serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.395 Glicoproteínas .
D12.776.395.550 Glicoproteínas de Membrana .
D12.776.395.550.200 Moléculas de Adesão Celular .
D12.776.395.550.200.170 Antígeno CD146 .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.550 Glicoproteínas de Membrana .
D12.776.543.550.200 Moléculas de Adesão Celular .
D12.776.543.550.200.140 Antígeno CD146 .
D12.776.624 Proteínas de Neoplasias .
D12.776.624.301 Antígenos Específicos de Melanoma .
D12.776.624.301.249 Antígeno CD146 .
D23 Fatores Biológicos .
D23.050 Antígenos .
D23.050.285 Antígenos de Neoplasias .
D23.050.285.439 Antígenos Específicos de Melanoma .
D23.050.285.439.249 Antígeno CD146 .
D23.050.301 Antígenos de Superfície .
D23.050.301.350 Moléculas de Adesão Celular .
D23.050.301.350.150 Antígeno CD146 .
E05 Técnicas de Pesquisa .
E05.599 Modelos Teóricos .
E05.599.395 Modelos Biológicos .
E05.599.395.397 Modelos Genéticos .
E05.599.395.500 Modelos Imunológicos .
E05.599.495 Modelos Químicos .
E05.599.695 Modelos Psicológicos .
J01 Tecnologia, Indústria e Agricultura .
J01.897 Tecnologia .
J01.897.280 Tecnologia Educacional .
J01.897.280.500 Recursos Audiovisuais .
J01.897.280.500.545 Modelos Estruturais .
J01.897.280.500.545.129 Modelos Anatômicos .
L01 Ciência da Informação .
L01.178 Meios de Comunicação .
L01.178.820 Materiais de Ensino .
L01.178.820.090 Recursos Audiovisuais .
L01.178.820.090.545 Modelos Estruturais .
L01.178.820.090.545.129 Modelos Anatômicos .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.006 Engenharia Ambiental .
SP4.006.062 Equipamentos e Provisões .
SP4.006.062.493 Equipamento de Estações de Tratamento .
SP4.006.062.493.774 Filtros .
SP4.006.062.493.774.430 Filtros Biológicos .
SP4.011 Ciência .
SP4.011.122 Engenharia .
SP4.011.122.408 Análise de Sistemas .
SP4.011.122.408.599 Modelos Teóricos .
SP4.021 Abastecimento de Água .
SP4.021.202 Purificação da Água .
SP4.021.202.133 Operações Unitárias .
SP4.021.202.133.709 Filtração .
SP4.021.202.133.709.645 Filtros .
SP4.021.202.133.709.645.446 Filtros Biológicos .
SP4.026 Esgotos .
SP4.026.292 Tratamento de Águas Residuárias .
SP4.026.292.663 Tratamento Biológico .
SP4.026.292.663.209 Filtros Biológicos .
SP5 Epidemiologia e Bioestatística .
SP5.001 Epidemiologia .
SP5.001.027 Modelos Epidemiológicos .
SP8 Desastres .
SP8.473 Risco .
SP8.473.654 Ameaças .
SP8.473.654.692 Técnicas, Medidas, Equipamentos de Medição .
SP8.473.654.692.792 Técnicas .
SP8.473.654.692.792.707 Modelos Teóricos .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Modelos Biológicos .
Modelo Ecológico .
Representações teóricas que simulam o comportamento ou a actividade de processos biológicos ou doenças. Para modelos de doença em animais vivos, MODELOS ANIMAIS DE DOENÇAS está disponível. Modelos biológicos incluem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos. .
0.66
 
Antígeno CD146 .
Antígenos CD146 .
Gicerina .
Glicoproteína MUC18 .
Molécula de Adesão Celular do Melanoma .
Antígeno Associado ao Endotélio S-Endo 1 .
Molécula de adesão celular da superfamília das imunoglobulinas expressas por CÉLULAS ENDOTELIAIS, nas quais atua na estabilização das JUNÇÕES INTERCELULARES. também encontra-se altamente expressa em células tumorais de melanoma e pode facilitar sua metastatização (ver METÁSTASE NEOPLÁSICA). .
0.43
 
Modelos Genéticos .
Representações teóricas que simulam o comportamento ou a atividade de processos ou fenômenos genéticos. Envolvem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos. .
0.42
 
Filtros Biológicos .
Biofiltros .
Filtros Percoladores .
Filtros de Gotejamento .
Filtros Borrifadores .
Biomassa Aderida .
Filtração Biológica .
Modelos de Biomassa Aderida .
Reatores de Biomassa Aderida .
Leito artificial de material grosseiro, tal como pedra britada, resíduos de ferro, ardósia, tubos, placas finas ou material plástico, sobre os quais as águas residuárias são distribuídas de forma a constituir filmes, dando a oportunidade para a formação de limos (Zooglea) que floculam e oxidam a água residuária. .
0.41
 
Modelos Teóricos .
Modelos Ecológicos .
Modelos Matemáticos .
Modelos Analíticos .
1) Representações teóricas que simulam o comportamento ou atividade dos sistemas, processos ou fenômenos. Eles incluem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos. 2) Modelos matemáticos: Em matéria de proteção civil, recursos para simular e ilustrar fenômenos de transcendência para a segurança e a conservação do sistema afetável (a população e seu entorno). Estes modelos podem ser de natureza estrutural, se se caracterizam pela identificação e descrição que fazem dos componentes do sistema em estudo e de suas inter-relações, como se fosse uma caixa transparente. São de índole fenomenológica, quando se singularizam por representar e substituir o sistema em estudo por uma "caixa preta"; isto é, quando, através de uma função ou de uma série de funções, se descreve o comportamento dos fenômenos. .
0.40
 
Modelos Anatômicos .
Moldagem .
Modelagem .
Modelos Cirúrgicos .
Representação tridimensional para mostrar estruturas anatômicas. Para ensinar, praticar e estudar pode-se usar modelos no lugar de animais ou organismos intactos. .
0.40
 
Modelos Epidemiológicos .
Representações abstratas das relações entre componentes lógicos, analíticos ou empíricos de um sistema. (Tradução livre do original: Last, 2001) .
0.40
 
Modelos Psicológicos .
Representações teóricas que simulam processos psicológicos e/ou sociais. Envolvem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos. .
0.40
 
Modelos Imunológicos .
Representações teóricas que simulam o comportamento ou a atividade do sistema, dos processos ou dos fenômenos imunes. Incluem o uso de equações matemáticas, computadores, e outros equipamentos elétricos. .
0.40
 
Modelos Químicos .
Representações teóricas que simulam o comportamento ou a atividade de processos ou fenômenos químicos; compreende o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos. .
0.40