serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.795 Papaveraceae .
B01.650.940.800.575.912.250.795.249 Chelidonium .
C11 Oftalmopatias .
C11.525 Hipertensão Ocular .
C11.525.381 Glaucoma .
HP4 Materia Medica .
HP4.018 Medicamento Homeopático .
HP4.018.127 Medicamento Homeopático A .
HP4.018.127.413 Aphis Chenopodii Glauci .
HP4.018.189 Medicamento Homeopático C .
HP4.018.189.405 Chelidonium glaucum .
HP4.018.189.409 Chelidonium majus .
HP4.018.189.413 Chelone glabra .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Chelidonium glaucum .
Glaucium flavum .
Medicamento homeopático. Glaucium flavum. Abrev.: "chel-g.". Origem vegetal. Habitat original: Mediterrâneo. .
1.00
00
 
Chelidonium .
Celidônia .
Quelidônia .
Gênero de plantas (família PAPAVERACEAE, ordem Papaverales e subclasse Magnoliidae). .
0.73
 
Chelone glabra .
Chelone alba .
Escrofulosa da América .
Medicamento homeopático. Chelone alba. Abrev.: "chelo.". Origem vegetal. Habitat original: América do Norte. Parte utilizada: planta inteira. .
0.58
00
 
Chelidonium majus .
Chelidonium haematodes .
Chelidonium luteum .
Erva Andorinha .
Erva-das-Verrugas .
Papaver cornicatum luteum .
Chelidoninum .
Medicamento homeopático. Chelidonium majus. Erva andorinha. Abrev.: "chel.". Origem vegetal. Habitat original: Europa e Asia. Parte utilizada: raiz ou planta inteira. .
0.57
60
 
Aphis Chenopodii Glauci .
Chenopodii glauci Aphis .
Chenopodii glaucum Aphis .
Pulgão do Quenopódio .
Medicamento homeopático. Chenopodii glauci aphis. Pulgão do quenopódio. Abrev.: "aphis". Origem animal. Parte utilizada: inseto. .
0.57
00
 
Glaucoma .
Doença ocular, ocorrendo em várias formas, tendo como principais características um aumento prolongado ou instável da pressão intraocular, na qual o olho não pode permanecer sem danos à sua estrutura ou prejuízo de suas funções. As consequências da pressão elevada podem se manifestar com uma variedade de sintomas, dependendo do tipo e severidade, como escavação do disco óptico, endurecimento do globo ocular, anestesia corneana, acuidade visual reduzida, visão de halos coloridos ao redor da luz, adaptação ao escuro prejudicada, defeitos do campo visual e cefaleias. .
0.50
92229052