serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

C10 Doenças do Sistema Nervoso .
C10.228 Doenças do Sistema Nervoso Central .
C10.228.140 Encefalopatias .
C10.228.140.163 Encefalopatias Metabólicas .
C10.228.140.163.100 Encefalopatias Metabólicas Congênitas .
C10.228.140.163.100.687 Fenilcetonúrias .
C16 Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais .
C16.320 Doenças Genéticas Inatas .
C16.320.565 Erros Inatos do Metabolismo .
C16.320.565.100 Erros Inatos do Metabolismo dos Aminoácidos .
C16.320.565.100.766 Fenilcetonúrias .
C16.320.565.189 Encefalopatias Metabólicas Congênitas .
C16.320.565.189.687 Fenilcetonúrias .
C18 Doenças Nutricionais e Metabólicas .
C18.452 Doenças Metabólicas .
C18.452.132 Encefalopatias Metabólicas .
C18.452.132.100 Encefalopatias Metabólicas Congênitas .
C18.452.132.100.687 Fenilcetonúrias .
C18.452.648 Erros Inatos do Metabolismo .
C18.452.648.100 Erros Inatos do Metabolismo dos Aminoácidos .
C18.452.648.100.766 Fenilcetonúrias .
C18.452.648.189 Encefalopatias Metabólicas Congênitas .
C18.452.648.189.687 Fenilcetonúrias .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.087 Amidoidrolases .
D08.811.277.087.280 Di-Hidro-Orotase .
D08.811.277.151 Aminoidrolases .
D08.811.277.151.300 GTP Cicloidrolase .
D08.811.682 Oxirredutases .
D08.811.682.660 Oxirredutases atuantes sobre Doadores de Grupo CH-CH .
D08.811.682.660.275 Di-Hidrodipicolinato Redutase .
D08.811.682.662 Oxirredutases atuantes sobre Doadores de Grupo CH-NH .
D08.811.682.662.290 Metilenotetra-Hidrofolato Redutase (NADPH2) .
D08.811.682.662.582 Oxirredutases N-Desmetilantes .
D08.811.682.662.582.361 Di-Hidropteridina Redutase .
D08.811.682.662.825 Tetra-Hidrofolato Desidrogenase .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.331 Flavoproteínas .
D12.776.331.775 Metilenotetra-Hidrofolato Redutase (NADPH2) .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Tetra-Hidrofolato Desidrogenase .
Di-Hidrofolato Redutase .
Redutase do Ácido Fólico .
Di-Hidrofolato Desidrogenase .
Tetraidrofolato Desidrogenase .
Diidrofolato Redutase .
Diidrofolato Desidrogenase .
Enzima da classe das oxidorredutases que catalisa a redução de di-hidrofolato a tetra-hidrofolato, usando NADPH como doador de elétrons. A reação produz folato reduzido para o metabolismo de aminoácidos, síntese de anel purínico, e a formação de desoxitimidina monofosfato. O metotrexato e outros antagonistas do ácido fólico usados como drogas quimioterápicas inibem esta enzima. A deficiência da enzima pode ser uma causa de anemia megaloblástica responsiva à terapia com formas reduzidas de ácido fólico. (Dorland, 28a ed) .
1.00
 
Di-Hidropteridina Redutase .
Diidropteridina Redutase .
Enzima que catalisa a redução da 6,7-di-hidropteridina a 5,6,7,8-tetra-hidropteridina (na presença de NADP+). Defeitos [que levam à baixa atividade da] enzima causam fenilcetonuria II. Anteriormente classificada acomo EC 1.6.99.7. .
0.73
 
Di-Hidrodipicolinato Redutase .
Diidrodipicolinato Redutase .
Enzima que cataliza a oxidação do 2,3,4,5-tetra-hidrodipicolinato a 2,3-di-hidrodipicolinato utilizando NAD(P)+ como co-fator. É encontrada em BACTÉRIAS e plantas superiores envolvidas na biossíntese do ÁCIDO DIAMINOPIMÉLICO e da LISINA. .
0.72
 
Oxirredutases .
Desidrogenases .
Oxidases .
Oxidorredutases .
Redutases .
Classe de todas as enzimas que catalisam reações de oxidorredução. O substrato que é oxidado é considerado doador de hidrogênio. O nome sistemático é baseado na oxidorredutase doador:receptor. O nome recomendado é desidrogenase, onde for possível. Como alternativa, redutase pode ser usado. O termo oxidase é usado apenas nos casos em que o O2 é o receptor. .
0.57
 
Fenilcetonúrias .
Doença da Deficiência de Di-Hidropteridina Redutase .
Hiperfenilalaninemia não Fenilcetonúrica .
Doença da Deficiência de Fenilalanina Hidroxilase .
Hiperfenilalaninemia não-Fenilcetonúrica .
Doença da Deficiência de Diidropteridina Redutase .
FENILCETONÚRIA .
Grupo de transtornos recessivos autossômicos marcados por uma deficiência da enzima hepática FENILALANINA HIDROXILASE ou, com menor frequência, pela redução da atividade da DI-HIDROPTERIDINA REDUTASE (i. é, fenilcetonuria atípica). A fenilcetonuria clássica é causada por deficiência grave de fenilalanina hidroxilase e se apresenta na infância com atraso no desenvolvimento, CONVULSÕES, HIPOPIGMENTAÇÃO cutânea, ECZEMA e desmielinização no sistema nervoso central. .
0.55
 
Di-Hidro-Orotase .
Carbamoilaspártico Desidrase .
Di-Hidro-Orotato Amidoidrolase .
Di-Hidro-Orotato Amido-Hidrolase .
Diidroorotase .
Diidro-Orotato Amidoidrolase .
Diidro-Orotase .
Enzima que, durante a biossíntese de pirimidina, catalisa o fechamento do anel pela remoção de água do N-carbamoilaspartato, para dar o ácido di-hidro-orótico. EC 3.5.2.3. .
0.52
 
GTP Cicloidrolase .
GTP 8-Formil-Hidrolase .
GTP Ciclo-Hidrolase .
GTP Di-Hidrolase .
Enzima de Abertura do Anel do GTP .
GTP 8-Formilidrolase .
GTP Diidrolase .
(GTP cicloidrolase I) ou GTP 7,8-8,9-di-hidrolase (formadora de pirofosfato) (GTP cicloidrolase II). Grupo enzimático que hidrolisa o anel imidazólico do GTP, liberando o carbono 8 como formiato. Duas ligações C-N são hidrolisadas, e a unidade de pentose é isomerizada. Este é o primeiro passo na síntese de ácido fólico a partir de GTP. EC 3.5.4.16 (GTP cicloidrolase I) e EC 3.5.4.25 (GTP cicloidrolase II). .
0.50
 
Metilenotetra-Hidrofolato Redutase (NADPH2) .
Metilenotetraidrofolato Redutase (NADPH2) .
Metileno-THF Redutase (NADPH) .
Flavoproteína amino oxirredutase que catalisa a conversão reversível de 5-metiltetra-hidrofolato a 5,10-metilenotetra-hidrofolato. Esta enzima foi classificada anteriormente como EC 1.1.1.171. .
0.49