serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

E01 Diagnóstico .
E01.370 Técnicas e Procedimentos Diagnósticos .
E01.370.225 Técnicas de Laboratório Clínico .
E01.370.225.875 Técnicas Microbiológicas .
E01.370.225.875.970 Cultura de Vírus .
E01.370.225.875.970.790 Ensaio de Placa Viral .
E05 Técnicas de Pesquisa .
E05.196 Técnicas de Química Analítica .
E05.196.401 Eletroforese .
E05.196.401.153 Eletroforese em Gel de Ágar .
E05.196.401.153.150 Ensaio Cometa .
E05.200 Técnicas de Laboratório Clínico .
E05.200.875 Técnicas Microbiológicas .
E05.200.875.970 Cultura de Vírus .
E05.200.875.970.790 Ensaio de Placa Viral .
E05.301 Técnicas Eletroquímicas .
E05.301.300 Eletroforese .
E05.301.300.100 Eletroforese em Gel de Ágar .
E05.301.300.100.150 Ensaio Cometa .
E05.318 Métodos Epidemiológicos .
E05.318.760 Características de Estudos Epidemiológicos .
E05.318.760.250 Estudos Clínicos como Assunto .
E05.318.760.250.500 Ensaios Clínicos como Assunto .
E05.393 Técnicas Genéticas .
E05.393.560 Testes de Mutagenicidade .
E05.393.560.150 Ensaio Cometa .
E05.657 Capacidade de Absorbância de Radicais de Oxigênio .
E05.940 Testes de Toxicidade .
E05.940.560 Testes de Mutagenicidade .
E05.940.560.150 Ensaio Cometa .
HP2 Clínica Homeopática .
HP2.004 Ensaios Clínicos como Assunto .
N05 Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde .
N05.715 Qualidade da Assistência à Saúde .
N05.715.360 Mecanismos de Avaliação da Assistência à Saúde .
N05.715.360.775 Características de Estudos Epidemiológicos .
N05.715.360.775.088 Estudos Clínicos como Assunto .
N05.715.360.775.088.500 Ensaios Clínicos como Assunto .
N06 Meio Ambiente e Saúde Pública .
N06.850 Saúde Pública .
N06.850.520 Métodos Epidemiológicos .
N06.850.520.450 Características de Estudos Epidemiológicos .
N06.850.520.450.250 Estudos Clínicos como Assunto .
N06.850.520.450.250.250 Ensaios Clínicos como Assunto .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.051 Aspectos Gerais .
SP4.051.507 Determinação .
V02 Formatos de Publicação .
V02.365 Ensaios .
V03 Características dos Estudos .
V03.175 Estudo Clínico .
V03.175.250 Ensaio Clínico .
VS2 Vigilância Sanitária de Produtos .
VS2.002 Controle de Medicamentos e Entorpecentes .
VS2.002.003 Avaliação de Medicamentos .
VS2.002.003.001 Aprovação de Drogas .
VS2.002.003.001.003 Ensaios Clínicos como Assunto .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Determinação .
Detecção .
Ensaio .
0.65
1600
 
/análise .
/ensaio .
/teste químico .
/análise química .
/determinação .
Usado para identificação ou determinação quantitativa de uma substância ou seus componentes e metabólitos; inclui a análise do ar, água ou outro agente ambiental. Exclui a análise química dos tecidos, tumores, fluidos corporais, organismos e plantas, para os quais se usa /química. O conceito se aplica a metodologia e a resultados. Para análise de substâncias no sangue, líquido cefalorraquidiano e urina, é usado o qualificador específico que designa o fluido. .
0.65
 
Ensaios .
Ensaios [Tipo de Publicação] .
Trabalhos que consistem em coleções de documentos ou composições literárias interpretativas não previamente publicados. .
0.62
00
 
Ensaio Clínico .
Estudo de Intervenção .
Estudos de Intervenção .
Ensaio Clínico [Tipo de Publicação] .
Trabalho que relata os resultados de um estudo clínico em que aos participantes são atribuídas uma ou mais intervenções, de forma que os pesquisadores possam avaliar as intervenções nos desfechos biomédicos e naqueles relacionados à saúde. As atribuições são determinadas pelo protocolo de estudo. Os participantes podem receber intervenções diagnósticas, terapêuticas ou de outro tipo. Enquanto a maioria dos ensaios clínicos envolve humanos, esse tipo de publicação pode ser usado para artigos de clínica veterinária, satisfazendo aos mesmos requisitos dos ensaios com humanos. .
0.59
00
 
Ensaio Cometa .
Ensaio do Cometa .
Ensaio em Cometa .
Teste de Cometa .
Ensaio de Eletroforese em Gel de Célula Alcalina Única .
Ensaio em Cometa Alcalino .
Ensaio de Eletroforese em Gel de Célula Alcalina Individual .
Eletroforese em Gel de Célula Individual .
Eletroforese em Gel de Célula Única .
Eletroforese de Células Isoladas .
Técnica de toxicologia genética para medir o dano ao DNA em uma célula individual que utiliza eletroforese em gel de células ao nível individual por meio do emprego de amostras celulares extremamente pequenas. Os fragmentos de DNA celular assumem uma formação de "cometa com cauda" na eletroforese e são detectados com um sistema de análise por imagem. As condições alcalinas do ensaio facilitam a sensível detecção de danos em uma única fita. .
0.57
1026543
 
Ensaios Clínicos como Assunto .
Ensaios Clínicos .
Estudos Clínicos .
Trabalhos sobre estudos pré-planejados sobre segurança, eficácia, ou esquema de dosagem ótima (se apropriado) de uma ou mais drogas diagnósticas, terapêuticas, ou profiláticas, dispositivos, ou técnicas selecionadas de acordo com critérios pré-determinados de elegibilidade e observadas para evidência pré-definida de efeitos favoráveis ou desfavoráveis. Este conceito inclui ensaios clínicos conduzidos tanto nos EUA quanto em outros países. .
0.57
 
Capacidade de Absorbância de Radicais de Oxigênio .
Ensaio ORAC .
Método ORAC .
Ensaio TEAC .
Ensaio da Capacidade Antioxidante de Equivalência Trolox .
Capacidade de Absorbância do Radical Oxigênio .
Medida da capacidade de uma substância, como um alimento, em neutralizar os radicais livres de oxigênio in vitro. .
0.49
921
 
Ensaio de Placa Viral .
Análises de Placa Viral .
Ensaio de Placa .
Método para medida da infectividade viral e multiplicação em CÉLULAS CULTIVADAS. Áreas claramente lisadas ou placas desenvolvidas como partículas virais são liberadas das células infectadas durante a incubação. Com alguns VÍRUS, as células são mortas por efeito citopático; com outros, as células infectadas não são mortas, mas podem ser detectadas por sua habilidade de hemadsorção. Algumas vezes as placas de células contêm ANTÍGENOS VIRAIS que podem ser medidos por IMUNOFLUORESCÊNCIA. .
0.49
246716