas especiais. .
0.50
 
Feófitas .
Algas Pardas .
Phaeophyta .
Phaeophyceae .
Feofíceas .
Melanofíceas .
Algas Castanhas .
Algas Marrons .
Divisão de EUCARIOTOS predominantemente marinhos, conhecidos comumente como algas pardas, que possuem CROMATÓFOROS com carotenoides constituindo os PIGMENTOS BIOLÓGICOS. Os ALGINATOS e florotaninas ocorrem amplamente em todas as ordens superiores. São consideradas as algas mais evoluídas devido a sua organização multicelular bem desenvolvida e a sua complexidade estrutural. .
0.49
 
Cianobactérias .
Algas Azuis .
Algas Verde-Azuladas .
Bactérias Verde-Azuladas .
Cyanobacteria .
Cianofíceas .
Cyanophyceae .
Cyanophyta .
Myxophyta .
Grupo Synechocystis .
Grupo Synechococcus .
CYANOBACTÉRIAS .
Filo de bactérias oxigênicas, fotossintéticas composto por bactérias unicelulares a multicelulares que possuem CLOROFILA (realizam a FOTOSSÍNTESE oxigênica). As cianobactérias são os únicos organismos conhecidos capazes de fixar o DIÓXIDO DE CARBONO (presença de luz) e NITROGÊNIO. A morfologia celular pode incluir heterocistos fixadores de nitrogênio e/ou células em repouso denominadas acinetos. Previamente chamadas algas verde-azuladas, as cianobactérias foram tradicionalmente tratadas como ALGAS. .
0.49