serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.300 Enzimas Ativadoras do Complemento .
D08.811.277.300.290 Complemento C1s .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.861 Serpinas .
D12.644.861.140 Proteínas Inativadoras do Complemento 1 .
D12.644.861.140.500 Proteína Inibidora do Complemento C1 .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.486 Imunoproteínas .
D12.776.124.486.274 Proteínas do Sistema Complemento .
D12.776.124.486.274.045 Enzimas Ativadoras do Complemento .
D12.776.124.486.274.045.290 Complemento C1s .
D12.776.124.486.274.050 Complemento C1 .
D12.776.124.486.274.050.290 Complemento C1s .
D12.776.124.486.274.920 Proteínas Inativadoras do Complemento .
D12.776.124.486.274.920.250 Proteínas Inativadoras do Complemento 1 .
D12.776.124.486.274.920.250.500 Proteína Inibidora do Complemento C1 .
D12.776.395 Glicoproteínas .
D12.776.395.320 Proteína Inibidora do Complemento C1 .
D12.776.872 Serpinas .
D12.776.872.140 Proteínas Inativadoras do Complemento 1 .
D12.776.872.140.500 Proteína Inibidora do Complemento C1 .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.505 Ações Farmacológicas .
D27.505.519 Mecanismos Moleculares de Ação Farmacológica .
D27.505.519.389 Inibidores Enzimáticos .
D27.505.519.389.275 Inibidores da Colinesterase .
D27.505.519.389.745 Inibidores de Proteases .
D27.505.519.389.745.085 Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina .
D27.505.519.389.870 Inibidores da Síntese de Esteroides .
D27.505.519.625 Neurotransmissores .
D27.505.519.625.120 Colinérgicos .
D27.505.519.625.120.300 Inibidores da Colinesterase .
D27.505.696 Efeitos Fisiológicos de Drogas .
D27.505.696.399 Hormônios, Substitutos de Hormônios e Antagonistas de Hormônios .
D27.505.696.399.450 Antagonistas de Hormônios .
D27.505.696.399.450.855 Inibidores da Síntese de Esteroides .
D27.505.696.577 Neurotransmissores .
D27.505.696.577.120 Colinérgicos .
D27.505.696.577.120.300 Inibidores da Colinesterase .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Proteínas Inativadoras do Complemento 1 .
Inativadores do Complemento 1 .
Inibidores da C1 Esterase .
Inativadores do C1 .
Inibidores do Complemento 1 .
Inibidores do Complemento 1 Esterase .
Proteínas séricas que inibem, antagonizam ou inativam o COMPLEMENTO C1 ou suas subunidades. .
1.00
 
Complemento C1s .
Complemento 1s .
C1 Esterase .
Complemento 1 Esterase .
Subcomponente do complemento C1 de 77 kDa codificado pelo gene C1S, uma serina protease, existindo como uma pró-enzima (homodimérica) no complexo intacto do complemento C1. Sobre a ligação do COMPLEMENTO C1Q aos anticorpos, o COMPLEMENTO C1R ativado cliva o C1s em duas cadeias, A (pesada) e B (leve, a serina protease), unidas por ligações dissulfetos formando o C1s ativo. O C1s ativado, por sua vez, cliva o COMPLEMENTO C2 e o COMPLEMENTO C4 para formar C4b2a (CONVERTASE DO COMPLEMENTO C3 DA VIA CLÁSSICA). .
0.72
 
Inibidores da Colinesterase .
Inibidores da Acetilcolinesterase .
Agentes Anticolinesterase .
Inibidor da Colinesterase .
Drogas que inibem as colinesterases. O neurotransmissor ACETILCOLINA é rapidamente hidrolisado, e portanto inativado, pelas colinesterases. Quando as colinesterases são inibidas, a ação da acetilcolina liberada endogenamente nas sinapses colinérgicas é potencializada. Os inibidores da colinesterase são muito usados clinicamente pela sua potenciação das entradas colinérgicas para o trato gastrointestinal e a bexiga urinária, os olhos e músculos esqueléticos. Também são usados por seus efeitos no coração e no sistema nervoso central. .
0.67
 
/antagonistas & inibidores .
/antagonistas e inibidores .
/antagonistas .
/inibidores .
Usado com compostos químicos, fármacos e substâncias endógenas para indicar substâncias ou agentes que neutralizam seus efeitos biológicos por qualquer mecanismo. .
0.60
 
Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina .
Inibidores da Quininase II .
Inibidores da ACE .
Inibidores da Enzima Conversora da Angiotensina .
INIBIDORES DE ENZIMA CONVERSORA DA ANGIOTENSINA .
Classe de drogas cujas principais indicações são o tratamento da hipertensão e da insuficiência cardíaca. Exercem seu efeito hemodinâmico principalmente inibindo o sistema renina-angiotensina. Também modulam a atividade do sistema nervoso simpático e aumentam a síntese de prostaglandinas. Provocam principalmente vasodilatação e natriurese leve, sem afetar a velocidade e a contratibilidade cardíaca. .
0.58
 
Inibidores da Síntese de Esteroides .
Inibidores da Síntese de Androgênios .
Inibidores da Síntese de Esteroides Adrenais .
Inibidores da Síntese de Estrogênios .
Inibidores da Síntese de Glucocorticoides .
Inibidores da Síntese de Mineralocorticoides .
Inibidores da Síntese de Progestinas .
Compostos que se ligam a enzimas envolvidas na síntese de ESTEROIDES e a inibem. .
0.57
 
Proteína Inibidora do Complemento C1 .
Membro 1 da Família G de Serpinas .
SERPING1 .
Glicoproteína plasmática endógena de 105 KDa produzida principalmente pelo FÍGADO e em MONÓCITOS. Inibe um amplo espectro de proteases, inclusive as proteases do COMPLEMENTO C1R e do COMPLEMENTO C1S da VIA CLÁSSICA DO COMPLEMENTO, e as SERINA PROTEASES ASSOCIADAS À PROTEÍNA DE LIGAÇÃO A MANOSE. Indivíduos deficientes em C1-INH sofrem de ANGIOEDEMA HEREDITÁRIO TIPOS I E II. .
0.57
 
Inibidores de Proteases .
Inibidor de Protease .
Inibidor de Proteases .
Inibidores de Endopeptidases .
Inibidores de Peptidases .
Inibidores de Peptídeo Hidrolases .
Inibidores de Peptídeo Peptidoidrolases .
Antagonistas de Proteases .
Inibidores de Proteinases .
INIBIDORES DE PEPTÍDIO HIDROLASES .
INIBIDORES DE PEPTÍDIO PEPTIDOIDROLASES .
INIBIDORES DA PROTEASE .
INIBIDORES DO PEPTÍDIO HIDROLASE .
INIBIDORES DA PEPTIDASE .
INIBIDORES DO PEPTÍDIO PEPTIDOIDROLASE .
ANTAGONISTAS DA PROTEASE .
INIBIDORES DA PROTEINASE .
INIBIDORES DE ENDOPEPTIDASE .
Compostos que inibem ou antagonizam a biossíntese ou ações de proteases (ENDOPEPTIDASES). .
0.57