serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.486 Imunoproteínas .
D12.776.124.486.485 Imunoglobulinas .
D12.776.124.486.485.114 Anticorpos .
D12.776.124.486.485.114.323 Autoanticorpos .
D12.776.124.486.485.114.323.480 Imunoglobulinas Glândula Tireoide-Estimulantes .
D12.776.124.790 Soroglobulinas .
D12.776.124.790.651 Imunoglobulinas .
D12.776.124.790.651.114 Anticorpos .
D12.776.124.790.651.114.323 Autoanticorpos .
D12.776.124.790.651.114.323.480 Imunoglobulinas Glândula Tireoide-Estimulantes .
D12.776.377 Globulinas .
D12.776.377.715 Soroglobulinas .
D12.776.377.715.548 Imunoglobulinas .
D12.776.377.715.548.114 Anticorpos .
D12.776.377.715.548.114.323 Autoanticorpos .
D12.776.377.715.548.114.323.480 Imunoglobulinas Glândula Tireoide-Estimulantes .
D20 Misturas Complexas .
D20.215 Produtos Biológicos .
D20.215.894 Vacinas .
D20.215.894.860 Vacinas de Subunidades .
D20.215.894.860.449 ISCOMs .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.505 Ações Farmacológicas .
D27.505.696 Efeitos Fisiológicos de Drogas .
D27.505.696.477 Fatores Imunológicos .
D27.505.696.477.067 Adjuvantes Imunológicos .
E02 Terapêutica .
E02.095 Terapia Biológica .
E02.095.465 Imunomodulação .
E02.095.465.425 Imunoterapia .
E02.095.465.425.400 Imunização .
E05 Técnicas de Pesquisa .
E05.478 Técnicas Imunológicas .
E05.478.550 Imunização .
E05.478.566 Imunoensaio .
E05.601 Técnicas de Sonda Molecular .
E05.601.470 Imunoensaio .
H02 Ocupações em Saúde .
H02.403 Medicina .
H02.403.044 Alergia e Imunologia .
N02 Instituições de Saúde, Recursos Humanos e Serviços .
N02.421 Serviços de Saúde .
N02.421.726 Serviços Preventivos de Saúde .
N02.421.726.758 Prevenção Primária .
N02.421.726.758.310 Imunização .
N06 Meio Ambiente e Saúde Pública .
N06.850 Saúde Pública .
N06.850.780 Prática de Saúde Pública .
N06.850.780.200 Controle de Doenças Transmissíveis .
N06.850.780.200.425 Imunização .
N06.850.780.680 Prevenção Primária .
N06.850.780.680.310 Imunização .
SP2 Atenção à Saúde .
SP2.026 Prevenção de Doenças .
SP2.026.182 Prevenção Primária .
SP2.026.182.113 Imunização .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.001 Saúde .
SP4.001.002 Serviços de Saúde .
SP4.001.002.015 Qualidade da Assistência à Saúde .
SP4.001.002.015.049 Imunização .
SP8 Desastres .
SP8.946 Administração de Desastres .
SP8.946.819 Prevenção e Mitigação .
SP8.946.819.838 Imunização .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Adjuvantes Imunológicos .
Imunoativadores .
Imunopotenciadores .
Imunoestimulantes .
Imunoadjuvantes .
Substâncias que aumentam, estimulam, ativam, potenciam ou modulam a resposta imune em nível celular ou humoral. Os agentes clássicos (adjuvante de Freund, BCG, Corynebacterium parvum, etc.) contêm antígenos bacterianos. Alguns são endógenos (p. ex., histamina, interferon, fator de transferência, tuftsina, interleucina-1). Seu modo de ação pode ser inespecífico (resultando em responsividade imune aumentada a uma ampla variedade de antígenos), ou específico para o antígeno (i.e., afetando um tipo restrito de resposta imune a um grupo reduzido de antígenos). A eficácia terapêutica de muitos modificadores de respostas biológicas está relacionada com a especificidade entre os imunoadjuvantes e os antígenos. .
1.00
 
Imunização .
Estimulação Imunológica .
Imunoestimulação .
Sensibilização Imunológica .
Variolação .
Imunizações .
Estimulação deliberada da resposta imune do hospedeiro. A IMUNIZAÇÃO ATIVA envolve a administração de ANTÍGENOS ou ADJUVANTES IMUNOLÓGICOS. A IMUNIZAÇÃO PASSIVA envolve a administração de SOROS IMUNES ou LINFÓCITOS ou seus extratos (p.ex., fator de transferência, RNA imune), ou transplante de tecido produtor de célula imunocompetente (timo ou medula óssea). .
0.88
 
ISCOMs .
Complexos Imunoestimulantes .
Complexos Imuno-Estimulantes .
Formulação para apresentação de um antígeno para induzir respostas imunológicas específicas. Consiste em uma montagem de antígenos numa forma multimérica. A montagem é ligada a uma matriz com um adjuvante acoplado, a saponina. Os ISCOMs induzem fortes respostas de anticorpos séricos, e são utilizados como formas altamente imunogênicas de subunidades de vacina. .
0.80
 
Imunoensaio .
Técnica que utiliza anticorpos para identificar ou quantificar uma substância. Geralmente a substância a ser investigada atua como antígeno tanto para a produção de anticorpos como para a mensuração do anticorpo pela substância teste. .
0.59
 
Imunoglobulinas Glândula Tireoide-Estimulantes .
Anticorpos Glândula Tireoide-Estimulantes .
Anticorpos Estimuladores da Glândula Tireoide .
Imunoglobulinas Estimuladoras da Glândula Tireoide .
IMUNOGLOBULINAS GLÂNDULA TIREÓIDEA-ESTIMULANTES .
ANTICORPOS GLÂNDULA TIREÓIDEA-ESTIMULANTES .
ANTICORPOS ESTIMULADORES DA GLÂNDULA TIREÓIDEA .
IMUNOGLOBULINAS ESTIMULADORAS DA GLÂNDULA TIREÓIDEA .
IMUNOGLOBULINAS TIREÓIDE-ESTIMULANTES .
ANTICORPOS TIREÓIDE-ESTIMULANTES .
ANTICORPOS ESTIMULADORES DA TIREÓIDE .
IMUNOGLOBULINAS ESTIMULADORAS DA TIREÓIDE .
Autoanticorpos que se ligam ao receptor do hormônio estimulante da tireoide (TSH) (RECEPTORES DA TIREOTROPINA) nas células epiteliais da tireoide. Os autoanticorpos mimetizam o TSH causando a produção desregulada dos hormônios tireoidianos, característica da DOENÇA DE GRAVES. .
0.56
 
/imunologia .
Usado para estudos imunológicos de tecidos, órgãos, micro-organismos, fungos, vírus e animais. Inclui aspectos imunológicos de doenças, mas não inclui procedimentos imunológicos usados para diagnóstico, ou com objetivos preventivos ou terapêuticos, para os quais se usam /diagnóstico, "/prevenção & controle" ou /terapia. Usado também para compostos químicos como antígenos ou haptenos. .
0.52
 
Alergia e Imunologia .
Alergoimunologia .
Alergologia .
Alergologia e Imunologia .
Imunologia .
Imunologia e Alergologia .
Imunoalergologia .
Especialidade em Alergologia .
Especialidade em Alergia .
Alergia (Especialidade) .
Especialidade médica que lida com a hipersensibilidade dos indivíduos a substâncias estranhas e proteção contra a infecção ou o distúrbio resultante. .
0.52