serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B04 Vírus .
B04.613 Vírus Oncogênicos .
B04.613.807 Retroviridae .
B04.820 Vírus de RNA .
B04.820.650 Retroviridae .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.352 Esterases .
D08.811.277.352.100 Hidrolases de Éster Carboxílico .
D08.811.277.352.100.680 Fosfolipases .
D08.811.277.352.640 Diester Fosfórico Hidrolases .
D08.811.277.352.640.700 Fosfolipases .
D08.811.277.352.640.700.700 Fosfolipases Tipo C .
D10 Lipídeos .
D10.570 Lipídeos de Membrana .
D10.570.755 Fosfolipídeos .
D10.570.755.375 Glicerofosfatos .
D10.570.755.375.760 Ácidos Fosfatídicos .
D10.570.755.375.760.400 Glicerofosfolipídeos .
D10.570.755.375.760.400.800 Fosfatidilcolinas .
D10.570.755.375.760.400.800.806 Lecitinas .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.503 Lectinas .
D12.776.503.280 Lectinas Tipo C .
D12.776.503.307 Galectinas .
D12.776.503.499 Lectinas de Plantas .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.750 Receptores de Superfície Celular .
D12.776.543.750.705 Receptores Imunológicos .
D12.776.543.750.705.895 Receptores de Células Matadoras Naturais .
D12.776.543.750.705.895.800 Receptores Semelhantes a Lectina de Células NK .
D12.776.765 Proteínas de Plantas .
D12.776.765.678 Lectinas de Plantas .
D20 Misturas Complexas .
D20.215 Produtos Biológicos .
D20.215.784 Preparações de Plantas .
D20.215.784.500 Extratos Vegetais .
D20.215.784.500.492 Lecitinas .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Lectinas Tipo C .
Classe de lectinas (de origem animal) que se ligam a carboidrato de modo dependente de cálcio. Compartilham um domínio comum de ligação a carboidrato, que é estruturalmente diferente daquele de outras classes de lectinas. .
1.00
810007
 
Galectinas .
Galaptinas .
Lectinas Tipo S .
Classe de lectinas animais que se ligam especificamente aos beta-galactosídeos de maneira independente de cálcio. Os membros desta classe são diferenciados das outras lectinas pela presença de um domínio conservado de reconhecimento de carboidratos. A maioria das proteínas desta classe se liga as moléculas de açúcar de maneira dependente de sulfidrilas e são frequentemente referidas como lectinas do tipo S, entretanto esta propriedade não é necessária para os membros desta classe. .
0.73
91648
 
Lectinas .
Lectinas Animais .
Isolectinas .
Aglutininas de Plantas .
Hemaglutininas de Plantas .
Fitoaglutininas .
Aglutininas de Plnatas .
Proteínas que compartilham a característica comum de ligação aos carboidratos. Alguns ANTICORPOS e proteínas metabolizadoras de carboidratos (ENZIMAS) também se ligam aos carboidratos, entretanto não são consideradas lectinas. As LECTINAS DE PLANTAS são proteínas ligadas aos carboidratos que foram inicialmente identificados por sua atividade hemaglutinante (HEMAGLUTININAS). Entretanto, nas espécies animais há várias lectinas que atuam em um amplo espectro de funções através do reconhecimento de carboidratos específicos. .
0.68
17329168
 
Fosfolipases Tipo C .
Lecitinase C .
Fosfolipase C .
alfa-Toxina .
Subclasse de fosfolipases que hidrolisam a ligação fosfoéster encontrada na terceira posição de GLICEROFOSFOLIPÍDEOS. Embora o termo singular fosfolipase C refere-se a uma enzima que catalisa a hidrólise de FOSFATIDILCOLINA (EC 3.1.4.3), é normalmente usado na literatura para referir-se a várias enzimas que catalisam especificamente a hidrólise de FOSFATIDILINOSITÓIS. .
0.65
2711638
 
Receptores Semelhantes a Lectina de Células NK .
Receptores Semelhantes a Lectina de Células Matadoras .
Receptores Semelhantes a Lectina de Células Matadoras Naturais .
Receptores Semelhantes a Lectina em Células NK .
Receptores Semelhantes à Lectina das Células NK .
Receptores Semelhantes à Lectina das Células Matadoras .
Receptores Semelhantes à Lectina das Células Matadoras Naturais .
Receptores relacionados estruturalmente que são tipicamente encontrados em CÉLULAS MATADORAS NATURAIS. São consideradas proteínas semelhantes a lectinas pelo fato de terem homologia com a sequência de domínios de ligação a carboidratos das LECTINAS TIPO C. Entretanto, diferem das lectinas tipo C clássicas por não possuirem, aparentemente, domínios de ligação ao CÁLCIO. .
0.58
0443
 
Lecitinas .
Mistura complexa de FOSFOLIPÍDEOS, GLICOLIPÍDEOS e TRIGLICERÍDEOS com quantidades substanciais de FOSFATIDILCOLINAS, FOSFATIDILETANOLAMINAS e FOSFATIDILINOSITÓIS, que são, às vezes, livremente chamados de 1,2-diacil-3-fosfocolinas. A lecitina, um componente da MEMBRANA CELULAR, e comercialmente é extraída dos GRÃOS DE SOJA e GEMA DE OVO. As propriedades emulsificante e surfactante são úteis em ADITIVOS ALIMENTARES e para formação de organogéis (GÉIS). .
0.52
7761
 
Lectinas de Plantas .
Lectinas Vegetais .
Proteína ou substâncias glicoproteicas de origem vegetal que se ligam as porções de açúcar das paredes ou membranas celulares. Algumas proteínas metabolizadoras de carboidratos (ENZIMAS) de PLANTAS também se ligam a carboidratos; entretanto não são consideradas lectinas. Muitas lectinas de plantas alteram a fisiologia da membrana das CÉLULAS SANGUÍNEAS para causar aglutinação, mitose ou outras mudanças bioquímicas. Podem desempenhar um papel no mecanismo de defesa da planta. .
0.50
177291
 
Fosfolipases .
Lecitinases .
Classe de enzimas que catalisam a hidrólise de fosfoglicerídeos ou glicerofosfatidatos. EC 3.1.-. .
0.48
527588
 
Retroviridae .
Vírus Leucemogênico .
Retrovirus .
Oncovirinae .
Oncovirus Tipo C .
Leucovirus .
Oncornavirus .
Oncovirus .
Vírus RNA Tumorais .
Vírus Tumorais de RNA .
Vírus RNA de Tumores .
Família de vírus RNA que infecta aves e mamíferos e codificam a enzima transcriptase reversa. A família contém sete gêneros: DELTARETROVIRUS, LENTIVIRUS, RETROVIRUS TIPO B DE MAMÍFEROS, ALPHARETROVIRUS, GAMMARETROVIRUS; RETROVIRUS TIPO D e SPUMAVIRUS. Uma característica marcante da biologia do retrovirus é a síntese de uma cópia do genoma em DNA, que é integrado ao DNA celular. Após a integração, o vírus, às vezes, não é expresso, mas mantido em estado latente (PROVIRUS). .
0.47
9916818