serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A05 Sistema Urogenital .
A05.360 Genitália .
A05.360.319 Genitália Feminina .
A05.360.319.779 Vagina .
B01 Eucariotos .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.401 Fabaceae .
C04 Neoplasias .
C04.588 Neoplasias por Localização .
C04.588.945 Neoplasias Urogenitais .
C04.588.945.418 Neoplasias dos Genitais Femininos .
C04.588.945.418.955 Neoplasias Vaginais .
C13 Doenças Urogenitais Femininas e Complicações na Gravidez .
C13.351 Doenças Urogenitais Femininas .
C13.351.500 Doenças dos Genitais Femininos .
C13.351.500.665 Disfunções Sexuais Fisiológicas .
C13.351.500.665.656 Vaginismo .
C13.351.500.852 Doenças Uterinas .
C13.351.500.852.691 Hemorragia Uterina .
C13.351.500.894 Doenças Vaginais .
C13.351.500.894.834 Neoplasias Vaginais .
C13.351.500.894.870 Vaginismo .
C13.351.500.894.906 Vaginite .
C13.351.937 Neoplasias Urogenitais .
C13.351.937.418 Neoplasias dos Genitais Femininos .
C13.351.937.418.937 Neoplasias Vaginais .
C23 Condições Patológicas, Sinais e Sintomas .
C23.550 Processos Patológicos .
C23.550.414 Hemorragia .
C23.550.414.993 Hemorragia Uterina .
D26 Preparações Farmacêuticas .
D26.255 Formas de Dosagem .
D26.255.785 Supositórios .
F03 Transtornos Mentais .
F03.835 Disfunções Sexuais Psicogênicas .
F03.835.900 Vaginismo .
G03 Metabolismo .
G03.015 Absorção .
G03.015.500 Absorção Fisiológica .
G03.015.500.937 Absorção Vaginal .
G03.787 Farmacocinética .
G03.787.024 Absorção .
G03.787.024.500 Absorção Fisiológica .
G03.787.024.500.937 Absorção Vaginal .
G07 Fenômenos Fisiológicos .
G07.690 Fenômenos Farmacológicos e Toxicológicos .
G07.690.725 Farmacocinética .
G07.690.725.015 Absorção .
G07.690.725.015.500 Absorção Fisiológica .
G07.690.725.015.500.937 Absorção Vaginal .
VS2 Vigilância Sanitária de Produtos .
VS2.001 Controle e Fiscalização de Alimentos e Bebidas .
VS2.001.001 Alimentos .
VS2.001.001.001 Alimentos Integrais .
VS2.001.001.001.002 Fabaceae .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Doenças Vaginais .
Processos patológicos da VAGINA. .
0.77
1553573
 
Vagina .
Canal genital, na mulher, que se estende do ÚTERO à VULVA. (Tradução livre do original: Stedman, 25a ed) .
0.65
61927865
 
Vaginite .
Inflamação vaginal caracterizada por dor e descarga purulenta. .
0.55
1882362
 
Vaginismo .
ESPASMO involuntário recorrente ou persistente dos músculos externos da VAGINA, ocorrendo durante a penetração vaginal. .
0.53
14109
 
Hemorragia Uterina .
Sangramento Uterino .
Sangramento Vaginal .
Sangramento da Vagina .
Hemorragia da Vagina .
Hemorragia Vaginal .
Hemorragias Vaginais .
Hemorragia dos vasos sanguíneos do ÚTERO, às vezes, manifestada como sangramento vaginal. .
0.49
2957892
 
Fabaceae .
Afzelia .
Amorpha .
Andira .
Baptisia .
Caesalpiniaceae .
Callerya .
Ceratonia .
Cesalpiniaceae .
Cesalpiniácea .
Cesalpiniáceas .
Clathrotropis .
Clatrótrope .
Colophospermum .
Copaifera .
Delonix .
Euchresta .
Feijão .
Feijões .
Guibourtia .
Legumes .
Leguminosae .
Leguminosas .
Machaerium .
Pithecolobium .
Pithecellobium .
Stryphnodendron .
Vagem .
Vagens .
Grande família de plantas caracterizadas por vagens. Algumas são comestíveis, enquanto outras causam LATIRISMO ou FAVISMO e outras formas de envenenamento. Outras espécies produzem materiais úteis, como as gomas da ACÁCIA e várias LECTINAS, como as FITO-HEMAGLUTININAS de PHASEOLUS. Muitas delas abrigam bactérias FIXADORAS DE NITROGÊNIO em suas raizes. Muitas espécies, mas nem todas, de feijões pertencem a esta família. .
0.48
67812883
 
Neoplasias Vaginais .
Câncer da Vagina .
Câncer Vaginal .
Tumores ou câncer da VAGINA. .
0.48
1214414
 
Absorção Vaginal .
Captação de substâncias a partir da VAGINA por meio do epitélio (mucosa) vaginal. .
0.48
116
 
Supositórios .
Supositórios Retais .
Supositórios Vaginais .
Formas de dosagens medicamentosas planejadas para serem aplicadas no reto, vagina ou orifício uretral para absorção corporal. Geralmente, os ingredientes ativos são armazenados em formas de dosagem contendo bases gordurosas, como a manteiga de cacau, óleos hidrogenados ou glicerogelatina que são sólidos a temperatura ambiente, mas se dissolvem em temperatura corporal. .
0.48
373360