serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.464 Proteínas Associadas a Gotículas Lipídicas .
D12.776.157.464.500 Perilipinas .
D12.776.157.464.500.500 Perilipina-1 .
D12.776.157.464.500.750 Perilipina-2 .
D12.776.157.464.500.875 Perilipina-3 .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Perilipina-1 .
Perilipina .
Perilipina A .
Perilipina B .
Proteína PERI .
Proteína Perilipina .
Proteína Perilipina A .
Proteína Perilipina B .
Proteína Plin .
Proteína de gotículas lipídicas expressa principalmente por ADIPÓCITOS de TECIDO ADIPOSO BRANCO e do TECIDO ADIPOSO MARROM. Colocaliza-se com MACRÓFAGOS e CÉLULAS ESPUMOSAS de lesões ateroscleróticas e estabiliza as GOTÍCULAS LIPÍDICAS por meio da inibição da atividade da ESTEROL ESTERASE. Também pode proteger os TRIGLICERÍDEOS da hidrólise dentro da MEMBRANA PLASMÁTICA e modulam, assim, a atividade da colesterol ester hidrolase (ver ESTEROL ESTERASE). .
1.00
0454
 
Perilipinas .
Proteínas PAT .
Proteínas Perilipina-Adipofilina-TIP47 .
Proteínas Perilipinas .
Proteínas PLIN .
Família de proteínas associadas a gotículas lipídicas de vertebrados e insetos. Consistem de um domínio PAT N terminal conservado (uma região em alfa hélice de aproximadamente 110 aminoácidos), uma região repetitiva de hendecâmeros e regiões hidrofóbicas de ligação a lipídeos ou feixes de 4 hélices perto de suas regiões C terminais. Perilipinas localizam-se transiente ou constitutivamente em GOTÍCULAS LIPÍDICAS nos ADIPÓCITOS e CÉLULAS ESPUMOSAS, especialmente em regiões adjacentes à MEMBRANA PLASMÁTICA e ao RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO. São críticas para a síntese e homeostase de gotículas lipídicas, bem como para a regulação do metabolismo de lipídeos. Variações genéticas nas perilipinas têm sido associadas com ATEROSCLEROSE, OBESIDADE e DIABETES MELLITUS. .
0.75
19
 
Perilipina-2 .
Adipofilina .
Proteína ADRP .
Proteína Perilipina 2 .
Proteína PLIN2 .
Proteína Relacionada à Diferenciação Adiposa .
Perilipina expressa por muitos tipos celulares diferentes. Liga-se a ÁCIDOS GRAXOS e COLESTEROL, estabiliza os TRIGLICERÍDEOS e se localiza tanto na superfície quanto no corpo hidrofóbico das GOTÍCULAS LIPÍDICAS quanto no RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO dos MACRÓFAGOS. Também desempenha papel central na biogênese das gotículas lipídicas e das CÉLULAS ESPUMOSAS e é altamente expresso por macrófagos nas lesões ateroscleróticas nas artérias humanas junto com os marcadores inflamatórios TNF-alfa, receptor MCP-1 (ver RECEPTORES CCR2) e IL-6. .
0.61
0414
 
Perilipina-3 .
Perilipina 3 .
Proteína 1 de Ligação ao Receptor de Manose 6-Fosfato .
Proteína de Ligação ao Receptor de Manose 6-Fosfato de 47kDa .
Proteína de 47 kDa de Ligação ao MPR .
Proteína de 47kDa de Ligação ao Receptor de Manose 6-Fosfato .
Proteína de Ligação ao MPR de 47 kDa .
Proteína Perilipina 3 .
Proteína Placentária 17 .
Proteína PLIN3 .
Proteína TIP de 47 kDa .
Proteína TIP47 .
Proteína TIP47 de Seleção de Carga .
Perilipina que se localiza em GOTÍCULAS LIPÍDICAS, CITOPLASMA, ENDOSSOMOS e MEMBRANA PLASMÁTICA, especialmente em MACRÓFAGOS. Age como um transportador de ácidos graxos soltos às gotículas lipídicas promovendo, assim, sua biogênese e crescimento. Também é necessária no transporte do RECEPTOR DE MANOSE-6-FOSFATO (ver RECEPTOR IGF TIPO 2) dos endossomos até a REDE TRANS-GOLGI. Sua estrutura consiste de quatro feixes em hélice que interagem com a superfície hidrofóbica lipídica das gotículas. .
0.60
0122