serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.500 Invertebrados .
B01.050.500.131 Artrópodes .
B01.050.500.131.617 Insetos .
B01.050.500.131.617.678 Ortópteros .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.093 Proteínas de Artrópodes .
D12.776.093.500 Proteínas de Insetos .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.720 Usos Especializados de Substâncias Químicas .
D27.720.031 Agroquímicos .
D27.720.031.700 Praguicidas .
D27.720.031.700.491 Inseticidas .
D27.888 Ações Tóxicas .
D27.888.723 Praguicidas .
D27.888.723.491 Inseticidas .
G05 Fenômenos Genéticos .
G05.360 Estruturas Genéticas .
G05.360.340 Genoma .
G05.360.340.024 Componentes Genômicos .
G05.360.340.024.340 Genes .
G05.360.340.024.340.340 Genes de Insetos .
G05.360.340.357 Genoma de Inseto .
G05.360.340.357.500 Genes de Insetos .
N06 Meio Ambiente e Saúde Pública .
N06.850 Saúde Pública .
N06.850.310 Transmissão de Doença Infecciosa .
N06.850.310.350 Vetores de Doenças .
N06.850.310.350.100 Vetores Artrópodes .
N06.850.310.350.100.500 Insetos Vetores .
N06.850.780 Prática de Saúde Pública .
N06.850.780.200 Controle de Doenças Transmissíveis .
N06.850.780.200.650 Controle de Pragas .
N06.850.780.200.650.425 Controle de Insetos .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.001 Saúde .
SP4.001.022 Controle de Pragas .
SP4.001.022.218 Controle de Insetos .
SP4.001.022.218.329 Insetos .
SP4.001.022.238 Praguicidas .
SP4.001.022.238.389 Inseticidas .
VS2 Vigilância Sanitária de Produtos .
VS2.004 Controle e Fiscalização de Saneantes .
VS2.004.001 Saneantes .
VS2.004.001.003 Desinfestantes .
VS2.004.001.003.001 Inseticidas .
VS4 Vigilância Sanitária Ambiental .
VS4.001 Saúde Ambiental .
VS4.001.001 Monitoramento Ambiental .
VS4.001.001.004 Controle de Pragas .
VS4.001.001.004.002 Controle de Insetos .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Insetos .
Insecta .
Membros do filo dos ARTRÓPODOS, cujos membros são caracterizados pela divisão do corpo em três partes: cabeça, tórax e abdome. Consistem no grupo dominante de animais na Terra, com várias centenas de milhares de tipos foram descritos. Três ordens, HEMIPTERA, DIPTERA e SIPHONAPTERA são de interesse para a medicina porque causam doenças em humanos e animais. (Tradução livre do original: Borror et al., An Introduction to the Study of Insects, 4th ed, p1) .
1.00
43820858
 
Inseticidas .
Inseticida .
Ovicidas .
Inseticidas Botânicos .
Inseticidas Derivados do Carbamato .
Pesticidas designados para controlar insetos prejudiciais ao homem. Os insetos podem ser diretamente prejudiciais, como aqueles que agem como vetores de doenças, ou indiretamente prejudiciais, como destruidores de safras, produtos alimentícios ou tecidos. .
0.74
73338154
 
Genes de Insetos .
Genes Estruturais de Insetos .
Unidades hereditárias funcionais dos INSETOS. .
0.72
369587
 
Proteínas de Insetos .
Proteínas encontradas em quaisquer espécies de inseto. .
0.71
2614063
 
Genoma de Inseto .
Genoma de Insetos .
Genoma dos Insetos .
Complemento genético de um inseto (INSETOS) como representado em seu DNA. .
0.70
62176
 
Insetos Vetores .
Insetos que transmitem organismos infecciosos de um hospedeiro para outro, ou de um reservatório inanimado para um hospedeiro animado. .
0.70
177120451
 
Controle de Insetos .
Desinsetização .
Redução ou regulação da população de insetos nocivos, destrutivos ou perigosos através de meios químicos, biológicos ou de outros meios. .
0.70
3757598
 
Ortópteros .
Acridodea .
Caelifera .
Caelíferos .
Ensifera .
Ensíferos .
Esperanças (Insetos) .
Orthoptera .
Tetigoniódeos .
Tettigoniodea .
Tettigonioidea .
Tetigoniídeos .
Tetigonídeos .
Esperanças .
Ordem de insetos compreendendo duas subordens: Caelíferos e Ensíferos. Consistem de GAFANHOTOS, locustas e grilos (GRYLLIDAE). .
0.69
20915