serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.649 Mamíferos .
B01.050.150.900.649.313 Eutérios .
B01.050.150.900.649.313.992 Roedores .
B01.050.150.900.649.313.992.750 Sciuridae .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.456 Gentianales .
B01.650.940.800.575.912.250.456.500 Apocynaceae .
E01 Diagnóstico .
E01.370 Técnicas e Procedimentos Diagnósticos .
E01.370.350 Diagnóstico por Imagem .
E01.370.350.350 Interpretação de Imagem Assistida por Computador .
E01.370.350.350.800 Tomografia Computadorizada de Emissão .
E01.370.350.350.800.800 Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.350.350.800.800.750 Tomografia Computadorizada com Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.350.350.810 Tomografia Computadorizada por Raios X .
E01.370.350.350.810.723 Tomografia Computadorizada com Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.350.567 Imagem Multimodal .
E01.370.350.567.750 Tomografia Computadorizada com Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.350.600 Fotografia .
E01.370.350.600.350 Aumento da Imagem .
E01.370.350.600.350.700 Intensificação de Imagem Radiográfica .
E01.370.350.600.350.700.810 Tomografia Computadorizada por Raios X .
E01.370.350.600.350.700.810.645 Tomografia Computadorizada com Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.350.600.350.800 Tomografia Computadorizada de Emissão .
E01.370.350.600.350.800.800 Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.350.600.350.800.800.500 Tomografia Computadorizada com Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.350.700 Radiografia .
E01.370.350.700.700 Intensificação de Imagem Radiográfica .
E01.370.350.700.700.810 Tomografia Computadorizada por Raios X .
E01.370.350.700.700.810.723 Tomografia Computadorizada com Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.350.700.810 Tomografia por Raios X .
E01.370.350.700.810.810 Tomografia Computadorizada por Raios X .
E01.370.350.700.810.810.762 Tomografia Computadorizada com Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.350.710 Cintilografia .
E01.370.350.710.800 Tomografia Computadorizada de Emissão .
E01.370.350.710.800.800 Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.350.710.800.800.750 Tomografia Computadorizada com Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.350.825 Tomografia .
E01.370.350.825.800 Tomografia Computadorizada de Emissão .
E01.370.350.825.800.800 Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.350.825.800.800.750 Tomografia Computadorizada com Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.350.825.810 Tomografia por Raios X .
E01.370.350.825.810.810 Tomografia Computadorizada por Raios X .
E01.370.350.825.810.810.750 Tomografia Computadorizada com Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.384 Técnicas de Diagnóstico por Radioisótopos .
E01.370.384.730 Cintilografia .
E01.370.384.730.800 Tomografia Computadorizada de Emissão .
E01.370.384.730.800.800 Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E01.370.384.730.800.800.750 Tomografia Computadorizada com Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
E06 Odontologia .
E06.276 Oclusão Dentária .
G10 Fenômenos Fisiológicos Orais e do Sistema Digestório .
G10.549 Fenômenos Fisiológicos Dentários .
G10.549.208 Oclusão Dentária .
HP4 Materia Medica .
HP4.018 Medicamento Homeopático .
HP4.018.561 Medicamento Homeopático O .
HP4.018.561.563 Orchitinum .
HP4.018.716 Medicamento Homeopático T .
HP4.018.716.901 Tuberculinum spengler .
HP4.018.902 Medicamento Homeopático Z .
HP4.018.902.445 Zincum Metallicum .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
TAC de Emissão de Fóton Único .
TC de Emissão de Fóton Único .
Tomografia Radioisotópica Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
SPECT .
Tomografia Computadorizada por Emissão de Fóton Único .
Tomografia Computadorizada Axial por Emissão de Fóton Único .
Tomografia CAT de Emissão de Fóton Único .
Varredura por TC de Emissão de Fóton Único .
Método de tomografia computadorizada que utiliza radionuclídeos que emitem um fóton único de uma dada energia. A câmera faz uma rotação de 180 ou 360 graus em volta do paciente para captar imagens de múltiplas posições ao longo do arco. O computador é então utilizado para reconstruir as imagens transaxiais, sagitais e coronais de uma distribuição tridimensional de radionuclídeos no órgão. As vantagens do SPECT são que ele pode ser usado para observar processos bioquímicos e fisiológicos assim como o tamanho e volume do órgão. A desvantagem é que, diferente da tomografia por emissão de pósitrons onde a destruição do elétron positivo resulta na emissão de 2 fótons a 180 graus um do outro, o SPECT requer colimação física para alinhar os fótons, que resulta na perda de muitos fótons disponíveis e consequentemente, degrada a imagem. .
0.62
36828488
 
Orchitinum .
Sperminum .
Medicamento homeopático. Sperminum. Abrev.: "orch.". Origem animal. Parte utilizada: extrato de testículo. .
0.57
00
 
Zincum Metallicum .
Speltrum .
Medicamento homeopático. Speltrum. Abrev.: "zinc.". Origem química. Substância utilizada: zinco. Nota: E.P.- Há estudo patogenético para esta substância. .
0.50
90
 
Tuberculinum spengler .
Spengler .
Medicamento homeopático. Spengler. Nosódio. Abrev.: "tub-sp.". Origem animal. Substância utilizada: sangue de coelho imunizado contra o bacilo de Koch. .
0.49
00
 
Sciuridae .
Citellus .
Eutamias .
Cães-da-Pradaria .
Cão-da-Pradaria .
Ciurídeos .
Spermophilus .
Esquilos .
Tamias .
Siurídeos .
Família da ordem Rodentia que contém 49 gêneros. Alguns dos gêneros mais comuns são MARMOTA, que inclui as marmotas; Sciurus, o esquilo cinzento, S. carolinensis e o esquilo raposa, S. niger; Tamias, a tâmia do leste e do oeste; e Tamiasciurus, o esquilo vermelho. Os esquilos voadores, com exceção da Anomaluridae com cauda escamosa, também pertencem a esta família. .
0.47
184268
 
Tomografia Computadorizada com Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único .
CT SPECT .
CT SPECT Scan .
SPECT CT .
SPECT CT Scan .
Técnica de imagem que usa um dispositivo que combina TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE EMISSÃO DE FÓTON ÚNICO e TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA POR RAIOS X na mesma sessão. .
0.43
1257
 
Oclusão Dentária .
Curva de Compensação .
Curva de Monson .
Curva de Spee .
Curva de Wilson .
Espaço Funcional Livre .
Plano de Oclusão .
Plano de Mordida .
Orientação de Canino .
Orientação Oclusal .
Plano Oclusal .
Relação de todos os componentes do sistema mastigatório na função normal. Tem especial referência à posição e contato dos dentes maxilares e mandibulares para a mais alta eficiência durante os movimentos excursivos do queixo que são essenciais para a mastigação. .
0.41
11179373
 
Apocynaceae .
Acokanthera .
Apocináceas .
Asclepiadaceae .
Asclepiadáceas .
Carissa .
Carissa carandas .
Ameixeira-de-Porto-Natal .
Cerbera .
Chonemorpha .
Cryptostegia .
Gongronema .
Gomphocarpus .
Hancornia speciosa .
Himatanthus .
Mangabeira .
Mangaba .
Plumeria .
Rhazya .
Caralluma .
Família de plantas da ordem Gentianales. Seus membros possuem folhas de bordas lisas, com suco leitoso, geralmente venenoso, e flores em cachos. .
0.36
48879