serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A08 Sistema Nervoso .
A08.186 Sistema Nervoso Central .
A08.186.211 Encéfalo .
C06 Doenças do Sistema Digestório .
C06.552 Hepatopatias .
C06.552.308 Insuficiência Hepática .
C06.552.308.500 Falência Hepática .
C06.552.308.500.356 Encefalopatia Hepática .
C10 Doenças do Sistema Nervoso .
C10.228 Doenças do Sistema Nervoso Central .
C10.228.140 Encefalopatias .
C10.228.140.140 Dano Encefálico Crônico .
C10.228.140.163 Encefalopatias Metabólicas .
C10.228.140.163.360 Encefalopatia Hepática .
C10.228.140.300 Transtornos Cerebrovasculares .
C10.228.140.300.400 Demência Vascular .
C10.228.140.300.510 Doenças Arteriais Intracranianas .
C10.228.140.300.510.800 Arteriosclerose Intracraniana .
C10.228.140.300.510.800.500 Demência Vascular .
C10.228.140.380 Demência .
C10.228.140.380.230 Demência Vascular .
C10.228.140.624 Hipóxia Encefálica .
C10.228.140.695 Leucoencefalopatias .
C10.228.140.695.500 Demência Vascular .
C14 Doenças Cardiovasculares .
C14.907 Doenças Vasculares .
C14.907.137 Arteriopatias Oclusivas .
C14.907.137.126 Arteriosclerose .
C14.907.137.126.372 Arteriosclerose Intracraniana .
C14.907.137.126.372.500 Demência Vascular .
C14.907.253 Transtornos Cerebrovasculares .
C14.907.253.560 Doenças Arteriais Intracranianas .
C14.907.253.560.350 Arteriosclerose Intracraniana .
C14.907.253.560.350.500 Demência Vascular .
C18 Doenças Nutricionais e Metabólicas .
C18.452 Doenças Metabólicas .
C18.452.132 Encefalopatias Metabólicas .
C18.452.132.360 Encefalopatia Hepática .
F03 Transtornos Mentais .
F03.615 Transtornos Neurocognitivos .
F03.615.400 Demência .
F03.615.400.350 Demência Vascular .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Doenças Arteriais Intracranianas .
Encefalopatias Arteriais .
Doenças Arteriais do Cérebro .
Doenças Arteriais do Encéfalo .
Doenças Encefálicas Arteriais .
Doenças Encefálicas das Artérias .
Afecções envolvendo as ARTÉRIAS no crânio, como artérias que abastecem o CÉREBRO, CEREBELO, TRONCO ENCEFÁLICO, e estruturas associadas. Entre estas doenças estão as ateroscleróticas, congênitas, traumáticas, infecciosas, inflamatórias e outros processos patológicos. .
1.00
6298
 
Encefalopatias .
Cerebropatia .
Cerebropatias .
Encefalopatia .
Doença Cerebral .
Doença do Cérebro .
Doenças Cerebrais .
Doenças do Cérebro .
Transtornos do Sistema Nervoso Central Intracraniano .
Patologias Cerebrais .
Patologia do Cérebro .
Patologia do Encéfalo .
Patologia Encefálica .
Patologias do Cérebro .
Patologias do Encéfalo .
Patologias Encefálicas .
Afecções que acometem o CÉREBRO, composto de componentes intracranianos do SISTEMA NERVOSO CENTRAL. Este inclui (mas não se limita a estes) CÓRTEX CEREBRAL, substância branca intracraniana, GÂNGLIOS DA BASE, TÁLAMO, HIPOTÁLAMO, TRONCO ENCEFÁLICO e CEREBELO. .
0.79
63645190
 
Demência Vascular .
Demência Arteriosclerótica .
Doença de Binswanger .
Encefalopatia de Binswanger .
Leucoencefalopatia Subcortical .
Encefalopatia Arteriosclerótica Subcortical .
Termo impreciso referente à demência associada com TRANSTORNOS CEREBROVASCULARES, incluindo o INFARTO CEREBRAL (único ou múltiplo), e afecções associadas com ISQUEMIA CEREBRAL crônica. Foram descritos os subtipos difuso, cortical e subcortical. (Tradução livre do original: Gerontol Geriatr 1998 Feb;31(1):36-44) .
0.64
1214431
 
Hipóxia Encefálica .
Anóxia Cerebral .
Anóxia do Cérebro .
Anóxia do Encéfalo .
Anóxia Encefálica .
Encefalopatia Anóxica .
Hipoxia Cerebral .
Hipóxia do Cérebro .
Hipóxia do Encéfalo .
Encefalopatia Hipóxica .
Encefalopatia por Anóxia .
Encefalopatia por Hipóxia .
Redução no suprimento de oxigênio encefálico devido a ANOXEMIA (quantidade reduzida de oxigênio sendo transportado no sangue pela HEMOGLOBINA), ou a uma restrição do suprimento sanguíneo ao encéfalo, ou ambos. A hipóxia grave refere-se a anóxia e é uma causa relativamente comum de lesão ao sistema nervoso central. A anóxia encefálica prolongada pode levar à MORTE ENCEFÁLICA ou a um ESTADO VEGETATIVO PERSISTENTE. Histologicamente esta afecção é caracterizada pela perda neuronal que é mais proeminente no HIPOCAMPO, GLOBO PÁLIDO, CEREBELO e olivas bulbares. .
0.63
846475
 
Encéfalo .
1) A parte do SISTEMA NERVOSO CENTRAL contida no CRÂNIO. O encéfalo embrionário surge do TUBO NEURAL, sendo composto de três partes principais, incluindo o PROSENCÉFALO (cérebro anterior), o MESENCÉFALO (cérebro médio) e o ROMBENCÉFALO (cérebro posterior). O encéfalo desenvolvido consiste em CÉREBRO, CEREBELO e outras estruturas do TRONCO ENCEFÁLICO. 2) Conjunto de órgãos do sistema nervoso central que compreende o cérebro, o cerebelo, a protuberância anular (ou ponte de Varólio) e a medula oblonga, estando todos contidos na caixa craniana e protegidos pela meninges e pelo líquido cefalorraquidiano. É a maior massa de tecido nervoso do organismo e contém bilhões de células nervosas. Seu peso médio, em um adulto, é da ordem de 1.360 g, nos homens e 1.250 g nas mulheres. Embriologicamente, corresponde ao conjunto de prosencéfalo, mesencéfalo e rombencéfalo. Seu crescimento é rápido entre o quinto ano de vida e os vinte anos. Na velhice diminui de peso. Inglês: encephalon, brain. (Rey, L. 1999. Dicionário de Termos Técnicos de Medicina e Saúde, 2a. ed. Editora Guanabara Koogan S.A. Rio de Janeiro) .
0.62
621411387
 
Dano Encefálico Crônico .
Encefalopatia Crônica .
Dano Cerebral Crônico .
Afecção caracterizada por disfunção ou dano encefálico de longa duração, geralmente com duração de três meses ou mais. Entre as etiologias potenciais estão: INFARTO ENCEFÁLICO, certos TRANSTORNOS NEURODEGENERATIVOS, TRAUMATISMOS CRANIOCEREBRAIS, ANÓXIA ENCEFÁLICA, ENCEFALITE, certas síndromes de NEUROTOXICIDADE, transtornos metabólicos (ver DOENÇAS ENCEFÁLICAS METABÓLICAS) e outras afecções. .
0.61
4912513
 
Encefalopatia Hepática .
Encefalopatia Portossistêmica .
COMA HEPÁTICO .
Síndrome caracterizada por disfunção do sistema nervoso central em associação com FALÊNCIA HEPÁTICA, incluindo derivações portossistêmicas. Entre as características clínicas estão letargia e CONFUSÃO (progredindo frequentemente para o COMA), Asterixe, NISTAGMO PATOLÓGICO, reflexos oculovestibulares bruscos, postura de descerebração e descorticação, ESPASTICIDADE MUSCULAR e reflexo plantar extensor bilateral (v. REFLEXO DE BABINSKI). A ELETROENCEFALOGRAFIA pode demonstrar ondas trifásicas. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, pp1117-20; Plum & Posner, Diagnosis of Stupor and Coma, 3rd ed, p222-5) .
0.61
2188973