serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.493 Peixes .
B01.050.150.900.493.370 Elasmobrânquios .
B01.050.150.900.493.370.853 Tubarões .
B01.050.150.900.493.370.853.392 Cação (Peixe) .
B01.050.150.900.493.370.853.392.800 Squalus .
B01.050.150.900.493.370.853.392.800.500 Squalus acanthias .
B01.050.150.900.649 Mamíferos .
B01.050.150.900.649.313 Eutérios .
B01.050.150.900.649.313.992 Roedores .
B01.050.150.900.649.313.992.692 Porcos-Espinhos .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.084 Aquifoliaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.084.500 Ilex 23427 .
B01.650.940.800.575.912.250.401 Fabaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.401.590 Medicago .
B01.650.940.800.575.912.250.583 Lamiales .
B01.650.940.800.575.912.250.583.990 Verbenaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.583.990.411 Lantana .
B01.650.940.800.575.912.250.618 Lilianae .
B01.650.940.800.575.912.250.618.100 Asparagales .
B01.650.940.800.575.912.250.618.100.060 Asparagaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.618.100.060.980 Yucca .
D05 Substâncias Macromoleculares .
D05.750 Polímeros .
D05.750.078 Biopolímeros .
D05.750.078.730 Proteínas dos Microfilamentos .
D05.750.078.730.475 Miosinas .
D05.750.078.730.475.470 Miosina Tipo I .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.040 Hidrolases Anidrido Ácido .
D08.811.277.040.025 Adenosina Trifosfatases .
D08.811.277.040.025.193 Proteínas Motores Moleculares .
D08.811.277.040.025.193.750 Miosinas .
D08.811.277.040.025.193.750.500 Miosina Tipo I .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.210 Proteínas Contráteis .
D12.776.210.500 Proteínas Musculares .
D12.776.210.500.600 Miosinas .
D12.776.210.500.600.465 Miosina Tipo I .
D12.776.220 Proteínas do Citoesqueleto .
D12.776.220.525 Proteínas dos Microfilamentos .
D12.776.220.525.475 Miosinas .
D12.776.220.525.475.470 Miosina Tipo I .
D12.776.395 Glicoproteínas .
D12.776.395.550 Glicoproteínas de Membrana .
D12.776.395.550.509 Antígenos de Histocompatibilidade Classe II .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.550 Glicoproteínas de Membrana .
D12.776.543.550.440 Antígenos de Histocompatibilidade Classe II .
D23 Fatores Biológicos .
D23.050 Antígenos .
D23.050.285 Antígenos de Neoplasias .
D23.050.285.050 Antígenos Glicosídicos Associados a Tumores .
D23.050.301 Antígenos de Superfície .
D23.050.301.500 Antígenos de Histocompatibilidade .
D23.050.301.500.400 Antígenos de Histocompatibilidade Classe II .
D23.050.550 Epitopos .
D23.050.550.325 Antígenos Glicosídicos Associados a Tumores .
D23.050.705 Isoantígenos .
D23.050.705.552 Antígenos de Histocompatibilidade .
D23.050.705.552.410 Antígenos de Histocompatibilidade Classe II .
D23.101 Biomarcadores .
D23.101.140 Biomarcadores Tumorais .
D23.101.140.075 Antígenos Glicosídicos Associados a Tumores .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Yucca .
Baioneta-Espanhola .
Iúca-Elefante .
Iúca-sem-Espinho .
Iúca-Mansa .
Iúca-sem-Espinha .
Vela-de-Pureza .
Vela-Enfeitada .
Yucca filamentosa .
Yucca schidigera .
Gênero (e nome vulgar) da família Asparagaceae. É conhecido pelas SAPONINAS das raizes, utilizadas em SABÕES. .
0.47
15111
 
Medicago .
Alfafa-da-Suécia .
Cassoa .
Luzerna-de-Sequeiro .
Alfafa-de-Flor-Amarela .
Alfafa-de-Folhas-Manchadas .
Alfafa-de-Sementes-Espinhosas .
Alfafa-Espinhosa .
Alfafa-Gigante .
Luzerna-Arbórea .
Luzerna-Arborescente .
Alfafa-Lupulina .
Lupulina .
Luzerna-Amarela .
Luzerna-Lupulina .
Alfafa-Rústica .
Alfafa-Sempre-Verde .
Trevo .
Gênero de plantas (família FABACEAE) diferente de trevo doce (MELILOTUS), trevo híbrido (LESPEDEZA) e trevo vermelho (TRIFOLIUM). .
0.41
1526
 
Ilex 23427 .
Ilice .
Azevim .
Azevinheiro .
Espinha-Sempre-Verde .
Pau-Azevim .
Pica-Folha .
Pica-Rato .
Sombra-de-Azevim .
Visqueiro .
Zebro .
Azevinho .
Ilex verticillata .
Black alder .
Gênero de plantas (família AQUIFOLIACEAE) cujo nome vulgar 'holly', em inglês (azevinho, no português), pode, às vezes, se referir às plantas semelhantes dos gêneros MAHONIA ou QUERCUS. .
0.39
3200
 
Antígenos de Histocompatibilidade Classe II .
Antígenos Tipo Ia .
Antígenos Similares a Ia .
Antígenos de Resposta Imune .
Antígenos Classe II .
Antígenos Ia .
Antígenos Ia-like .
Antígenos Imuno-Associados .
Antígenos de Resposta Imune Associados .
Grandes glicoproteínas (alfa e beta) transmembranas ligadas não covalentemente. As duas cadeias podem ser polimórficas embora haja mais variação estrutural nas cadeias beta. Os antígenos classe II no homem são chamados ANTÍGENOS HLA-D e são codificados por um gene do cromossomo 6. Nos camundongos, dois genes (IA e IE) do cromossomo 17 codificam os antígenos H-2. Os antígenos são encontrados nos linfócitos B, nos macrófagos, nas células da epiderme, e no esperma e acredita-se que mediem a competência celular e sua cooperação na resposta imune. O termo antígenos IA era usado para se referir somente às proteínas codificadas pelos genes IA no camundongo, mas agora é usado como termo genérico para qualquer antígeno de histocompatibilidade classe II. .
0.36
10821458
 
Antígenos Glicosídicos Associados a Tumores .
Antígenos Glicosídicos Associados ao Câncer .
Antígenos Carboidratos Associados a Tumores .
Antígenos CA .
ANTÍGENOS CARBOIDRATOS ASSOCIADOS AO CÂNCER .
Antígenos glicosídicos expressos por tecidos malignos. Estes antígenos são úteis como marcadores tumorais e podem ser quantificados no soro com anticorpos monoclonais por meio da técnica de radioimunoensaio. .
0.36
275102
 
Miosina Tipo I .
Miosina I .
Miosina Ia .
Miosina Ib .
Miosina Tipe I .
Subclasse de miosinas, geralmente encontrada associada com estruturas membranosas ricas em actina, como os filopódios. Os membros da família de miosina tipo I são ubiquamente expressos em eucariontes. As cadeias pesadas de miosina tipo I perderam a estrutura espiral formando as sequências em suas caudas, portanto não dimerizam. .
0.36
1348
 
Porcos-Espinhos .
Coendou .
Hystrix .
Nome vulgar de grandes roedores com pelos eriçados (RODENTIA). Há 2 famílias: Porcos-Espinhos do Velho Mundo (Hystricidae) e do Novo Mundo (Erethizontidae). .
0.35
881
 
Lantana .
Camará .
Camará-de-Espinho .
Cambará-Branco .
Cambará-de-Chumbo .
Cambará-de-Espinho .
Cambará-de-Lixa .
Cambará-Miúdo .
Cambará-Roxo .
Cambará-Verdadeiro .
Cambarajuba .
Gênero de plantas (família VERBENACEAE) cujos membros contêm lantadeno e outros TRITERPENOS. .
0.35
8156
 
Squalus acanthias .
Cação-Esporão .
Cação-de-Espinho .
Cação-Bagre .
Galhudo-Malhado .
Espécie de tubarões (família SQUALIDAE) utilizados por seu óleo (ESQUALENO) e também como alimento para peixes. Muito usado na pesquisa biológica, especialmente em estudos sobre o EQUILÍBRIO HIDRO-ELETROLÍTICO de sua GLÂNDULA RETAL. .
0.35
084