serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.555 Transferases de Grupo de Um Carbono .
D08.811.913.555.500 Metiltransferases .
D08.811.913.555.500.700 Feniletanolamina N-Metiltransferase .
D08.811.913.555.500.710 Fosfatidil-N-Metiletanolamina N-Metiltransferase .
D08.811.913.555.500.712 Fosfatidiletanolamina N-Metiltransferase .
D10 Lipídeos .
D10.570 Lipídeos de Membrana .
D10.570.755 Fosfolipídeos .
D10.570.755.375 Glicerofosfatos .
D10.570.755.375.760 Ácidos Fosfatídicos .
D10.570.755.375.760.400 Glicerofosfolipídeos .
D10.570.755.375.760.400.840 Fosfatidiletanolaminas .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.360 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.644.360.562 Proteína de Ligação a Fosfatidiletanolamina .
D12.776 Proteínas .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.661 Proteína de Ligação a Fosfatidiletanolamina .
D12.776.476 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.776.476.555 Proteína de Ligação a Fosfatidiletanolamina .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Fosfatidil-N-Metiletanolamina N-Metiltransferase .
Fosfatidil-N-Metiletanolamina N-Methiltransferase .
Enzima que catalisa a METILAÇÃO de fosfatidil-N-metiletanolamino, formando fosfatidil-N-dimetiletanolamina. Esta enzima também pode metilar fosfatidil-N-dimetiletanolamina, formando fosfatidil-N-trimetiletanolamina (FOSFATIDILCOLINA). .
0.92
 
Fosfatidiletanolamina N-Metiltransferase .
Enzima que catalisa três reações consecutivas de METILAÇÃO resultando na conversão de fosfatidiletanolamina em FOSFATIDILCOLINA. .
0.70
 
Fosfatidiletanolaminas .
Fosfoglicérides de Etanolamina .
Cefalinas .
Fosfoglicerídeos de Etanolamina .
Derivados do ácido fosfatídico, nos quais o ácido fosfórico encontra-se ligado a uma molécula de etanolamina por uma ligação éster. A hidrólise completa dá origem a 1 mol de glicerol, ácido fosfórico e etanolamina e, 2 moles de ácidos graxos. .
0.67
 
Proteína de Ligação a Fosfatidiletanolamina .
Proteína básica ubiquamente encontrada ligando-se à fosfatidiletanolamina e NUCLEOTÍDEOS. É um inibidor endógeno de RAF QUINASES e pode desempenhar um papel na regulação da TRANSDUÇÃO DE SINAL. A proteína de ligação a fosfatidiletanolamina é um precursor do peptídeo neuroestimulador colinérgico hipocampal que é clivado da região N-terminal da proteína. .
0.50
 
Feniletanolamina N-Metiltransferase .
Fenetanolamina N-Metiltransferase .
Metiltransferase que catalisa a reação de S-adenosil-L-metionina e feniletanolamina originando S-adenosil-L-homocisteína e N-metilfeniletanolamina. Pode agir sobre várias feniletanolaminas e converte norepinefrina em epinefrina. EC 2.1.1.28. .
0.48
 
Fosfolipídeos .
Fosfatídeos .
FOSFATÍDIOS .
FOSFOLIPÍDIOS .
Lipídeos que contêm um ou mais grupos fosfatos, particularmente aqueles derivados tanto do glicerol (fosfoglicerídeos, ver GLICEROFOSFOLIPÍDEOS) ou esfingosinas (ESFINGOLIPÍDEOS). São lipídeos polares de grande importância para a estrutura e função das membranas celulares, sendo os lipídeos mais abundantes de membranas, embora não sejam armazenados em grande quantidade. .
0.44