serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A11 Células .
A11.284 Estruturas Celulares .
A11.284.430 Espaço Intracelular .
A11.284.430.106 Núcleo Celular .
A11.284.430.106.279 Estruturas do Núcleo Celular .
A11.284.430.106.279.345 Espaço Intranuclear .
A11.284.430.106.279.345.190 Cromossomos .
A11.284.430.106.279.345.190.160 Estruturas Cromossômicas .
A11.284.430.106.279.345.190.160.830 Complexo Sinaptonêmico .
B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.833 Répteis .
B01.050.150.900.833.672 Serpentes .
B01.050.150.900.833.672.125 Aletinofídios .
B01.050.150.900.833.672.125.875 Elapidae .
C10 Doenças do Sistema Nervoso .
C10.500 Malformações do Sistema Nervoso .
C10.500.507 Malformações do Desenvolvimento Cortical .
C10.500.507.450 Malformações do Desenvolvimento Cortical do Grupo II .
C10.500.507.450.249 Lissencefalia Cobblestone .
C10.500.507.450.499 Lisencefalia .
C10.500.507.450.499.249 Lissencefalia Cobblestone .
C16 Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais .
C16.131 Anormalidades Congênitas .
C16.131.666 Malformações do Sistema Nervoso .
C16.131.666.507 Malformações do Desenvolvimento Cortical .
C16.131.666.507.450 Malformações do Desenvolvimento Cortical do Grupo II .
C16.131.666.507.450.249 Lissencefalia Cobblestone .
C16.131.666.507.450.499 Lisencefalia .
C16.131.666.507.450.499.249 Lissencefalia Cobblestone .
D01 Compostos Inorgânicos .
D01.268 Elementos .
D01.268.556 Metais Pesados .
D01.268.556.195 Cobre .
D01.268.956 Elementos de Transição .
D01.268.956.170 Cobre .
D01.552 Metais .
D01.552.544 Metais Pesados .
D01.552.544.195 Cobre .
D23 Fatores Biológicos .
D23.050 Antígenos .
D23.050.301 Antígenos de Superfície .
D23.050.301.264 Antígenos de Diferenciação .
D23.050.301.264.894 Antígenos de Diferenciação de Linfócitos T .
D23.050.301.264.894.095 Complexo CD3 .
D23.101 Biomarcadores .
D23.101.100 Antígenos de Diferenciação .
D23.101.100.894 Antígenos de Diferenciação de Linfócitos T .
D23.101.100.894.095 Complexo CD3 .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.505 Ações Farmacológicas .
D27.505.519 Mecanismos Moleculares de Ação Farmacológica .
D27.505.519.914 Sequestrantes .
D27.505.519.914.500 Quelantes .
D27.720 Usos Especializados de Substâncias Químicas .
D27.720.832 Sequestrantes .
D27.720.832.500 Quelantes .
G04 Fenômenos Fisiológicos Celulares .
G04.144 Ciclo Celular .
G04.144.220 Divisão Celular .
G04.144.220.220 Divisão do Núcleo Celular .
G04.144.220.220.687 Meiose .
G04.144.220.220.687.883 Prófase .
G04.144.220.220.687.883.250 Pareamento Cromossômico .
G04.144.220.220.687.883.250.500 Complexo Sinaptonêmico .
G04.144.220.220.781 Mitose .
G04.144.220.220.781.906 Prófase .
G04.144.220.220.781.906.250 Pareamento Cromossômico .
G04.144.220.220.781.906.250.500 Complexo Sinaptonêmico .
G05 Fenômenos Genéticos .
G05.113 Divisão Celular .
G05.113.220 Divisão do Núcleo Celular .
G05.113.220.687 Meiose .
G05.113.220.687.883 Prófase .
G05.113.220.687.883.250 Pareamento Cromossômico .
G05.113.220.687.883.250.500 Complexo Sinaptonêmico .
G05.113.220.781 Mitose .
G05.113.220.781.906 Prófase .
G05.113.220.781.906.250 Pareamento Cromossômico .
G05.113.220.781.906.250.500 Complexo Sinaptonêmico .
G05.360 Estruturas Genéticas .
G05.360.160 Estruturas Cromossômicas .
G05.360.160.830 Complexo Sinaptonêmico .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.011 Ciência .
SP4.011.097 Química .
SP4.011.097.063 Elementos .
SP4.011.097.063.864 Cobre .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Lissencefalia Cobblestone .
Complexo Cobblestone .
Displasia Cobblestone .
Lissencefalia Tipo 2 .
Complexo de Cobblestone .
Complexo .
Aspecto granulado liso do CÓRTEX CEREBRAL, com córtex mais espesso e substância branca reduzida e anormal, que resulta da migração de neurônios heterotópicos além da zona marginal para dentro das leptomeninges através de aberturas na MEMBRANA BASAL externa. Há também ventrículos dilatados, TRONCO ENCEFÁLICO e cerebelo subdesenvolvidos e ausência do CORPO CALOSO. Estas anormalidades ocorrem como síndrome, sem outras deformidades de nascimento (complexo de cobblestone), ou em outras síndromes associadas com DISTROFIA MUSCULAR congênita; esta frequentemente envolve o olho, como a Síndrome Walker-Warburg, distrofia muscular congênita de Fukuyama e doença encefálica músculo-olho. .
1.00
218
 
Quelantes .
Agentes Quelantes .
Complexons .
Antagonistas de Metais .
Compostos químicos que se ligam a íons e os removem de soluções. Muitos quelantes agem por meio da formação de COMPLEXOS DE COORDENAÇÃO com METAIS. .
0.47
13320037
 
Complexo CD3 .
Antígenos CD3 .
Antígenos T3 .
Antígeno CD3 .
Complexo de pelo menos cinco polipeptídeos ligados à membrana em linfócitos T maduros, associados não covalentemente uns aos outros e ao receptor da célula T (RECEPTORES DE ANTÍGENO DA CÉLULA T). O complexo CD3 inclui as cadeias (subunidades) gama, delta, épsilon, zeta e eta. Quando o antígeno se liga ao receptor da célula T, o complexo CD3 transduz os sinais de ativação para o citoplasma. As cadeias (subunidades) gama e delta do CD3 são independentes (separate), não estando relacionadas com as cadeias gama/delta do receptor da célula T (RECEPTORES PARA ANTÍGENOS DE CÉLULAS T GAMA-DELTA). .
0.42
612239
 
Complexo Sinaptonêmico .
Estrutura de três partes de material proteináceo (semelhante a uma fita) que serve para alinhar e unir os CROMOSSOMOS homólogos pareados. É formado durante o estágio de zigóteno da primeira divisão meiótica, sendo pré-requisito para a TROCA GENÉTICA. .
0.41
51012
 
Elapidae .
Boicorá .
Cobra .
Elapídeos .
Naja Real .
Serpentes Elapídeas .
Lauticaudinae .
Serpentes Marinhas .
Micrurus .
Hidrofídeos .
Hydrophidae .
Cobra Asiática .
Cobras .
Família de cobras extremamente venenosas, compreendendo as cobras corais, najas, mambas, kraits e serpentes marinhas. São amplamente distribuídas, sendo encontradas ao sul dos Estados Unidos, América do Sul, África, sul da Ásia, Austrália e ilhas do Pacífico. Os elapídeos incluem três subfamílias: Elapinae, Hydrophiinae e Lauticaudinae. Como os viperídeos, possuem ferrões venenosos na parte frontal da mandíbula superior. As mambas da África são as mais perigosas de todas as cobras por seu tamanho, velocidade e veneno altamente tóxico. .
0.41
801144
 
Cobre .
Cobre-53 .
Oligoelemento de metal pesado com símbolo atômico Cu, número atômico 29 e peso atômico 63,55. .
0.41
54559245