serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.500 Invertebrados .
B01.050.500.131 Artrópodes .
B01.050.500.131.365 Crustáceos .
B01.050.500.131.365.190 Decápodes (Crustáceos) .
B01.050.500.131.365.190.110 Braquiúros .
B01.050.500.802 Poríferos .
B01.050.500.802.650 Petrosia .
D03 Compostos Heterocíclicos .
D03.066 Ácidos Heterocíclicos .
D03.066.399 Ácidos Isonipecóticos .
D03.066.399.450 Meperidina .
D03.383 Compostos Heterocíclicos com 1 Anel .
D03.383.621 Piperidinas .
D03.383.621.349 Ácidos Isonipecóticos .
D03.383.621.349.450 Meperidina .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.826 Receptores Citoplasmáticos e Nucleares .
D12.776.826.239 Receptores Ativados por Proliferador de Peroxissomo .
D12.776.930 Fatores de Transcrição .
D12.776.930.705 Receptores Ativados por Proliferador de Peroxissomo .
E01 Diagnóstico .
E01.370 Técnicas e Procedimentos Diagnósticos .
E01.370.350 Diagnóstico por Imagem .
E01.370.350.350 Interpretação de Imagem Assistida por Computador .
E01.370.350.350.800 Tomografia Computadorizada de Emissão .
E01.370.350.350.800.700 Tomografia por Emissão de Pósitrons .
E01.370.350.600 Fotografia .
E01.370.350.600.350 Aumento da Imagem .
E01.370.350.600.350.800 Tomografia Computadorizada de Emissão .
E01.370.350.600.350.800.399 Tomografia por Emissão de Pósitrons .
E01.370.350.710 Cintilografia .
E01.370.350.710.800 Tomografia Computadorizada de Emissão .
E01.370.350.710.800.399 Tomografia por Emissão de Pósitrons .
E01.370.350.825 Tomografia .
E01.370.350.825.800 Tomografia Computadorizada de Emissão .
E01.370.350.825.800.399 Tomografia por Emissão de Pósitrons .
E01.370.384 Técnicas de Diagnóstico por Radioisótopos .
E01.370.384.730 Cintilografia .
E01.370.384.730.800 Tomografia Computadorizada de Emissão .
E01.370.384.730.800.399 Tomografia por Emissão de Pósitrons .
E01.370.600 Exame Físico .
E01.370.600.115 Constituição Corporal .
E01.370.600.115.100 Pesos e Medidas Corporais .
E01.370.600.115.100.960 Relação Cintura-Quadril .
E05 Técnicas de Pesquisa .
E05.041 Antropometria .
E05.041.124 Pesos e Medidas Corporais .
E05.041.124.946 Relação Cintura-Quadril .
G07 Fenômenos Fisiológicos .
G07.100 Constituição Corporal .
G07.100.100 Pesos e Medidas Corporais .
G07.100.100.960 Relação Cintura-Quadril .
G07.203 Alimentos, Dieta e Nutrição .
G07.203.300 Alimentos .
G07.203.300.590 Refeições .
G07.203.300.590.780 Lanches .
J02 Alimentos e Bebidas .
J02.500 Alimentos .
J02.500.590 Refeições .
J02.500.590.780 Lanches .
SP6 Nutrição em Saúde Pública .
SP6.011 Estado Nutricional .
SP6.011.042 Avaliação Nutricional .
SP6.011.042.048 Antropometria .
SP6.011.042.048.079 Relação Cintura-Quadril .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Tomografia por Emissão de Pósitrons .
PET Scan .
Tomografia de Emissão de Pósitrons .
PET 26438 .
Técnica de imagem que utiliza compostos marcados com radionuclídeos emissores de pósitrons de vida curta (como carbono-11, nitrogênio-13, oxigênio-15 e flúor-18) para medir o metabolismo celular. Tem sido útil em estudos de tecidos moles, como CÂNCER, SISTEMA CARDIOVASCULAR e encéfalo. A TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE EMISSÃO DE FÓTON ÚNICO é intimamente relacionada com a tomografia por emissão de pósitrons, mas utiliza isótopos de meias-vidas maiores e a resolução é mais baixa. .
1.00
28344452
 
Receptores Ativados por Proliferador de Peroxissomo .
Receptores Ativados por Proliferador de Peroxissoma .
PPAR 26416 .
NUC1 PPAR .
Receptor para Fator de Proliferação Ativado de Peroxissomo .
FATORES DE TRANSCRIÇÃO que são ativados por ligantes e se heterodimerizam com RECEPTORES X RETINOIDE. Ligam-se aos elementos de resposta proliferativa do peroxissomo nas regiões promotoras dos genes alvo. .
0.49
191689
 
Braquiúros .
Auçá 2641 .
Brachyura .
Caranguejo-Aranha .
Caranguejo-Fantasma .
Caranguejo-Caixa .
Caranguejo-da-Lama .
Caranguejo-das-Rochas .
Caranguejo-de-Galha-de-Coral .
Caranguejo-Decorador .
Caranguejo-Ervilha .
Caranguejo-Luva Chinês .
Caranguejo-Soldado .
Caranguejo-Violinista .
Caranguejos Anfíbios .
Caranguejos Terrestres .
Guaiá .
Uaçá 2641 .
Siri 2641 .
Callinectes sapidus .
Siri-Azul .
Caranguejo Comum do Litoral .
Caranguejo-Verde .
Caranguejos de Cauda Curta .
Caranguejos-Verdadeiros .
Carcinus maenas .
Uca 2641 .
Caranguejos de Água Doce .
Caraguejo-azul .
CARANGUEJOS .
Infraordem de CRUSTÁCEOS predominantemente carnívoros, quase todos marinhos (ordem DECAPODA) composta pelos gêneros: Cancer, Uca e Callinectes. .
0.44
945249
 
Meperidina .
Isonipecaína .
Petidina .
Analgésico narcótico que pode ser utilizado para o alívio da maioria dos tipos de dor (moderada a severa) incluindo dor pós-operatória e dor de parto. O uso prolongado pode levar a dependência do tipo da morfina. Os sintomas da abstinência aparecem mais rapidamente do que com a morfina e são de menor duração. .
0.40
964542
 
Lanches .
Merendas .
Petisco .
Hora do Lanche .
Hora da Merenda .
Comida ingerida entre as REFEIÇÕES. .
0.39
27796
 
Petrosia .
Gênero de esponjas (família Petrosiidae) caracterizadas por uma reticulação triangular ectossomal ou reticulação poligonal de regiões de espículas ou espícula única. .
0.39
030
 
Relação Cintura-Quadril .
RCQ 26447 .
Medida da circunferência da cintura dividida pela medida da circunferência do quadril. Tanto para homens como mulheres, a relação cintura-quadril (RCQ) de 1,0 ou superior é considerada "de risco" de consequências indesejáveis a saúde, como doenças cardíacas e as associadas com SOBREPESO. Uma RCQ considerada saudável corresponde a 0,90 ou menos para homens e 0,80 ou menos para mulheres. (Tradução livre do original: National Center for Chronic Disease Prevention and Health Promotion, 2004) .
0.39
1533532