serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.090 Anfíbios .
B01.050.150.900.090.180 Anuros .
B01.050.150.900.090.180.210 Bufonidae .
B01.050.500 Invertebrados .
B01.050.500.091 Anelídeos .
B01.050.500.308 Cnidários .
B01.050.500.308.690 Cifozoários .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.137 Briófitas .
B01.650.940.800.575.137.500 Bryopsida .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.859 Rosanae .
B01.650.940.800.575.912.250.859.937 Rosales .
B01.650.940.800.575.912.250.859.937.844 Ulmaceae .
E05 Técnicas de Pesquisa .
E05.318 Métodos Epidemiológicos .
E05.318.740 Estatística como Assunto .
E05.318.740.872 Sensibilidade e Especificidade .
E05.318.780 Projetos de Pesquisa Epidemiológica .
E05.318.780.800 Sensibilidade e Especificidade .
G17 Conceitos Matemáticos .
G17.800 Sensibilidade e Especificidade .
HP4 Materia Medica .
HP4.018 Medicamento Homeopático .
HP4.018.499 Medicamento Homeopático M .
HP4.018.499.849 Myrtus communis .
HP4.018.592 Medicamento Homeopático P .
HP4.018.592.689 Polytrichum juniperinum .
HP4.018.623 Medicamento Homeopático Q .
HP4.018.623.452 Quassia amara .
N05 Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde .
N05.715 Qualidade da Assistência à Saúde .
N05.715.360 Mecanismos de Avaliação da Assistência à Saúde .
N05.715.360.750 Estatística como Assunto .
N05.715.360.750.725 Sensibilidade e Especificidade .
N05.715.360.780 Projetos de Pesquisa Epidemiológica .
N05.715.360.780.700 Sensibilidade e Especificidade .
N06 Meio Ambiente e Saúde Pública .
N06.850 Saúde Pública .
N06.850.520 Métodos Epidemiológicos .
N06.850.520.445 Projetos de Pesquisa Epidemiológica .
N06.850.520.445.800 Sensibilidade e Especificidade .
N06.850.520.830 Estatística como Assunto .
N06.850.520.830.872 Sensibilidade e Especificidade .
SP5 Epidemiologia e Bioestatística .
SP5.001 Epidemiologia .
SP5.001.022 Reprodutibilidade dos Testes .
SP5.001.022.048 Sensibilidade e Especificidade .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Bryopsida .
Ceratodon .
Physcomitrella .
Musgos Verdadeiros .
Musgos .
Classe de plantas, dentro de Bryophyta, que compreenda os musgos encontrados tanto em pântanos (incluindo de água doce) como em condições mais áridas. Os musgos possuem hastes cauloides (caulídeos) eretas ou prostradas sem folhas (musgos talosos), que dão origem a hastes sem folhas (setas) que sustentam cápsulas. Os esporos formados nas cápsulas são liberados e crescem produzindo novas plantas. (Tradução livre do original: Concise Dictionary of Biology, 1990). Na realidade, muitas plantas pequenas cujos nomes contêm a palavra 'musgo' não são musgos. O 'musgo' encontrado em árvores do lado norte (válido para o hemisfério norte; no hemisfério sul, estes 'musgos' se desenvolvem no lado sul) é na realidade uma alga verde (CLORÓFITAS). O musgo-da-Irlanda é, na verdade, uma alga vermelha (RODÓFITAS). O líquen em forma de barba (musgo do tipo barba), o musgo da Islândia, o musgo carvalho e o musgo rena são na realidade LÍQUENS. O musgo espanhol é um nome vulgar tanto para os LÍQUENS como para uma planta aérea (TILLANDSIA usneoides) da família do abacaxi (BROMELIACEAE). O licopódio é uma planta perene da família LYCOPODIACEAE. .
1.00
41208
 
Anelídeos .
Annelida .
Vermes Segmentados .
Vermes Verdadeiros .
Filo de invertebrados metazoários que compreende os vermes segmentados e inclui anelídeos marinhos (POLYCHAETA), anelídeos de água doce, vermes terrestres (OLIGOCHAETA) e SANGUESSUGAS. Apenas estas últimas são de interesse médico. .
0.62
191763
 
Polytrichum juniperinum .
Musgo .
Medicamento homeopático. Musgo. Abrev.: "polytr.". Origem vegetal. .
0.61
10
 
Quassia amara .
Marupaúba .
Marupá-Verdadeiro .
Quina-de-Caiena .
Medicamento homeopático. Abrev.: "quas.". Origem vegetal. Habitat original: Guiana. Parte utilizada: madeira. .
0.59
30
 
Cifozoários .
Scyphozoa .
Cifomedusas .
Aurelia aurita .
Chrysaora fuscescens .
Medusa-Lua .
Medusas-Verdadeiras .
Urtiga-do-Mar da Costa Oeste .
Medusas .
cAurelia aurita .
PHYSALIA .
URTIGAS-DO-MAR .
ÁGUA-VIVA .
Classe das verdadeiras águas-vivas (filo CNIDNÁRIOS) marinhas preponderantemente livre-nadantes, cujo ciclo de vida é composto por cinco estágios e apresenta duas formas corporais: pólipo e medusa. .
0.54
21995
 
Bufonidae .
Bufo 1592 .
Sapos Verdadeiros .
Família de sapos verdadeiros que pertencem à ordem Anuros. Seus gêneros incluem Bufo, Ansonia, Nectophrynoides e Atelopus. .
0.54
372029
 
Myrtus communis .
Murta-Cheirosa .
Murta-Cultivada .
Murta-das-Noivas .
Murta-do-Jardim .
Murta-Verdadeira .
Murtinheira .
Murtinheiro .
Murto .
Medicamento homeopático. Murta. Abrev.: "myrt-c.". Origem vegetal. Habitat original: Europa e Oriente Próximo. Parte utilizada: ramos floridos. .
0.54
10
 
Ulmaceae .
Ulmáceas .
Talá-Verdadeiro .
Celtis .
Zelkova .
Família de plantas (ordem Urticales, subclasse Hamamelidae, classe Magnoliopsida) cujos membros são árvores e arbustos de regiões temperadas com seiva aquosa e folhas alternadas, assimétricas na base. As flores não têm pétalas. .
0.54
760
 
Sensibilidade e Especificidade .
Especificidade .
Verdadeiros Positivos .
Verdadeiros Negativos .
Medidas de classificação binária para avaliar resultados de exames. Sensibilidade ou taxa de recall é a proporção de verdadeiros positivos. Especificidade é a probabilidade do teste determinar corretamente a ausência de uma afecção. (Tradução livre do original: Last, Dictionary of Epidemiology, 2d ed) .
0.53
3243318287