serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A12 Líquidos e Secreções .
A12.200 Secreções Corporais .
D06 Hormônios, Substitutos de Hormônios e Antagonistas de Hormônios .
D06.472 Hormônios .
D06.472.317 Hormônios Gastrointestinais .
D06.472.317.800 Secretina .
D06.472.699 Hormônios Peptídicos .
D06.472.699.810 Secretina .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.040 Hidrolases Anidrido Ácido .
D08.811.277.040.013 Proteínas AAA .
D08.811.277.040.013.500 ATPases Associadas a Diversas Atividades Celulares .
D08.811.277.040.013.500.032 Proteases Dependentes de ATP .
D08.811.277.040.013.500.032.099 Endopeptidases Dependentes de ATP .
D08.811.277.040.013.500.032.099.750 Protease La .
D08.811.277.040.025 Adenosina Trifosfatases .
D08.811.277.040.025.024 ATPases Associadas a Diversas Atividades Celulares .
D08.811.277.040.025.024.032 Proteases Dependentes de ATP .
D08.811.277.040.025.024.032.099 Endopeptidases Dependentes de ATP .
D08.811.277.040.025.024.032.099.750 Protease La .
D08.811.277.656 Peptídeo Hidrolases .
D08.811.277.656.149 Proteases Dependentes de ATP .
D08.811.277.656.149.099 Endopeptidases Dependentes de ATP .
D08.811.277.656.149.099.750 Protease La .
D08.811.277.656.300 Endopeptidases .
D08.811.277.656.300.065 Endopeptidases Dependentes de ATP .
D08.811.277.656.300.065.750 Protease La .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.400 Neuropeptídeos .
D12.644.400.705 Secretina .
D12.644.548 Hormônios Peptídicos .
D12.644.548.810 Secretina .
D12.776 Proteínas .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.025 Proteínas AAA .
D12.776.157.025.750 ATPases Associadas a Diversas Atividades Celulares .
D12.776.157.025.750.032 Proteases Dependentes de ATP .
D12.776.157.025.750.032.099 Endopeptidases Dependentes de ATP .
D12.776.157.025.750.032.099.750 Protease La .
D12.776.631 Proteínas do Tecido Nervoso .
D12.776.631.650 Neuropeptídeos .
D12.776.631.650.705 Secretina .
G16 Fenômenos Biológicos .
G16.500 Fenômenos Ecológicos e Ambientais .
G16.500.275 Meio Ambiente .
G16.500.275.071 Clima .
G16.500.275.071.387 El Niño Oscilação Sul .
SP8 Desastres .
SP8.473 Risco .
SP8.473.654 Ameaças .
SP8.473.654.587 Meteorologia .
SP8.473.654.587.492 El Niño Oscilação Sul .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Líquidos e Secreções .
Substâncias líquidas produzidas por organismos vivos para cumprir funções específicas ou ser excretadas como resíduos. .
0.44
100
 
/secreção .
Usado para a liberação de substâncias endógenas através da membrana celular nos espaços ou ductos extracelulares, resultantes da atividade de células intactas de glândulas, tecidos e órgãos. .
0.36
 
Secretina .
Hormônio peptídico da mucosa duodenal de aproximadamente 27 aminoácidos, ativa a secreção pancreática e diminui o nível de açúcar no sangue. Tradução livre do original: (USAN and the USP Dictionary of Drug Names, 1994, p597) .
0.35
125804
 
Secreções Corporais .
Secreção Corporal .
Secreções Corpóreas .
Secreções .
Substâncias endógenas produzidas pela atividade de células intactas de glândulas, tecidos ou órgãos. .
0.34
63609
 
Protease La .
Protease Lon .
Protease procariótica dependente de ATP que desempenha um papel na degradação de muitas proteínas anormais. É um tetrâmero de subunidades de 87 kDa de peso molecular, cada qual contendo um sítio proteolítico e um sítio de ligação de ATP. .
0.31
0450
 
El Niño Oscilação Sul .
El Niño .
Corrente el Niño .
El Niño-Oscilação Sul .
ENOS 30576 .
OSEN 30576 .
ENSO 30576 .
La Niña .
Oscilação El Niño-Sul .
Oscilação Sul-El Niño .
El Niño-Oscilação Meridional .
Fenômeno El Niño Oscilação Sul .
1) El Niño-Oscilação Sul, ou ENSO é um ciclo de eventos de extrema alternância entre quente (El Niño) e frio (La Niña), que é o padrão dominante de clima de ano para ano na Terra. Os dois termos referem-se a grandes mudanças na temperatura da superfície do mar no Pacífico tropical oriental. A ENOS está associada com um risco aumentado para certas doenças transmitidas por vetores. (Tradução livre do original: http://www.elnino.noaa.gov/lanina_new_faq.html, accessed 5/12/2020) 2) O fenômeno El Niño Oscilação Sul representa de forma mais genérica um fenômeno de interação atmosfera-oceano, associado a alterações dos padrões normais da Temperatura da Superfície do Mar (TSM) e dos ventos alísios na região do Pacífico Equatorial, entre a Costa Peruana e no Pacifico oeste próximo à Austrália. Além de índices baseados nos valores da temperatura da superfície do mar no Oceano Pacifico equatorial, o fenômeno ENOS pode ser também quantificado pelo Índice de Oscilação Sul (IOS). Este índice representa a diferença entre a pressão ao nível do mar entre o Pacifico Central (Taiti) e o Pacifico do Oeste (Darwin/Austrália). Esse índice está relacionado com as mudanças na circulação atmosférica nos níveis baixos da atmosfera, consequência do aquecimento/resfriamento das águas superficiais na região. Valores negativos e positivos da IOS são indicadores da ocorrência do El Niño e La Niña respectivamente. (Fonte: http://www.cptec.inpe.br/enos/Oque_el-nino.shtml) .
0.31
13204