serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A02 Sistema Musculoesquelético .
A02.835 Esqueleto .
A02.835.232 Osso e Ossos .
A02.835.232.043 Ossos da Extremidade Inferior .
A02.835.232.043.650 Ossos da Perna .
A02.835.232.043.650.624 Patela .
A02.835.232.730 Ossos Sesamoides .
A02.835.232.730.500 Patela .
A13 Estruturas Animais .
A13.395 Membro Anterior .
A13.473 Membro Posterior .
B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.248 Aves 1344 .
B01.050.150.900.248.050 Anseriformes .
B01.050.150.900.248.050.200 Patos .
B01.050.150.900.248.617 Aves Domésticas .
B01.050.150.900.248.617.345 Patos .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.198 Caryophyllanae .
B01.650.940.800.575.912.250.198.500 Caryophyllales .
B01.650.940.800.575.912.250.198.500.250 Caryophyllaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.198.500.250.222 Dianthus .
D01 Compostos Inorgânicos .
D01.268 Elementos .
D01.268.150 Carbono .
D01.268.150.200 Diamante .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.464 Proteínas Associadas a Gotículas Lipídicas .
D12.776.157.464.500 Perilipinas .
E02 Terapêutica .
E02.190 Terapias Complementares .
HP3 Terapêutica Homeopática .
HP3.018 Terapias Complementares .
V02 Formatos de Publicação .
V02.675 Patentes .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Membro Anterior .
Pata Dianteira .
Membro dianteiro de um quadrúpede. .
1.00
298346
 
Patos .
Ave aquática da ordem Anseriformes (subfamília Anatinae, os patos verdadeiros) com um amplo bico, pernas curtas, pés palmados e trote desajeitado. .
0.48
209265
 
Patentes .
Patente .
Patentes [Tipo de Publicação] .
Trabalhos que consistem em documentos concedidos por um governo dando direitos exclusivos a um inventor ou procurador para fabricar, usar ou vender uma invenção por um certo número de anos. .
0.48
00
 
Membro Posterior .
Patas Traseiras .
Cada uma das duas extremidades traseiras de animais terrestres não primatas, que apresentam quatro membros. Geralmente é constituído por FÊMUR, TÍBIA, FÍBULA, OSSOS DO TARSO, OSSOS DO METATARSO e DEDOS DO PÉ. (Tradução livre do original: Storer et al., General Zoology, 6th ed, p 73) .
0.47
7220758
 
Diamante .
Diamante. Um forma cristalina de carbono existente na forma de duros cristais isômeros incolores ou coloridos. Uma pedra preciosa utilizada para cortar vidro e como suporte para delicados mecanismos. .
0.46
271864
 
Dianthus .
Craveiro .
Cravo .
Gênero de plantas (família CARYOPHYLLACEAE) cujos membros contêm diantinas (proteínas inativadoras de ribossomos). .
0.44
2172
 
Terapias Complementares .
Medicina Alternativa .
Medicina Complementar .
Terapias Alternativas .
Magnetismo Vegetal .
Práticas de Saúde Integrativas e Complementares .
Medicina Complementar e Integrativa .
Práticas Integrativas e Complementares .
Práticas de Saúde Complementares e Integrativas .
Medicina Integrativa e Complementar .
Práticas Complementares e Integrativas .
CULTOS TERAPÊUTICOS .
DIANÉTICA .
CIENTOLOGIA .
Todas as terapias podem ser consideradas complementares e/ou alternativas. Tanto a terapia tradicional quanto as demais podem prescindir de outras terapias atuando individualmente; neste caso a eleita será a terapia alternativa de tratamento. Quando todas elas, ao necessitarem do auxílio de outras, são consideradas terapias complementares. .
0.44
108915175
 
Patela .
Rótula .
Osso achatado, triangular, situado na parte anterior do JOELHO. .
0.42
2358479
 
Perilipinas .
Proteínas PAT .
Proteínas Perilipina-Adipofilina-TIP47 .
Proteínas Perilipinas .
Proteínas PLIN .
Família de proteínas associadas a gotículas lipídicas de vertebrados e insetos. Consistem de um domínio PAT N terminal conservado (uma região em alfa hélice de aproximadamente 110 aminoácidos), uma região repetitiva de hendecâmeros e regiões hidrofóbicas de ligação a lipídeos ou feixes de 4 hélices perto de suas regiões C terminais. Perilipinas localizam-se transiente ou constitutivamente em GOTÍCULAS LIPÍDICAS nos ADIPÓCITOS e CÉLULAS ESPUMOSAS, especialmente em regiões adjacentes à MEMBRANA PLASMÁTICA e ao RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO. São críticas para a síntese e homeostase de gotículas lipídicas, bem como para a regulação do metabolismo de lipídeos. Variações genéticas nas perilipinas têm sido associadas com ATEROSCLEROSE, OBESIDADE e DIABETES MELLITUS. .
0.41
19