serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D06 Hormônios, Substitutos de Hormônios e Antagonistas de Hormônios .
D06.472 Hormônios .
D06.472.317 Hormônios Gastrointestinais .
D06.472.317.800 Secretina .
D06.472.699 Hormônios Peptídicos .
D06.472.699.810 Secretina .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.400 Neuropeptídeos .
D12.644.400.705 Secretina .
D12.644.548 Hormônios Peptídicos .
D12.644.548.810 Secretina .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.486 Imunoproteínas .
D12.776.124.486.485 Imunoglobulinas .
D12.776.124.486.485.114 Anticorpos .
D12.776.124.486.485.114.619 Isotipos de Imunoglobulinas .
D12.776.124.486.485.114.619.026 Imunoglobulina A .
D12.776.124.486.485.114.619.026.030 Imunoglobulina A Secretora .
D12.776.124.486.485.114.619.026.030.500 Componente Secretório .
D12.776.124.486.485.705 Subunidades de Imunoglobulinas .
D12.776.124.486.485.705.875 Componente Secretório .
D12.776.124.790 Soroglobulinas .
D12.776.124.790.651 Imunoglobulinas .
D12.776.124.790.651.114 Anticorpos .
D12.776.124.790.651.114.619 Isotipos de Imunoglobulinas .
D12.776.124.790.651.114.619.026 Imunoglobulina A .
D12.776.124.790.651.114.619.026.030 Imunoglobulina A Secretora .
D12.776.124.790.651.114.619.026.030.500 Componente Secretório .
D12.776.124.790.651.705 Subunidades de Imunoglobulinas .
D12.776.124.790.651.705.875 Componente Secretório .
D12.776.377 Globulinas .
D12.776.377.715 Soroglobulinas .
D12.776.377.715.548 Imunoglobulinas .
D12.776.377.715.548.114 Anticorpos .
D12.776.377.715.548.114.619 Isotipos de Imunoglobulinas .
D12.776.377.715.548.114.619.026 Imunoglobulina A .
D12.776.377.715.548.114.619.026.030 Imunoglobulina A Secretora .
D12.776.377.715.548.114.619.026.030.500 Componente Secretório .
D12.776.377.715.548.705 Subunidades de Imunoglobulinas .
D12.776.377.715.548.705.875 Componente Secretório .
D12.776.631 Proteínas do Tecido Nervoso .
D12.776.631.199 Cromograninas .
D12.776.631.650 Neuropeptídeos .
D12.776.631.650.705 Secretina .
D12.776.811 Precursores de Proteínas .
D12.776.811.185 Cromograninas .
G03 Metabolismo .
G03.143 Transporte Biológico .
G03.143.925 Via Secretória .
G03.857 Taxa Secretória .
G04 Fenômenos Fisiológicos Celulares .
G04.468 Exocitose .
G04.468.580 Via Secretória .
G08 Fenômenos Fisiológicos Reprodutivos e Urinários .
G08.686 Fenômenos Reprodutivos Fisiológicos .
G08.686.605 Ciclo Menstrual .
G08.686.605.410 Fase Luteal .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Imunoglobulina A Secretora .
Imunoglobulina A Secretada .
Imunoglobulina A Secretória .
IgA do Colostro .
IgA Exócrina .
IgA Secretória .
SIgA (Imunoglobulina A Secretora) .
IgA Secretora .
Principal imunoglobulina encontrada em secreções exócrinas, como leite, mucinas respiratória e intestinal, saliva e lágrima. A molécula (cerca de 400 kD) é composta de duas unidades de IMUNOGLOBULINA A com quatro cadeias, um COMPONENTE SECRETÓRIO e uma cadeia J (CADEIAS J DE IMUNOGLOBULINA). .
1.00
 
Secretina .
Hormônio peptídico da mucosa duodenal de aproximadamente 27 aminoácidos, ativa a secreção pancreática e diminui o nível de açúcar no sangue. Tradução livre do original: (USAN and the USP Dictionary of Drug Names, 1994, p597) .
0.58
 
Fase Luteal .
Fase Secretora do Ciclo Menstrual .
Fase Luteínica .
Fase Luteínica do Ciclo Menstrual .
Fase Lútea do Ciclo Menstrual .
Fase Secretora Menstrual .
Fase Secretória do Ciclo Menstrual .
Fase Luteal do Ciclo Menstrual .
Fase Secretória Menstrual .
Fase Pós-Ovulatória .
FASE SECRETÓRIA .
FASE SECRETORA .
FASE LUTEAL DA MENSTRUAÇÃO .
FASE LUTEÍNICA DA MENSTRUAÇÃO .
FASE LÚTEA DA MENSTRUAÇÃO .
Período do CICLO MENSTRUAL que segue a OVULAÇÃO, caracterizado pelo desenvolvimento do CORPO LÚTEO, aumento da produção de PROGESTERONA pelo OVÁRIO e a secreção pelo epitélio glandular do ENDOMÉTRIO. A fase luteal começa com a ovulação e termina com o início da MENSTRUAÇÃO. .
0.56
 
Taxa Secretória .
Taxa Secretora .
Taxa de Secreção .
Quantidade de substância secretada por células, ou por órgão ou organismo específicos, em um dado intervalo de tempo; geralmente se aplica às substâncias formadas por tecidos glandulares e que são por eles liberadas nos líquidos biológicos, p.ex., taxa de secreção de corticosteroides pelo córtex adrenal, taxa de secreção de ácido gástrico pela mucosa gástrica. .
0.54
 
/secreção .
Usado para a liberação de substâncias endógenas através da membrana celular nos espaços ou ductos extracelulares, resultantes da atividade de células intactas de glândulas, tecidos e órgãos. .
0.53
 
Via Secretória .
Série de passos sequenciais envolvidos no transporte de proteínas (como hormônios e enzimas) do lado onde ocorre a síntese para fora da célula. A via envolve compartimentos ligados à membrana através dos quais as proteínas recém sintetizadas sofrem modificações pós traducionais, empacotamento, armazenamento ou transporte para a MEMBRANA PLASMÁTICA a fim de serem secretadas. .
0.52
 
Cromograninas .
Secretograninas .
Grupo de proteínas ácidas que são os principais componentes das VESÍCULAS SECRETORAS nas células endócrinas e neuroendócrinas. Desempenham papéis importantes na agregação, empacotamento, classificação e processamento da proteína secretora antes da secreção. Devem ser clivadas para liberar os peptídeos biologicamente ativos. Há vários tipos de graninas, geralmente classificadas de acordo com sua origem. .
0.51
 
Componente Secretório .
Fragmento Secretor .
Componente Secretor .
Fragmento Secretório .
Cadeia T .
Fragmento de Transporte .
Fração extracelular do RECEPTOR DA IMUNOGLOBULINA POLIMÉRICA encontrada na forma livre ou complexada com IGA ou IGM em diversas secreções externas (lágrima, bile, colostro). O componente secretório deriva de clivagem proteolítica do receptor durante a transcitose. Quando as imunoglobulinas IgA e IgM estão ligadas ao receptor, durante suas transcitoses o componente secretório liga-se covalentemente a eles, gerando a IMUNOGLOBULINA A SECRETORA ou a IMUNOGLOBULINA M secretora. .
0.51