serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.500 Invertebrados .
B01.050.500.131 Artrópodes .
B01.050.500.131.617 Insetos .
B01.050.500.131.617.678 Ortópteros .
B01.050.500.131.617.678.410 Gryllidae .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.165 Buxaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.165.750 Pachysandra .
C04 Neoplasias .
C04.557 Neoplasias por Tipo Histológico .
C04.557.580 Neoplasias de Tecido Nervoso .
C04.557.580.600 Neoplasias da Bainha Neural .
C04.557.580.600.580 Neurofibroma .
C04.557.580.600.580.585 Neurofibroma Plexiforme .
C10 Doenças do Sistema Nervoso .
C10.228 Doenças do Sistema Nervoso Central .
C10.228.614 Meningite .
C10.500 Malformações do Sistema Nervoso .
C10.500.507 Malformações do Desenvolvimento Cortical .
C10.500.507.450 Malformações do Desenvolvimento Cortical do Grupo II .
C10.500.507.450.499 Lisencefalia .
C10.551 Neoplasias do Sistema Nervoso .
C10.551.775 Neoplasias do Sistema Nervoso Periférico .
C10.551.775.500 Neoplasias da Bainha Neural .
C10.551.775.500.750 Neurofibroma .
C10.551.775.500.750.500 Neurofibroma Plexiforme .
C10.668 Doenças Neuromusculares .
C10.668.829 Doenças do Sistema Nervoso Periférico .
C10.668.829.725 Neoplasias do Sistema Nervoso Periférico .
C10.668.829.725.500 Neoplasias da Bainha Neural .
C10.668.829.725.500.600 Neurofibroma .
C10.668.829.725.500.600.500 Neurofibroma Plexiforme .
C16 Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais .
C16.131 Anormalidades Congênitas .
C16.131.666 Malformações do Sistema Nervoso .
C16.131.666.507 Malformações do Desenvolvimento Cortical .
C16.131.666.507.450 Malformações do Desenvolvimento Cortical do Grupo II .
C16.131.666.507.450.499 Lisencefalia .
D03 Compostos Heterocíclicos .
D03.132 Alcaloides .
D03.132.786 Esparteína .
D03.633 Compostos Heterocíclicos de Anéis Fundidos .
D03.633.100 Compostos Heterocíclicos com 2 Anéis .
D03.633.100.834 Quinolizinas .
D03.633.100.834.737 Quinolizidinas .
D03.633.100.834.737.500 Esparteína .
E01 Diagnóstico .
E01.370 Técnicas e Procedimentos Diagnósticos .
E01.370.380 Técnicas de Diagnóstico Oftalmológico .
E01.370.380.112 Paquimetria Corneana .
G04 Fenômenos Fisiológicos Celulares .
G04.144 Ciclo Celular .
G04.144.220 Divisão Celular .
G04.144.220.220 Divisão do Núcleo Celular .
G04.144.220.220.687 Meiose .
G04.144.220.220.687.883 Prófase .
G04.144.220.220.687.883.750 Estágio Paquíteno .
G04.144.220.220.781 Mitose .
G04.144.220.220.781.906 Prófase .
G04.144.220.220.781.906.750 Estágio Paquíteno .
G05 Fenômenos Genéticos .
G05.113 Divisão Celular .
G05.113.220 Divisão do Núcleo Celular .
G05.113.220.687 Meiose .
G05.113.220.687.883 Prófase .
G05.113.220.687.883.750 Estágio Paquíteno .
G05.113.220.781 Mitose .
G05.113.220.781.906 Prófase .
G05.113.220.781.906.750 Estágio Paquíteno .
Z01 Localizações Geográficas .
Z01.252 Ásia 946 .
Z01.252.245 Ásia Ocidental .
Z01.252.245.723 Paquistão .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Meningite .
Meningites .
Paquimeningite .
Doença Meningocócica e Outras Meningites .
Inflamação das membranas de recobrimento do encéfalo e/ou medula espinal constituída por PIA MATER, ARACNOIDE e DURA MATER. Infecções virais, bacterianas e fúngicas são as causas mais comuns desta afecção, porém HEMORRAGIA SUBARACNÓIDEA, irritação química (meningite química), afecções granulomatosas, afecções neoplásicas (MENINGITE CARCINOMATOSA) e outras afecções inflamatórias podem produzir esta síndrome. (Tradução livre do original: Joynt, Clinical Neurology, 1994, Ch24, p6) .
1.00
 
Estágio Paquíteno .
Paquíteno .
Estágio na primeira profase meiótica, após o ESTÁGIO ZIGÓTENO, quando começa a TROCA GENÉTICA entre os CROMOSSOMOS homólogos. .
0.67
 
Paquistão .
República Islâmica do Paquistão .
País localizado ao sul da Ásia, fazendo fronteira com o Mar da Arábia, entre Índia a leste, Irã e Afeganistão a oeste, e China ao norte. sua capital é Islamabad. .
0.62
 
Gryllidae .
Paquinhas .
Grilos-Toupeira .
Grylloidea .
Gryllotalpoidea .
Grilóideos .
Grilotalpóideos .
Cachorrinhos-D'Água .
Gryllus .
Gryllotalpa .
Oecanthus .
Grilos .
A família Gryllidae consiste do mais comum grilo doméstico, Acheta domesticus, que é utilizado em estudos neurológicos e fisiológicos. Outros gêneros incluem Gryllotalpa (grilo toupeira); Gryllus (grilo de carpina); e Oecanthus (grilo de árvore). .
0.60
 
Pachysandra .
Paquisandra .
Gênero de plantas (família BUXACEAE) que não deve ser confundido com o eufórbio comum (EUPHORBIA). .
0.56
 
Lisencefalia .
Agiria .
Paquigiria .
Lissencefalia .
Malformação do tipo "encéfalo liso" no CÓRTEX CEREBRAL, que resulta da localização anormal de neurônios em desenvolvimento durante a corticogênese. Caracteriza-se por ausência de indentações contorcidas normais na superfície do encéfalo (agiria) ou menos identações (paquigiria) e mais rasas. Há um número reduzido de camadas corticais, tipicamente 4 ao invés de 6, resultando em um córtex espesso e substância branca cerebral reduzida, que é o inverso da razão normal entre substância branca e córtex cerebral. .
0.55
 
Esparteína .
Paquicarpina .
Alcaloide de quinolizidina isolado de várias FABACEAE, entre elas LUPINUS, SPARTIUM e CYTISUS. É utilizada como ocitócico e antiarrítmico. Também tem sido de interesse como indicador do genótipo CYP2D6. .
0.54
 
Paquimetria Corneana .
Medida da espessura da CÓRNEA. .
0.54
 
Neurofibroma Plexiforme .
Elefantíase Neuromatosa .
Neuromas Plexiformes .
Paquidermatocele .
Tipo de neurofibroma manifestando-se com crescimento exagerado e difuso de tecido subcutâneo, normalmente envolvendo a face, couro cabeludo, pescoço e peito, mas ocasionalmente ocorre no abdome ou pelve. Os tumores tendem a progredir e podem se estender ao longo das raizes nervosas para finalmente envolver as raizes espinhais e a medula espinhal. Esse processo é quase sempre uma manifestação de NEUROFIBROMATOSE 1. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p1016; J Pediatr 1997 Nov;131(5):678-82) .
0.51