serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.360 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.644.360.368 Proteína 1 Inibidora do Crescimento .
D12.644.861 Serpinas .
D12.644.861.140 Proteínas Inativadoras do Complemento 1 .
D12.644.861.140.500 Proteína Inibidora do Complemento C1 .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.486 Imunoproteínas .
D12.776.124.486.274 Proteínas do Sistema Complemento .
D12.776.124.486.274.050 Complemento C1 .
D12.776.124.486.274.920 Proteínas Inativadoras do Complemento .
D12.776.124.486.274.920.250 Proteínas Inativadoras do Complemento 1 .
D12.776.124.486.274.920.250.500 Proteína Inibidora do Complemento C1 .
D12.776.395 Glicoproteínas .
D12.776.395.320 Proteína Inibidora do Complemento C1 .
D12.776.476 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.776.476.383 Proteína 1 Inibidora do Crescimento .
D12.776.624 Proteínas de Neoplasias .
D12.776.624.776 Proteínas Supressoras de Tumor .
D12.776.624.776.503 Proteína 1 Inibidora do Crescimento .
D12.776.660 Proteínas Nucleares .
D12.776.660.494 Proteína 1 Inibidora do Crescimento .
D12.776.872 Serpinas .
D12.776.872.140 Proteínas Inativadoras do Complemento 1 .
D12.776.872.140.500 Proteína Inibidora do Complemento C1 .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.505 Ações Farmacológicas .
D27.505.696 Efeitos Fisiológicos de Drogas .
D27.505.696.377 Substâncias de Crescimento .
D27.505.696.377.450 Inibidores do Crescimento .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Proteínas Inativadoras do Complemento 1 .
Inativadores do Complemento 1 .
Inibidores da C1 Esterase .
Inativadores do C1 .
Inibidores do Complemento 1 .
Inibidores do Complemento 1 Esterase .
Proteínas séricas que inibem, antagonizam ou inativam o COMPLEMENTO C1 ou suas subunidades. .
1.00
 
Proteínas Inativadoras do Complemento .
Inibidores do Complemento .
Proteínas séricas que regulam negativamente o processo em cascata de ATIVAÇÃO DO COMPLEMENTO. A ativação do complemento descontrolada e a subsequente lise celular são perigosas para o hospedeiro. O sistema de complemento é fortemente regulado por inativadores que aceleram o declínio de intermediários e de certos receptores da superfície celular. .
0.89
 
Complemento C1 .
Complemento 1 .
Primeiro componente do complemento a atuar na ativação da VIA CLÁSSICA DO COMPLEMENTO. É um complexo trimolecular dependente de cálcio e composto de três subcomponentes: COMPLEMENTO C1Q, COMPLEMENTO C1R e COMPLEMENTO C1S na proporção 1:2:2. Quando o C1 intacto se liga a pelo menos dois anticorpos (envolvendo C1q), C1r e C1s são sequencialmente ativados, levando às próximas etapas da cascata da ATIVAÇÃO DO COMPLEMENTO. .
0.72
 
Proteína Inibidora do Complemento C1 .
Membro 1 da Família G de Serpinas .
SERPING1 .
Glicoproteína plasmática endógena de 105 KDa produzida principalmente pelo FÍGADO e em MONÓCITOS. Inibe um amplo espectro de proteases, inclusive as proteases do COMPLEMENTO C1R e do COMPLEMENTO C1S da VIA CLÁSSICA DO COMPLEMENTO, e as SERINA PROTEASES ASSOCIADAS À PROTEÍNA DE LIGAÇÃO A MANOSE. Indivíduos deficientes em C1-INH sofrem de ANGIOEDEMA HEREDITÁRIO TIPOS I E II. .
0.65
 
/antagonistas & inibidores .
/antagonistas e inibidores .
/antagonistas .
/inibidores .
Usado com compostos químicos, fármacos e substâncias endógenas para indicar substâncias ou agentes que neutralizam seus efeitos biológicos por qualquer mecanismo. .
0.60
 
Inibidores do Crescimento .
Inibidores do Crescimento Celular .
Substâncias endógenas ou exógenas que inibem o crescimento normal de células humanas e animais ou microrganismos, distinguíveis daqueles que afetam o crescimento de plantas. .
0.60
 
Proteína 1 Inibidora do Crescimento .
Proteína ING-1 .
Proteína ING1 .
Proteína p33ING .
Proteína nuclear e supressora de tumor que contém um DEDO DE ZINCO PHD C-terminal. É expressa em diferentes isoformas em vários tecidos e interage com a PROTEÍNA SUPRESSORA DE TUMOR P53 regulando negativamente o crescimento celular. Sua expressão reduzida e os rearranjos cromossô~micos do gene ING1 estão associados com diferentes tipos de câncer, incluindo as NEOPLASIAS DE CABEÇA E PESCOÇO. .
0.59