serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.500 Invertebrados .
B01.050.500.408 Equinodermos .
B01.050.500.408.578 Ouriços-do-Mar .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.100 Asteraceae .
B01.650.940.800.575.912.250.100.310 Echinacea .
B01.650.940.800.575.912.250.618 Lilianae .
B01.650.940.800.575.912.250.618.050 Alismatales .
B01.650.940.800.575.912.250.618.050.625 Alismataceae .
C03 Doenças Parasitárias .
C03.335 Helmintíase .
C03.335.190 Infecções por Cestoides .
C03.335.190.396 Equinococose .
C03.335.865 Infecções por Trematódeos .
C03.335.865.282 Equinostomíase .
C05 Doenças Musculoesqueléticas .
C05.330 Deformidades do Pé .
C05.330.488 Deformidades Adquiridas do Pé .
C05.330.488.655 Pé Torto .
C05.330.488.655.063 Pé Torto Equinovaro .
C05.330.488.655.125 Pé Equino .
C05.330.495 Deformidades Congênitas do Pé .
C05.330.495.681 Pé Torto .
C05.330.495.681.063 Pé Torto Equinovaro .
C05.330.495.681.125 Pé Equino .
C05.660 Anormalidades Musculoesqueléticas .
C05.660.585 Deformidades Congênitas dos Membros .
C05.660.585.512 Deformidades Congênitas das Extremidades Inferiores .
C05.660.585.512.380 Deformidades Congênitas do Pé .
C05.660.585.512.380.813 Pé Torto .
C05.660.585.512.380.813.063 Pé Torto Equinovaro .
C05.660.585.512.380.813.125 Pé Equino .
C15 Doenças Sanguíneas e Linfáticas .
C15.378 Doenças Hematológicas .
C15.378.100 Transtornos da Coagulação Sanguínea .
C15.378.100.452 Equimose .
C16 Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais .
C16.131 Anormalidades Congênitas .
C16.131.621 Anormalidades Musculoesqueléticas .
C16.131.621.585 Deformidades Congênitas dos Membros .
C16.131.621.585.512 Deformidades Congênitas das Extremidades Inferiores .
C16.131.621.585.512.500 Deformidades Congênitas do Pé .
C16.131.621.585.512.500.681 Pé Torto .
C16.131.621.585.512.500.681.063 Pé Torto Equinovaro .
C16.131.621.585.512.500.681.125 Pé Equino .
C23 Condições Patológicas, Sinais e Sintomas .
C23.550 Processos Patológicos .
C23.550.414 Hemorragia .
C23.550.414.625 Equimose .
C23.888 Sinais e Sintomas .
C23.888.885 Manifestações Cutâneas .
C23.888.885.312 Equimose .
D03 Compostos Heterocíclicos .
D03.633 Compostos Heterocíclicos de Anéis Fundidos .
D03.633.100 Compostos Heterocíclicos com 2 Anéis .
D03.633.100.857 Quinoxalinas .
D03.633.100.857.233 Equinomicina .
D04 Compostos Policíclicos .
D04.345 Compostos Macrocíclicos .
D04.345.566 Peptídeos Cíclicos .
D04.345.566.325 Equinomicina .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.641 Peptídeos Cíclicos .
D12.644.641.325 Equinomicina .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.001 Saúde .
SP4.001.012 Doença Ambiental .
SP4.001.012.138 Doenças Parasitárias .
SP4.001.012.138.119 Helmintíase .
SP4.001.012.138.119.070 Equinococose .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Equinodermos .
Echinodermata .
Filo dos invertebrados marinhos mais comuns. Sua classe Stelleroidea contém duas subclasses, a Asteroidea (a ESTRELA-DO-MAR) e a Ophiuroidea (os ofiuros, também chamadas de estrelas em cestas e estrelas-serpentes). Há 1500 espécies descritas de ESTRELAS-DO-MAR encontradas pelo mundo. A segunda classe, Echinoidea, contém por volta de 950 espécies de OURIÇOS-DO-MAR, "heart urchins" (ouriços coração), e bolachas-do-mar. Uma terceira classe, Holothuroidea, compreende por volta de 900 equinodermos conhecidos como HOLOTÚRIAS. Equinodermos são extensamente utilizados em pesquisa biológica. .
1.00
231953
 
Alismataceae .
Alismatáceas .
Equinodoro .
Echinodorus .
Família de monocotiledôneas da subclasse ALISMATIDAE, classe Liliopsida, de plantas aquáticas. As partes das flores são em número de três, com 3 sépalas verdes e 3 pétalas brancas ou amarelas. .
0.69
1059
 
Ouriços-do-Mar .
Echinoidea .
Equinoides .
Bolacha-do-Mar .
Equinodermos ligeiramente achatados e globulares, que possuem conchas frágeis e finas de placas calcárias. São modelos úteis para estudos de FERTILIZAÇÃO e DESENVOLVIMENTO DO EMBRIÃO. .
0.59
487339
 
Equinomicina .
Quinomicina A .
Antibiótico quinoxalina, polipeptídico, citotóxico isolado do Streptomyces echinatus que se liga ao DNA e inibe a síntese de RNA. .
0.57
0224
 
Pé Torto Equinovaro .
Equinovaro .
Pé Equinovaro .
Pé Equinovaro Congênito .
Pé Torto Equinovaro Congênito .
Pés Equinovaros Congênitos .
Pés Tortos Equinovaros Congênitos .
Talipes Equinovaro .
Talipes Equinovarus .
Pé deformado no qual o pé está em flexão plantar, invertido e aduzido. .
0.57
512991
 
Equimose .
Extravasamento de sangue na pele, resultando em uma mancha não elevada, redonda ou irregular, azul ou púrpura, maior que uma petéquia. .
0.56
381120
 
Echinacea .
Brauneria pallida .
Echinacea pallida .
Equinácea .
Rudbeckia pallida .
Rudbeckia purpurea .
Gênero de ervas perenes usadas topicamente e internamente. Contém equinacosídeo, GLICOSÍDEOS; INULINA; isobutil amidas, resina e SESQUITERPENOS. .
0.56
8696
 
Equinococose .
Cisto Hidático .
Cisto Hidatídico .
Hidatidose .
Cistos Hidáticos .
Cistos Hidatídicos .
Doença Hidática .
Doença Hidatídica .
Infecção causada pela infestação da forma larvária de Tênias do gênero Echinococcus. Fígado, pulmões e rins são as áreas mais comuns de infestação. .
0.53
5499374
 
Equinostomíase .
A infecção causada por trematódeos do gênero Echinostoma. .
0.53
2281
 
Pé Equino .
Contratura Equina .
Pé Equinovalgo .
Talipe Equino .
Talipes Equino .
Talipes Equinus .
Talipes Equinovalgo .
Talipes Equinovalgus .
Contração Eqüina .
A declinação plantar do pé. .
0.52
57379