serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B02 Archaea .
B02.200 Euryarchaeota .
B02.200.492 Methanobacteriales .
B02.200.492.500 Methanobacteriaceae .
B02.200.492.500.500 Methanobacterium .
D02 Compostos Orgânicos .
D02.033 Álcoois .
D02.033.623 Metanol .
D02.455 Hidrocarbonetos .
D02.455.326 Hidrocarbonetos Acíclicos .
D02.455.326.146 Alcanos .
D02.455.326.146.571 Metano .
D02.455.849 Terpenos .
D02.455.849.291 Diterpenos .
D02.455.849.291.686 Rianodina .
D03 Compostos Heterocíclicos .
D03.132 Alcaloides .
D03.132.740 Rianodina .
D03.383 Compostos Heterocíclicos com 1 Anel .
D03.383.129 Azóis .
D03.383.129.578 Pirróis .
D03.383.129.578.805 Rianodina .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.555 Transferases de Grupo de Um Carbono .
D08.811.913.555.500 Metiltransferases .
D08.811.913.555.500.800 Metiltransferases de Proteína .
D08.811.913.555.500.800.750 Proteína-Arginina N-Metiltransferases .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.011 Ciência .
SP4.011.082 Energia .
SP4.011.082.623 Combustíveis Fósseis .
SP4.011.082.623.264 Hidrocarbonetos .
SP4.011.082.623.264.845 Metano .
SP4.011.097 Química .
SP4.011.097.036 Compostos Orgânicos .
SP4.011.097.036.674 Metano .
SP4.041 Ar 306 .
SP4.041.432 Poluentes Atmosféricos .
SP4.041.432.533 Poluentes Químicos .
SP4.041.432.533.010 Poluentes Gasosos .
SP4.041.432.533.010.030 Gases de Efeito Estufa .
SP4.041.432.533.010.030.010 Poluentes Gasosos Carbonados .
SP4.041.432.533.010.030.010.030 Metano .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Euryarchaeota .
Archaeoglobi .
Euriarqueota .
Euriarqueotos .
Halobacteria .
Halobactérias .
Methanococci .
Metanococos .
Methanopyri .
Metanopiros .
Thermococci .
Termococos .
Thermoplasmata .
Methanobacteria .
Metanobactérias .
Metanobactéria .
Metanógenos .
Filo de ARCHAEA que compreende pelo menos sete classes: Methanobacteria, Methanococci, Halobacteria (halófilos extremos), Archaeoglobi (espécies redutoras de sulfato), Methanopyri, e as termófilas Thermoplasmata e Thermococci. .
0.60
 
Metano .
O hidrocarboneto saturado mais simples. É um gás incolor, inflamável, levemente solúvel em água. É um dos principais constituintes do gás natural e é formado pela decomposição de matéria orgânica. .
0.48
 
Metanol .
Metil Álcool .
Álcool Metílico .
Líquido incolor e inflamável utilizado na fabricação do FORMALDEÍDO e do ÁCIDO ACÉTICO, na síntese química, como anticongelante e como solvente. A ingestão de metanol é tóxica e pode causar cegueira. .
0.44
 
Proteína-Arginina N-Metiltransferases .
Proteína Arginina Metiltransferase .
Proteína-Arginina N-Metiltransferase .
Proteína Metilase I .
Proteína Metiltransferase I .
Enzimas que catalisam a metilação de resíduos de arginina das proteínas, originando N-mono- e N,N-dimetilarginina. Esta enzima é encontrada em muitos órgãos, principalmente cérebro e baço. .
0.44
 
Methanobacteriales .
Ordem de metanógenos anaeróbios, em forma variando de bastonete a cocoide, do reino EURYARCHAEOTA. Não possuem motilidade, não catabolizam carboidratos, material proteináceo ou compostos orgânicos além de formiato ou monóxido de carbono; e são amplamente distribuídos na natureza. .
0.43
 
Rianodina .
Carboxilato de metilpirrol isolado da RYANIA, que rompe o CANAL DE LIBERAÇÃO DE CÁLCIO DO RECEPTOR DE RIANODINA, modificando a liberação de CÁLCIO a partir do RETÍCULO SARCOPLASMÁTICO resultando na alteração da CONTRAÇÃO MUSCULAR. Foi previamente utilizado em INSETICIDAS. É utilizado experimentalmente em conjunto com a TAPSIGARGINA e outros inibidores de captação de cálcio pela ATPASE CÁLCICA no RETÍCULO SARCOPLASMÁTICO. .
0.42
 
Methanobacteriaceae .
Methanosphaera .
Methanothermobacter .
Família de METHANOBACTERIALES anaeróbios, de forma variando de cocoide a bastonete. Suas membranas celulares são compostas principalmente de hidrocarbonetos poli-isoprenoides ligados por ligação éter ao glicerol. Seus organismos são encontrados em habitats anaeróbios na natureza. .
0.42
 
Methanobacterium .
Gênero de METHANOBACTERIACEAE, anaeróbicos e corpo em forma de bastonete. Os organismos não possuem motilidade e usam amônia como única fonte de nitrogênio. Estes metanógenos são encontrados em sedimentos aquáticos, solo, esgotos e no trato gastrointestinal de animais. .
0.41