serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A08 Sistema Nervoso .
A08.675 Neurônios .
A08.675.542 Fibras Nervosas .
A11 Células .
A11.671 Neurônios .
A11.671.501 Fibras Nervosas .
C04 Neoplasias .
C04.557 Neoplasias por Tipo Histológico .
C04.557.580 Neoplasias de Tecido Nervoso .
C04.557.580.600 Neoplasias da Bainha Neural .
C04.557.580.600.580 Neurofibroma .
C10 Doenças do Sistema Nervoso .
C10.551 Neoplasias do Sistema Nervoso .
C10.551.775 Neoplasias do Sistema Nervoso Periférico .
C10.551.775.500 Neoplasias da Bainha Neural .
C10.551.775.500.750 Neurofibroma .
C10.668 Doenças Neuromusculares .
C10.668.829 Doenças do Sistema Nervoso Periférico .
C10.668.829.725 Neoplasias do Sistema Nervoso Periférico .
C10.668.829.725.500 Neoplasias da Bainha Neural .
C10.668.829.725.500.600 Neurofibroma .
D05 Substâncias Macromoleculares .
D05.750 Polímeros .
D05.750.078 Biopolímeros .
D05.750.078.593 Proteínas de Filamentos Intermediários .
D05.750.078.593.630 Proteínas de Neurofilamentos .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.399 Isomerases .
D08.811.399.325 cis-trans-Isomerases .
D08.811.399.325.500 Peptidilprolil Isomerase .
D08.811.399.325.500.400 Imunofilinas .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.276 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D12.644.276.860 Fatores de Crescimento Neural .
D12.644.400 Neuropeptídeos .
D12.644.400.525 Neurofisinas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.597 Neurofisinas .
D12.776.220 Proteínas do Citoesqueleto .
D12.776.220.475 Proteínas de Filamentos Intermediários .
D12.776.220.475.630 Proteínas de Neurofilamentos .
D12.776.395 Glicoproteínas .
D12.776.395.550 Glicoproteínas de Membrana .
D12.776.395.550.200 Moléculas de Adesão Celular .
D12.776.395.550.200.250 Moléculas de Adesão Celular Neuronais .
D12.776.395.550.200.250.150 Moléculas de Adesão Celular Neurônio-Glia .
D12.776.395.550.200.250.150.050 Molécula de Adesão de Leucócito Ativado .
D12.776.467 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D12.776.467.860 Fatores de Crescimento Neural .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.550 Glicoproteínas de Membrana .
D12.776.543.550.200 Moléculas de Adesão Celular .
D12.776.543.550.200.250 Moléculas de Adesão Celular Neuronais .
D12.776.543.550.200.250.150 Moléculas de Adesão Celular Neurônio-Glia .
D12.776.543.550.200.250.150.050 Molécula de Adesão de Leucócito Ativado .
D12.776.543.750 Receptores de Superfície Celular .
D12.776.543.750.590 Neuropilinas .
D12.776.543.750.705 Receptores Imunológicos .
D12.776.543.750.705.400 Imunofilinas .
D12.776.631 Proteínas do Tecido Nervoso .
D12.776.631.600 Fatores de Crescimento Neural .
D12.776.631.630 Proteínas de Neurofilamentos .
D12.776.631.650 Neuropeptídeos .
D12.776.631.650.525 Neurofisinas .
D12.776.827 Receptores de Droga .
D12.776.827.275 Imunofilinas .
D12.776.860 Escleroproteínas .
D12.776.860.300 Proteínas da Matriz Extracelular .
D12.776.860.300.030 Molécula de Adesão de Leucócito Ativado .
D23 Fatores Biológicos .
D23.050 Antígenos .
D23.050.301 Antígenos de Superfície .
D23.050.301.350 Moléculas de Adesão Celular .
D23.050.301.350.250 Moléculas de Adesão Celular Neuronais .
D23.050.301.350.250.150 Moléculas de Adesão Celular Neurônio-Glia .
D23.050.301.350.250.150.050 Molécula de Adesão de Leucócito Ativado .
D23.529 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D23.529.850 Fatores de Crescimento Neural .
F03 Transtornos Mentais .
F03.080 Transtornos de Ansiedade .
F03.080.550 Transtornos Neuróticos .
F03.650 Transtornos Neuróticos .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Imunofilinas .
Neurofilinas .
Membros de uma família de proteínas altamente conservadas que são todas PEPTIDILPROLIL ISOMERASE cis-trans. Ligam-se aos fármacos imunossupressores CICLOSPORINA, TACROLIMUS e SIROLIMUS. Possuem atividade de rotamase, que é inibida pelos fármacos imunossupressores que se ligam a elas. .
1.00
 
Neurofisinas .
Proteínas transportadoras de OXITOCINA e VASOPRESSINA. São polipeptídeos com cerca de 10 kDa, sintetizados no HIPOTÁLAMO. Neurofisina I está associada com ocitocina e neurofisina II com vasopressina nos respectivos precursores e durante o transporte pelos axônios até a neuro-hipófise (HIPÓFISE POSTERIOR). .
0.77
 
Fatores de Crescimento Neural .
Fatores de Crescimento Neuríticos .
Fatores Neurotróficos .
Neurotrofinas .
Fatores que aumentam a potencialidade de crescimento de neurônios sensitivos e simpáticos. .
0.75
 
Neuropilinas .
Neuropilina .
Neuropilinas são receptores de superfície celular de 140 KDa (presentes nos vertebrados) que se ligam às moléculas sinalizadoras neuronais durante o desenvolvimento neural, crescimento axonal e modula a angiogênese mediada por VEGF. A NEUROPILINA-1 e NEUROPILINA-2 diferem em suas especificidades de ligação e são distribuídas complementarmente em regiões do desenvolvimento do sistema nervoso. As neuropilinas são receptores para as SEMAFORINAS CLASSE 3 secretadas, bem como, para os fatores de crescimento das células vasculares endoteliais e podem formar hetero ou homodímeros. Também podem interagir sinergicamente com plexinas e com RECEPTORES DE VEGF para formar os complexos de receptores com afinidades e especificidades distintas. A especificidade de ligação da neuropilina é determinada por CUB e por domínios semelhantes aos fatores de coagulação na porção extracelular da molécula, enquanto que, o domínio MAM é essencial para a TRANSDUÇÃO DE SINAL. .
0.72
 
Molécula de Adesão de Leucócito Ativado .
Antígenos CD166 .
ALCAM .
Ligante de CD6 .
KG-CAM .
Neurolina .
Antígeno BEN .
DM-GRASP .
Proteína SC1 .
Molécula de adesão celular expressa em leucócitos ativados, fibroblastos e neurônios. É um ligante para CD6. As interações ALCAM-CD6 podem desempenhar um papel na ligação de células T e B para leucócitos ativados. .
0.70
 
Fibras Nervosas .
Neurofibras .
Fibras Musgosas Cerebelares .
Fibras Musgosas do Cerebelo .
Prolongações delgadas dos NEURÔNIOS, incluindo AXÔNIOS e seus invólucros gliais (BAINHA DE MIELINA). As fibras nervosas conduzem os impulsos nervosos para e do SISTEMA NERVOSO CENTRAL. .
0.68
 
Neurofibroma .
Tumor encapsulado, moderadamente firme e benigno, resultante da proliferação de CÉLULAS DE SCHWANN e FIBROBLASTOS que incluem porções de fibras nervosas. Os tumores normalmente se desenvolvem ao longo dos nervos periféricos ou cranianos, sendo a característica principal da NEUROFIBROMATOSE 1, e podem ocorrer intracranialmente ou envolver raizes espinhais. Entre as características patológicas está o aumento fusiforme do nervo envolvido. O exame microscópico revela um padrão celular frouxo e desorganizado com núcleos alongados no meio de tiras fibrosas. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p1016) .
0.65
 
Proteínas de Neurofilamentos .
Proteínas de filamento intermediário do tipo III que forma neurofilamentos, o principal elemento do citoesqueleto de axônios e dendritos de células neuronais. Consistem em três polipeptídeos distintos, os três elementos que formam o neurofilamento. Os tipos I, II e IV de proteínas do filamento intermediário formam outros elementos do citoesqueleto, tais como as queratinas e laminas. Parece que o metabolismo de neurofilamentos encontra-se perturbado na doença de Alzheimer, devido à presença de epítopos de neurofilamento nos novelos neurofibrilares, bem como pela severa redução da expressão do gene da subunidade de neurofilamento do conjunto dos três elementos que formam o neurofilamento no cérebro de pacientes portadores da doença de Alzheimer. .
0.64
 
Transtornos Neuróticos .
Neurose .
Psiconeurose .
Transtornos cujos sintomas trazem sofrimento para o indivíduo e são reconhecidos por ele como sendo inaceitáveis. As relações sociais podem ser imensamente afetadas, mas geralmente permanecem dentro de limites aceitáveis. O transtorno é relativamente duradouro e recorrente se não for tratado. .
0.63