serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A03 Sistema Digestório .
A03.556 Trato Gastrointestinal .
A03.556.124 Intestinos .
A03.556.124.369 Mucosa Intestinal .
A03.556.124.369.290 Enterócitos .
A10 Tecidos .
A10.615 Membranas .
A10.615.550 Membrana Mucosa .
A10.615.550.444 Mucosa Intestinal .
A10.615.550.444.290 Enterócitos .
A11 Células .
A11.436 Células Epiteliais .
A11.436.290 Enterócitos .
B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.248 Aves 1344 .
B01.050.150.900.248.860 Spheniscidae .
B01.050.150.900.493 Peixes .
B01.050.150.900.493.559 Lampreias .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.401 Fabaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.401.843 Sphenostylis .
C06 Doenças do Sistema Digestório .
C06.405 Gastroenteropatias .
C06.405.205 Gastroenterite .
C06.405.205.462 Enterite .
C06.405.469 Enteropatias .
C06.405.469.326 Enterite .
C10 Doenças do Sistema Nervoso .
C10.597 Manifestações Neurológicas .
C10.597.751 Transtornos das Sensações .
C10.597.751.791 Distúrbios Somatossensoriais .
C10.597.751.791.500 Hipestesia .
C23 Condições Patológicas, Sinais e Sintomas .
C23.888 Sinais e Sintomas .
C23.888.592 Manifestações Neurológicas .
C23.888.592.763 Transtornos das Sensações .
C23.888.592.763.770 Distúrbios Somatossensoriais .
C23.888.592.763.770.500 Hipestesia .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.505 Ações Farmacológicas .
D27.505.696 Efeitos Fisiológicos de Drogas .
D27.505.696.277 Depressores do Sistema Nervoso Central .
D27.505.696.277.600 Entorpecentes .
D27.505.696.663 Fármacos do Sistema Nervoso Periférico .
D27.505.696.663.850 Fármacos do Sistema Sensorial .
D27.505.696.663.850.014 Analgésicos .
D27.505.696.663.850.014.760 Entorpecentes .
D27.505.954 Usos Terapêuticos .
D27.505.954.427 Fármacos do Sistema Nervoso Central .
D27.505.954.427.040 Analgésicos .
D27.505.954.427.040.550 Entorpecentes .
D27.505.954.427.210 Depressores do Sistema Nervoso Central .
D27.505.954.427.210.600 Entorpecentes .
F02 Fenômenos Psicológicos .
F02.463 Processos Mentais .
F02.463.188 Cognição .
F02.463.188.357 Compreensão .
G04 Fenômenos Fisiológicos Celulares .
G04.165 Formação de Célula em Célula .
G04.165.750 Entose .
I01 Ciências Sociais .
I01.076 Antropologia .
I01.076.201 Antropologia Cultural .
I01.076.201.450 Cultura .
I01.076.201.450.550 Rituais Fúnebres .
I01.076.201.450.550.150 Sepultamento .
VS2 Vigilância Sanitária de Produtos .
VS2.002 Controle de Medicamentos e Entorpecentes .
VS2.002.001 Preparações Farmacêuticas .
VS2.002.001.022 Entorpecentes .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Lampreias .
Lampetra .
Entosphenus .
Ichthyomyzon .
Enguias Lampreias .
Petromyzontidae .
Petromizontídeos .
Nome vulgar de peixes (única família, Petromyzontidae; ordem Petromyzontiformes) semelhantes a enguias. Não possuem mandíbula, mas têm uma boca sugadora com dentes córneos. .
1.00
02321
 
Entose .
Processos pelos quais uma célula ativamente invade a outra e fica lá internalizada. .
0.50
044
 
Spheniscidae .
Pinguins .
Sphenisciformes .
Esfenisciforme .
Esfeniscídeos .
Única família de pinguins (ordem Sphenisciforme, com 6 gêneros e 17 espécies). São aves aquáticas não voadoras do hemisfério Sul, altamente adaptadas para a vida marinha. .
0.35
20623
 
Compreensão .
Compreensibilidade .
Compreensão de Leitura .
Entendimento .
Legibilidade .
Ato ou fato de captar o significado, natureza ou importância de [alguma coisa]; entendimento. (Tradução livre do original: American Heritage Dictionary, 4th ed). Inclui o entendimento, por um paciente (ou objeto de pesquisa), sobre informação fornecida oralmente ou por escrito. .
0.34
43211199
 
Enterócitos .
Células de absorção que revestem a MUCOSA INTESTINAL. São CÉLULAS EPITELIAIS diferenciadas com MICROVILOSIDADES apicais direcionadas para o lúmen intestinal. Os enterócitos são mais abundantes no INTESTINO DELGADO do que no INTESTINO GROSSO. Suas microvilosidades aumentam a área da superfície luminal da célula de 14 a 40 vezes. .
0.34
142616
 
Sepultamento .
Enterro .
Ato ou cerimônia de colocar um cadáver sob a terra, num jazigo ou no mar; ou a colocação das cinzas obtidas por CREMAÇÃO em uma urna. .
0.33
17730
 
Enterite .
Inflamação de qualquer segmento do INTESTINO DELGADO. .
0.33
1046546
 
Hipestesia .
Entorpecimento .
Dormência .
Hipoestesia .
Hipoestesia Tátil .
Hipestesia Tátil .
Hipoestesia Térmica .
Hipestesia Térmica .
Adormecimento .
Sensibilidade ausente ou reduzida à estimulação cutânea. .
0.33
232529
 
Entorpecentes .
Analgésicos Narcóticos .
Analgésicos Entorpecentes .
Efeito Entorpecente .
Entorpecente .
Estupefaciente .
Estupefacientes .
Narcótico .
Narcóticos .
Abuso de Entorpecentes .
Adição a Entorpecentes .
Adição a Narcóticos .
Dependência de Entorpecentes .
Dependência de Narcóticos .
Abuso de Narcóticos .
Uso Indevido de Entorpecentes .
Uso Indevido de Narcóticos .
Opiáceos .
Agentes que induzem NARCOSE. Entorpecentes incluem agentes que causam sonolência ou induzem o sono (ESTUPOR), derivados naturais ou sintéticos do ÓPIO ou da MORFINA, ou ainda qualquer substância que possua tais efeitos. São potentes indutores de ANALGESIA e de TRANSTORNOS RELACIONADOS AO USO DE OPIOIDES. .
0.32
22014845
 
Sphenostylis .
Sphenostylis stenocarpa .
Feijão Africano .
Feijão Inhame Africano .
Feijão Cará Africano .
Gênero de plantas (família FABACEAE) contendo LECTINAS e oligossacarídeos com rafinose. .
0.32
09