serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.649 Mamíferos .
B01.050.150.900.649.313 Eutérios .
B01.050.150.900.649.313.988 Primatas .
B01.050.150.900.649.313.988.400 Haplorrinos .
B01.050.150.900.649.313.988.400.112 Catarrinos .
B01.050.150.900.649.313.988.400.112.420 Hylobatidae .
B01.050.150.900.649.313.988.400.112.420.390 Hylobates .
C16 Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais .
C16.320 Doenças Genéticas Inatas .
C16.320.382 Doenças Hereditárias Autoinflamatórias .
C16.320.382.500 Síndromes Periódicas Associadas à Criopirina .
C17 Doenças da Pele e do Tecido Conjuntivo .
C17.800 Dermatopatias .
C17.800.827 Dermatopatias Genéticas .
C17.800.827.368 Doenças Hereditárias Autoinflamatórias .
C17.800.827.368.500 Síndromes Periódicas Associadas à Criopirina .
D03 Compostos Heterocíclicos .
D03.633 Compostos Heterocíclicos de Anéis Fundidos .
D03.633.100 Compostos Heterocíclicos com 2 Anéis .
D03.633.100.531 Isoquinolinas .
D03.633.100.531.535 Nomifensina .
E01 Diagnóstico .
E01.789 Prognóstico .
E01.789.650 Nomogramas .
E05 Técnicas de Pesquisa .
E05.318 Métodos Epidemiológicos .
E05.318.740 Estatística como Assunto .
E05.318.740.500 Modelos Estatísticos .
E05.318.740.500.625 Nomogramas .
E05.599 Modelos Teóricos .
E05.599.835 Modelos Estatísticos .
E05.599.835.895 Nomogramas .
G17 Conceitos Matemáticos .
G17.582 Nomogramas .
L01 Ciência da Informação .
L01.559 Linguagem .
L01.559.598 Linguística .
L01.559.598.400 Terminologia como Assunto .
L01.559.598.400.556 Nomes .
N04 Administração de Serviços de Saúde .
N04.452 Organização e Administração .
N04.452.677 Administração de Recursos Humanos .
N04.452.677.445 Designação de Pessoal .
N05 Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde .
N05.715 Qualidade da Assistência à Saúde .
N05.715.360 Mecanismos de Avaliação da Assistência à Saúde .
N05.715.360.750 Estatística como Assunto .
N05.715.360.750.530 Modelos Estatísticos .
N05.715.360.750.530.530 Nomogramas .
N06 Meio Ambiente e Saúde Pública .
N06.850 Saúde Pública .
N06.850.520 Métodos Epidemiológicos .
N06.850.520.830 Estatística como Assunto .
N06.850.520.830.500 Modelos Estatísticos .
N06.850.520.830.500.625 Nomogramas .
SP8 Desastres .
SP8.473 Risco .
SP8.473.981 Vulnerabilidade a Desastres .
SP8.473.981.832 Fatores Antropológicos .
SP8.473.981.832.862 Grupos Étnicos .
SP8.473.981.832.862.809 Nômade .
V02 Formatos de Publicação .
V02.310 Dicionário .
V02.310.750 Terminologia .
VS2 Vigilância Sanitária de Produtos .
VS2.002 Controle de Medicamentos e Entorpecentes .
VS2.002.005 Farmacopeias como Assunto .
VS2.002.005.003 Denominação Comercial do Medicamento .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Nomes .
Nome 7119 .
Isonímia .
Nomes pessoais, determinados ou apelidados, como características culturais, como etnologia ou padrões religiosos, como indicações da distribuição geográfica de famílias e endogamia, etc. Análise de isonímia, a qualidade de ter os mesmos ou semelhantes nomes, é útil no estudo da genética da população. NOMES também são usados para a história de nomes ou mudanças de nome de pessoas jurídicas como sociedades médicas, universidades, hospitais, agências governamentais, etc. .
1.00
352259
 
Síndromes Periódicas Associadas à Criopirina .
Síndrome CINCA .
Síndrome Neurológica Cutânea e Articular Infantil Crônica .
Síndrome Crônico-Infantil-Neurológico-Cutâneo-Articular .
Síndrome Crônica Infantil Neurológica Cutânea Articular .
Síndrome Neurológica Cutânea Articular Infantil Crônica .
Síndrome Crônica Infantil com Envolvimento Neurológico, Cutâneo e Articular .
Criopirinopatia .
Síndrome Autoinflamatória Familiar por Frio .
Urticaria Familiar ao Frio .
IOMID .
Doença Multissistêmica Inflamatória de Início na Infância .
Síndrome de Muckle-Wells .
Doença Inflamatória Multissistêmica de Início Neonatal .
NOMID .
Síndrome Auto-Inflamatória Familiar por Frio .
Grupo de doenças autossômicas dominantes raras, comumente caracterizadas por URTICÁRIA atípica com sintomas sistêmicos que se desenvolvem em lesões que acabam em órgãos. A ardência atípica não envolve célula T ou autoanticorpo. A síndrome periódica associada à criopirina inclui três distúrbios previamente distintos: síndrome familiar autoinflamatória induzida pelo frio, síndrome de Muckle-Wells e síndrome CINCA, que são agora consideradas como representantes da continuidade da doença, todas causadas por mutações na PROTEÍNA NLRP3. .
0.73
8314
 
Designação de Pessoal .
Delegação .
Delegação de Pessoal .
Escalação de Pessoal .
Nomeação .
Designação .
Delegação de Pessoal (Ação) .
Confiar aos cuidados ou gestão de outro, transferir ou atribuir tarefas dentro de uma unidade ou estrutura organizacional ou administrativa. .
0.71
7294
 
Nômade .
Nomadismo .
Modo de vida tradicional de certos povos rurais que não vivem continuadamente na mesma área, mas se mudam de maneira cíclica ou periódica, geralmente em busca de terras para plantar ou caçar e lugares que tenham água, estando bem adaptados à mudança de ambiente. (Tradução livre do original: Material V - Gunn, S.W.A. Multilingual Dictionary of Disaster Medicine and International Relief, 1990) .
0.70
2400
 
Terminologia .
Nomenclatura .
Nomenclatura [Tipo de Publicação] .
Terminologia [Tipo de Publicação] .
Obra que consiste em listas dos termos técnicos ou expressões usadas em um campo específico. Estas listas podem, ou não, ser formalmente adotadas ou sancionadas para o uso. .
0.63
 
Denominação Comercial do Medicamento .
Nome Comercial .
Nome Comercial do Medicamento .
Nome Fantasia do Medicamento .
Denonimação Comercial de Medicamentos .
Denominação Comercial (Medicamento) .
O termo é usado para aqueles documentos que discutam o problema dos nomes comerciais ou de "fantasia" de medicamentos. Existem diferentes nomes comerciais para denominar a uma mesma droga componente do medicamento. .
0.62
270
 
Hylobates .
Gibão .
Siamang .
Symphalangus .
Nomascus .
Gênero da família HYLOBATIDAE que compreende seis espécies. Os membros deste gênero habitam florestas tropicais no sudeste asiático. São arborícolas e diferem de outros antrópodes pelo grande comprimento de seus braços e corpo r membros inferiores delgados. Seu principal meio de locomoção é se balançando de galho em galho com seus braços. Hylobates significa habitar as árvores. Alguns autores referem-se a Symphalangus e Nomascus com o termo Hylobates. Os seis gêneros incluem: H. concolor (gibão de crista ou preto), H. hoolock (gibão Hoolock), H. klossii (gibão de Kloss; siamang anão), H. lar (gibão comum), H. pileatus (gibão de chapéu) e H. syndactylus (siamang). H. lar também é conhecida como H. agilis (gibão lar), H. moloch (gibão ágil) e H. muelleri (gibão prateado). .
0.61
0794
 
Nomogramas .
Representação gráfica de um modelo estatístico contendo escalas para calcular o peso prognóstico de um valor para cada variável individual. Os nomogramas são instrumentos que podem ser usados para prever resultados usando parâmetros clínicos específicos. Usam ALGORITMOS que incorporam diversas variáveis para calcular a probabilidade prognosticada que um paciente alcançará um ponto clínico particular. .
0.56
302069
 
Nomifensina .
Derivado isoquinolínico que impede a recaptação da dopamina nos sinaptossomos. O maleato fora anteriormente utilizado no tratamento da depressão. Foi retirado mundialmente em 1986 devido ao risco de anemia hemolítica aguda com hemólise intravascular resultante do seu uso. Em alguns casos, também se desenvolvia falência renal. (Tradução livre do original: Martindale, The Extra Pharmacopoeia, 30th ed, p266) .
0.55
91067