serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D02 Compostos Orgânicos .
D02.886 Compostos de Enxofre .
D02.886.369 Fenotiazinas .
D02.886.369.918 Triflupromazina .
D03 Compostos Heterocíclicos .
D03.383 Compostos Heterocíclicos com 1 Anel .
D03.383.679 Pirazinas .
D03.383.679.750 Pirazinamida .
D03.633 Compostos Heterocíclicos de Anéis Fundidos .
D03.633.300 Compostos Heterocíclicos com 3 Anéis .
D03.633.300.741 Fenotiazinas .
D03.633.300.741.918 Triflupromazina .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.505 Ações Farmacológicas .
D27.505.954 Usos Terapêuticos .
D27.505.954.122 Anti-Infecciosos .
D27.505.954.122.085 Antibacterianos .
D27.505.954.122.085.255 Antituberculosos .
D27.505.954.122.085.255.135 Antibióticos Antituberculose .
D27.505.954.122.250 Antiparasitários .
D27.505.954.122.250.100 Antiprotozoários .
D27.505.954.122.250.100.115 Antitricômonas .
D27.505.954.122.388 Antivirais .
E02 Terapêutica .
VS3 Vigilância Sanitária de Serviços de Saúde .
VS3.003 Assistência à Saúde .
VS3.003.001 Assistência ao Paciente .
VS3.003.001.006 Terapêutica .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Pirazinamida .
Pirazina usada terapeuticamente como agente antitubercular. .
1.00
 
Antituberculosos .
Agentes Antituberculosos .
Fármacos Antituberculosos .
Tuberculostáticos .
Fármacos usados no tratamento da tuberculose. São divididas em duas classes principais: os fármacos de "primeira-linha", usados com sucesso na grande maioria dos casos, são aqueles que apresentam a maior eficácia e com graus aceitáveis de toxicidade; e os fármacos de "segunda-linha", usados nos casos de farmacorresistência ou naqueles em que alguma outra afecção relacionada com o paciente tenha reduzido a eficiência do tratamento primário. .
0.54
 
Triflupromazina .
Fluopromazina .
Fenotiazina usada como agente antipsicótico e antiemético. .
0.43
 
/terapia .
/gerenciamento da doença .
/terapêutica .
/tratamento .
Usado com doenças para intervenções terapêuticas, exceto cirurgia, dietoterapia, farmacoterapia e radioterapia, para as quais existem qualificadores específicos. Usado também para terapias múltiplas. .
0.41
 
Terapêutica .
Ação Terapêutica .
Ações Terapêuticas .
Medida Terapêutica .
Medidas Terapêuticas .
Procedimento Curativo .
Procedimentos Curativos .
Procedimento de Terapia .
Procedimentos de Terapia .
Procedimento de Tratamento .
Procedimento Terapêutico .
Procedimentos de Tratamento .
Procedimentos Terapêuticos .
Terapia .
Terapias .
Tratamento .
Tratamentos .
Propriedade Terapêutica .
ECLETICISMO .
Procedimentos com interesse no tratamento curativo ou preventivo de doenças. .
0.41
 
Antibióticos Antituberculose .
Substâncias obtidas de várias espécies de micro-organismos que são, isoladamente ou em combinação com outros agentes, úteis no tratamento de várias formas de tuberculose. Em sua maioria estes agentes são apenas bacteriostáticos, induzem resistência nos organismos, podendo ser tóxicos. .
0.41
 
Antivirais .
Agente Antiviral .
Agentes Antivirais .
Antiviral .
Inibidores de Vírus .
Agentes usados na profilaxia ou no tratamento das VIROSES. Entre seus modos de ação estão o impedimento da replicação viral por meio da inibição da polimerase de DNA viral; unindo-se a receptores específicos de superfície celular, inibindo a penetração viral ou provocando a perda do capsídeo; inibindo a síntese proteica viral o bloqueando as etapas finais da montagem viral. .
0.40
 
Pirazinas .
Pirazínico .
Pirazínicos .
Compostos orgânicos heterocícliocs aromáticos com a fórmula C4H4N2. .
0.40
 
Antitricômonas .
Agentes Antitricômonas .
Anti-Trichomonas .
Antitrichomonas .
Agentes usados para tratar infecções por tricômonas. .
0.39