serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A08 Sistema Nervoso .
A08.637 Neuroglia .
A08.637.500 Neurópilo .
A08.675 Neurônios .
A08.675.703 Neurópilo .
A11 Células .
A11.650 Neuroglia .
A11.650.500 Neurópilo .
A11.671 Neurônios .
A11.671.685 Neurópilo .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.399 Isomerases .
D08.811.399.325 cis-trans-Isomerases .
D08.811.399.325.500 Peptidilprolil Isomerase .
D08.811.399.325.500.400 Imunofilinas .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.395 Glicoproteínas .
D12.776.395.550 Glicoproteínas de Membrana .
D12.776.395.550.200 Moléculas de Adesão Celular .
D12.776.395.550.200.250 Moléculas de Adesão Celular Neuronais .
D12.776.395.550.200.250.150 Moléculas de Adesão Celular Neurônio-Glia .
D12.776.395.550.200.250.150.050 Molécula de Adesão de Leucócito Ativado .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.550 Glicoproteínas de Membrana .
D12.776.543.550.200 Moléculas de Adesão Celular .
D12.776.543.550.200.250 Moléculas de Adesão Celular Neuronais .
D12.776.543.550.200.250.150 Moléculas de Adesão Celular Neurônio-Glia .
D12.776.543.550.200.250.150.050 Molécula de Adesão de Leucócito Ativado .
D12.776.543.750 Receptores de Superfície Celular .
D12.776.543.750.590 Neuropilinas .
D12.776.543.750.590.500 Neuropilina-1 .
D12.776.543.750.590.750 Neuropilina-2 .
D12.776.543.750.705 Receptores Imunológicos .
D12.776.543.750.705.400 Imunofilinas .
D12.776.827 Receptores de Droga .
D12.776.827.275 Imunofilinas .
D12.776.860 Escleroproteínas .
D12.776.860.300 Proteínas da Matriz Extracelular .
D12.776.860.300.030 Molécula de Adesão de Leucócito Ativado .
D23 Fatores Biológicos .
D23.050 Antígenos .
D23.050.301 Antígenos de Superfície .
D23.050.301.350 Moléculas de Adesão Celular .
D23.050.301.350.250 Moléculas de Adesão Celular Neuronais .
D23.050.301.350.250.150 Moléculas de Adesão Celular Neurônio-Glia .
D23.050.301.350.250.150.050 Molécula de Adesão de Leucócito Ativado .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Neuropilinas .
Neuropilina .
Neuropilinas são receptores de superfície celular de 140 KDa (presentes nos vertebrados) que se ligam às moléculas sinalizadoras neuronais durante o desenvolvimento neural, crescimento axonal e modula a angiogênese mediada por VEGF. A NEUROPILINA-1 e NEUROPILINA-2 diferem em suas especificidades de ligação e são distribuídas complementarmente em regiões do desenvolvimento do sistema nervoso. As neuropilinas são receptores para as SEMAFORINAS CLASSE 3 secretadas, bem como, para os fatores de crescimento das células vasculares endoteliais e podem formar hetero ou homodímeros. Também podem interagir sinergicamente com plexinas e com RECEPTORES DE VEGF para formar os complexos de receptores com afinidades e especificidades distintas. A especificidade de ligação da neuropilina é determinada por CUB e por domínios semelhantes aos fatores de coagulação na porção extracelular da molécula, enquanto que, o domínio MAM é essencial para a TRANSDUÇÃO DE SINAL. .
1.00
0188
 
Neurópilo .
Neuropilo .
Neuropilos .
Neurópilos .
Densa e intrincada rede de fibras nervosas amielínicas composta de processos gliais, fibrilas, terminais sinápticos, axônios e dendritos dispersos entre as células nervosas da substância cinzenta no sistema nervoso central. .
0.84
4929
 
Neuropilina-1 .
Receptor dimérico de superfície celular envolvido com a angiogênese (NEOVASCULARIZAÇÃO FISIOLÓGICA) e com a orientação axonal. A neuropilina-1 é uma proteína transmembrânica de 140 KDa que se liga as SEMAFORINAS classe 3 e a vários outros fatores de crescimento. A neuropilina-1 forma complexos com plexina ou RECEPTORES DE VEGF e a afinidade e especificidade da ligação são determinadas pela composição dos dímeros de neuropilina e pela identidade de outros receptores complexados com esta proteína. A neuropilina-1 é expressa em diferentes padrões durante o desenvolvimento neural, complementar àquelas descritas para a NEUROPILINA-2. .
0.78
21010
 
Neuropilina-2 .
Receptor transmembrânico para as SEMAFORINAS classe 3 e muitas outras isoformas de fatores de crescimento vascular endotelial. A neuropilina-2 atua como homodímero tanto como heterodímero com a NEUROPILINA-1. A afinidade de ligação da neuropilina-2 varia para as diferentes isoformas de semaforinas classe 3 e é dependente da composição do dímero. A proteína também forma complexos receptores com as plexinas e com os RECEPTORES VEGF, que altera as características de ligação do receptor. .
0.77
0282
 
Imunofilinas .
Neurofilinas .
Membros de uma família de proteínas altamente conservadas que são todas PEPTIDILPROLIL ISOMERASE cis-trans. Ligam-se aos fármacos imunossupressores CICLOSPORINA, TACROLIMUS e SIROLIMUS. Possuem atividade de rotamase, que é inibida pelos fármacos imunossupressores que se ligam a elas. .
0.72
0591
 
Molécula de Adesão de Leucócito Ativado .
Antígenos CD166 .
ALCAM .
Ligante de CD6 .
KG-CAM .
Neurolina .
Antígeno BEN .
DM-GRASP .
Proteína SC1 .
Molécula de adesão celular expressa em leucócitos ativados, fibroblastos e neurônios. É um ligante para CD6. As interações ALCAM-CD6 podem desempenhar um papel na ligação de células T e B para leucócitos ativados. .
0.70
0266