serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.656 Peptídeo Hidrolases .
D08.811.277.656.350 Exopeptidases .
D08.811.277.656.350.245 Carboxipeptidases .
D08.811.277.656.350.245.450 Lisina Carboxipeptidase .
D08.811.277.656.350.555 Metaloexopeptidases .
D08.811.277.656.350.555.750 Lisina Carboxipeptidase .
D08.811.277.656.675 Metaloproteases .
D08.811.277.656.675.555 Metaloexopeptidases .
D08.811.277.656.675.555.750 Lisina Carboxipeptidase .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.696 Fosfotransferases .
D08.811.913.696.620 Fosfotransferases (Aceptor do Grupo Álcool) .
D08.811.913.696.620.682 Proteínas Quinases .
D08.811.913.696.620.682.700 Proteínas Serina-Treonina Quinases .
D08.811.913.696.620.682.700.125 Proteínas Quinases Dependentes de Cálcio-Calmodulina .
D08.811.913.696.620.682.700.125.387 Proteínas Quinases Associadas com Morte Celular .
D08.811.913.696.620.682.700.150 Proteínas Quinases Reguladas por Nucleotídeo Cíclico .
D08.811.913.696.620.682.700.150.125 Proteínas Quinases Dependentes de AMP Cíclico .
D08.811.913.696.620.682.700.150.125.750 Proteína Quinase Tipo I Dependente de AMP Cíclico .
D08.811.913.696.620.682.700.814 Quinases Associadas a rho .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.360 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.644.360.100 Proteínas Quinases Dependentes de Cálcio-Calmodulina .
D12.644.360.100.387 Proteínas Quinases Associadas com Morte Celular .
D12.644.360.200 Proteínas Quinases Reguladas por Nucleotídeo Cíclico .
D12.644.360.200.125 Proteínas Quinases Dependentes de AMP Cíclico .
D12.644.360.200.125.750 Proteína Quinase Tipo I Dependente de AMP Cíclico .
D12.644.360.590 Quinases Associadas a rho .
D12.776 Proteínas .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.743 Proteínas Quinases Associadas a Fase S .
D12.776.220 Proteínas do Citoesqueleto .
D12.776.220.600 Proteínas dos Microtúbulos .
D12.776.220.600.450 Proteínas Associadas aos Microtúbulos .
D12.776.476 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.776.476.100 Proteínas Quinases Dependentes de Cálcio-Calmodulina .
D12.776.476.100.387 Proteínas Quinases Associadas com Morte Celular .
D12.776.476.200 Proteínas Quinases Reguladas por Nucleotídeo Cíclico .
D12.776.476.200.125 Proteínas Quinases Dependentes de AMP Cíclico .
D12.776.476.200.125.750 Proteína Quinase Tipo I Dependente de AMP Cíclico .
D12.776.476.595 Quinases Associadas a rho .
D12.776.631 Proteínas do Tecido Nervoso .
D12.776.631.560 Proteínas Associadas aos Microtúbulos .
D12.776.631.750 Sinapsinas .
D12.776.744 Fosfoproteínas .
D12.776.744.840 Sinapsinas .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Proteínas Quinases Dependentes de Cálcio-Calmodulina .
Proteína Quinase Dependente de Ca(+2)-Calmodulina .
Proteína Cinase Dependente de Ca-Calmodulina .
Proteínas Quinases Dependentes da Calmodulina .
Proteínas Quinases Calmodulina-Dependentes .
Proteína Quinase Dependente de Ca(2+)-Calmodulina .
PROTEÍNA QUINASES DEPENDENTES DE CÁLCIO-CALMODULINA .
PROTEÍNA QUINASES DEPENDENTES DA CALMODULINA .
PROTEINOQUINASE DEPENDENTE DE CA(2+)-CALMODULINA .
PROTEINOQUINASES DEPENDENTES DE CÁLCIO-CALMODULINA .
PROTEINOQUINASES DEPENDENTES DA CALMODULINA .
PROTEÍNA QUINASES ASSOCIADAS A MICROTÚBULOS .
MAP QUINASES .
PROTEÍNA QUINASE ATIVADA POR MITÓGENO .
PROTEINOQUINASE ATIVADA POR MITOGÊNIO .
PROTEINOQUINASES ASSOCIADAS A MICROTÚBULOS .
Enzima dependente de CALMODULINA que catalisa a fosforilação de proteínas. Esta enzima também é, às vezes, dependente de CÁLCIO. Uma vasta amplitude de proteínas pode agir como aceptor, inclusive a VIMENTINA, SINAPSINA, GLICOGÊNIO SINTASE, CADEIAS LEVES DE MIOSINA, e as PROTEÍNAS ASSOCIADAS AOS MICROTÚBULOS. (Tradução livre do original: Enzyme Nomenclature, 1992, p277). .
0.69
 
Proteínas Associadas aos Microtúbulos .
Proteínas de alto peso molecular encontradas nos MICROTÚBULOS do sistema do citoesqueleto. Sob certas circunstâncias, elas são necessárias para o acoplamento da TUBULINA aos microtúbulos e estabilização dos microtúbulos formados. .
0.54
 
Proteínas Quinases Associadas com Morte Celular .
Proteínas Quinases Associadas à Morte Celular .
Quinases de Proteínas Associadas com Morte .
Quinases de Proteínas Associadas a Morte .
Família de PROTEÍNAS SERINA-TREONINA QUINASES dependentes de cálcio/calmodulina. São ubiquamente expressas em tecidos adulto e embrionário de mamíferos, e suas funções estão intrinsecamente relacionadas com os estágios iniciais da morte celular programada. .
0.53
 
Proteína Quinase Tipo I Dependente de AMP Cíclico .
Proteína Quinase A Tipo I .
Subtipo de proteína quinase dependente de AMP cíclico encontrado principalmente no CITOPLASMA. São proteínas tetraméricas que contêm duas subunidades catalíticas e duas subunidades reguladoras específicas do tipo I. .
0.52
 
Sinapsinas .
Sinapsina I .
Sinapsina II .
Sinapsina III .
Proteína I .
Proteína III .
Família de proteínas associadas às vesículas sinápticas envolvidas na regulação de curto prazo da liberação de NEUROTRANSMISSORES. A sinapsina I, o membro predominante desta família, liga as VESÍCULAS SINÁPTICAS a FILAMENTOS DE ACTINA no terminal nervoso pré-sináptico. Essas interações são moduladas pela FOSFORILAÇÃO reversível da sinapsina I através de várias vias de transdução de sinal. A proteína também é um substrato para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE C-AMP e para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE CÁLCIO-CALMODULINA. Acredita-se que essas propriedades funcionais também sejam compartilhadas pela sinapsina II. .
0.50
 
Proteínas Quinases Associadas a Fase S .
Família de proteínas, estruturalmente relacionadas, que foram originalmente identificadas por sua capacidade em formar complexos com proteínas CICLINAS. Todas apresentam um dominio comum que se liga especificamente aos MOTIVOS F-BOX. Formam parte das PROTEÍNAS LIGASES SKP CULINA F-BOX, nas quais podem unir-se a diversas PROTEÍNAS F-BOX. .
0.50
 
Quinases Associadas a rho .
Quinase Associada a rho .
Quinases serina-treonina de sinalização intracelular que se ligam a PROTEÍNAS RHO DE LIGAÇÃO A GTP. Originalmente verificou-se que medeiam os efeitos da PROTEÍNA DE LIGAÇÃO A GTP rhoA na formação das FIBRAS DE ESTRESSE e ADERÊNCIAS FOCAIS. As quinases associadas com Rho têm especificidade para vários substratos, incluindo a FOSFATASE DE MIOSINA-DE-CADEIA-LEVE e as QUINASES LIM. .
0.48
 
Lisina Carboxipeptidase .
Carboxipeptidase N .
Quininase I .
Metalocarboxipeptidase que remove o aminoácido básico C-terminal dos peptídeos e proteínas, com demonstrada preferência para lisina sob arginina. É uma enzima plasmática dependente de zinco que inativa a bradicinina e as anafilatoxinas. .
0.47