serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

C05 Doenças Musculoesqueléticas .
C05.651 Doenças Musculares .
C05.651.594 Miosite .
C05.651.594.638 Miosite Ossificante .
C05.651.594.728 Miosite Orbital .
C05.651.594.819 Polimiosite .
C10 Doenças do Sistema Nervoso .
C10.597 Manifestações Neurológicas .
C10.597.690 Distúrbios Pupilares .
C10.597.690.362 Miose .
C10.668 Doenças Neuromusculares .
C10.668.491 Doenças Musculares .
C10.668.491.562 Miosite .
C10.668.491.562.537 Miosite Orbital .
C10.668.491.562.575 Polimiosite .
C11 Oftalmopatias .
C11.675 Doenças Orbitárias .
C11.675.426 Miosite Orbital .
C11.710 Distúrbios Pupilares .
C11.710.528 Miose .
C23 Condições Patológicas, Sinais e Sintomas .
C23.888 Sinais e Sintomas .
C23.888.592 Manifestações Neurológicas .
C23.888.592.708 Distúrbios Pupilares .
C23.888.592.708.362 Miose .
D02 Compostos Orgânicos .
D02.033 Álcoois .
D02.033.800 Álcoois Açúcares .
D02.033.800.519 Inositol .
D05 Substâncias Macromoleculares .
D05.750 Polímeros .
D05.750.078 Biopolímeros .
D05.750.078.730 Proteínas dos Microfilamentos .
D05.750.078.730.475 Miosinas .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.040 Hidrolases Anidrido Ácido .
D08.811.277.040.025 Adenosina Trifosfatases .
D08.811.277.040.025.193 Proteínas Motores Moleculares .
D08.811.277.040.025.193.750 Miosinas .
D09 Carboidratos .
D09.853 Álcoois Açúcares .
D09.853.519 Inositol .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.210 Proteínas Contráteis .
D12.776.210.500 Proteínas Musculares .
D12.776.210.500.600 Miosinas .
D12.776.220 Proteínas do Citoesqueleto .
D12.776.220.525 Proteínas dos Microfilamentos .
D12.776.220.525.475 Miosinas .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Miosite .
Miopatia Inflamatória .
Miosite Focal .
Miosite Infecciosa .
Inflamação de um músculo ou tecido muscular. .
1.00
 
Miosinas .
Miosina ATPase .
Miosina .
ADENOSINATRIFOSFATASE DA ACTOMIOSINA .
ADENOSINATRIFOSTATASE DA MIOSINA .
ACTOMIOSINA ATPASE .
ISOENZIMAS DA MIOSINA .
ISOZIMAS DA MIOSINA .
Superfamília diversificada de proteínas que atuam como proteínas de translocação. Compartilham a característica comum de serem capazes de se ligar a ACTINAS e hidrolisar o MgATP. Geralmente, as miosinas consistem em cadeias pesadas envolvidas na locomoção e cadeias leves envolvidas na regulação. Há três domínios inseridos na estrutura na cadeia pesada da miosina: cabeça, pescoço e cauda. A região da cabeça da cadeia pesada contém o domínio de ligação à actina e o domínio MgATPase, que provê energia para locomoção. A região do pescoço está envolvida na união das cadeias leves. A região da cauda possui o ponto de ancoragem que retém a posição da cadeia pesada. A superfamília das miosinas é organizada em classes estruturais baseadas no tipo e arranjo das subunidades que elas contêm. .
0.81
 
Miose .
Miose Pupilar .
Constrição pupilar. Pode resultar da ausência congênita do músculo pupilar dilatador, enervação simpática deficiente ou irritação da CONJUNTIVA ou CÓRNEA. .
0.76
 
Polimiosite .
Miosite Múltipla .
Doenças caracterizadas por inflamação envolvendo vários músculos. Isso pode ocorrer como um estado agudo ou crônico associado com toxicidade por medicação (TOXICIDADE DE DROGAS), DOENÇAS DO TECIDO CONJUNTIVO, infecções, NEOPLASIAS malignas e outros transtornos. O termo polimiosite é frequentemente usado para referir uma entidade clínica específica, caracterizada por fraqueza simétrica subaguda ou lentamente progressiva afetando inicialmente os músculos proximais dos membros e tronco. A doença pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais frequente da quarta à sexta década de vida. Também, podem ocorrer fraqueza dos músculos faríngeos e laringeos, doença intersticial pulmonar e inflamação do miocárdio. A biópsia de músculo revela destruição ampla de segmentos de fibras musculares e uma resposta inflamatória celular. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6a ed., pp 1404-9) .
0.68
 
Miosite Ossificante .
Fibrodisplasia Ossificante Progressiva .
Doença caracterizada por depósitos ósseos ou ossificação do tecido muscular. .
0.65
 
Miosite Orbital .
Miosite Orbitária .
Miosite da Órbita .
Inflamação do músculo extraocular do olho. É caracterizado por inchaço que pode levar à isquemia, fibrose ou PSEUDOTUMOR ORBITÁRIO. .
0.65
 
Inositol .
Mioinositol .
Isômero da glicose que foi tradicionalmente considerado sendo uma vitamina B, apesar do posto de vitamina ser duvidoso e nenhuma síndrome de deficiência foi identificada no homem. (Tradução livre do original: Martindale, The Extra Pharmacopoeia, 30th ed, p1379) Fosfolipídeos de inositol são importantes na transdução de sinal. .
0.65