serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A02 Sistema Musculoesquelético .
A02.165 Cartilagem .
A02.165.308 Fibrocartilagem .
A02.165.308.650 Placa Plantar .
A02.513 Ligamentos .
A02.513.514 Ligamentos Articulares .
A02.513.514.538 Placa Plantar .
A02.835 Esqueleto .
A02.835.583 Articulações .
A02.835.583.378 Articulações do Pé .
A02.835.583.378.531 Articulação Metatarsofalângica .
A02.835.583.378.531.500 Placa Plantar .
A02.835.583.378.900 Articulação do Dedo do Pé .
A02.835.583.378.900.500 Placa Plantar .
A02.835.583.512 Ligamentos Articulares .
A02.835.583.512.538 Placa Plantar .
A10 Tecidos .
A10.165 Tecido Conjuntivo .
A10.165.382 Cartilagem .
A10.165.382.350 Fibrocartilagem .
A10.165.382.350.400 Placa Plantar .
A10.165.669 Ligamentos .
A10.165.669.514 Ligamentos Articulares .
A10.165.669.514.538 Placa Plantar .
B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.500 Invertebrados .
B01.050.500.408 Equinodermos .
B01.050.500.408.560 Pepinos-do-Mar .
B01.050.500.408.560.700 Stichopus .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.910 Stemonaceae .
B03 Bactérias .
B03.660 Proteobactérias .
B03.660.125 Deltaproteobacteria .
B03.660.125.500 Myxococcales .
B03.660.125.500.710 Stigmatella .
C05 Doenças Musculoesqueléticas .
C05.550 Artropatias .
C05.550.114 Artrite .
C05.550.114.122 Artrite Juvenil .
C05.799 Doenças Reumáticas .
C05.799.056 Artrite Juvenil .
C17 Doenças da Pele e do Tecido Conjuntivo .
C17.300 Doenças do Tecido Conjuntivo .
C17.300.775 Doenças Reumáticas .
C17.300.775.049 Artrite Juvenil .
C20 Doenças do Sistema Imune .
C20.111 Doenças Autoimunes .
C20.111.198 Artrite Juvenil .
D05 Substâncias Macromoleculares .
D05.750 Polímeros .
D05.750.716 Plásticos .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.125 Proteínas de Ligação ao Cálcio .
D12.776.157.125.806 Moléculas de Interação Estromal .
D12.776.157.125.806.500 Molécula 1 de Interação Estromal .
D12.776.157.125.806.750 Molécula 2 de Interação Estromal .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.875 Moléculas de Interação Estromal .
D12.776.543.875.500 Molécula 1 de Interação Estromal .
D12.776.543.875.750 Molécula 2 de Interação Estromal .
D25 Materiais Biomédicos e Odontológicos .
D25.720 Polímeros .
D25.720.716 Plásticos .
HP4 Materia Medica .
HP4.018 Medicamento Homeopático .
HP4.018.685 Medicamento Homeopático S .
HP4.018.685.769 Sticta pulmonaria .
J01 Tecnologia, Indústria e Agricultura .
J01.637 Manufaturas .
J01.637.051 Materiais Biomédicos e Odontológicos .
J01.637.051.720 Polímeros .
J01.637.051.720.716 Plásticos .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.031 Resíduos .
SP4.031.317 Resíduos Sólidos .
SP4.031.317.873 Resíduos Industriais .
SP4.031.317.873.494 Plásticos .
VS4 Vigilância Sanitária Ambiental .
VS4.001 Saúde Ambiental .
VS4.001.001 Monitoramento Ambiental .
VS4.001.001.005 Gerenciamento de Resíduos .
VS4.001.001.005.001 Resíduos Sólidos .
VS4.001.001.005.001.003 Características de Resíduos Sólidos .
VS4.001.001.005.001.003.002 Plásticos .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Plásticos .
Materiais Plásticos .
Materiais poliméricos (geralmente orgânicos) de massa molecular elevada, que podem ser moldados por fluxo. O termo plástico geralmente se refere ao produto final com cargas (fillers), plastificantes e pigmentos, além de estabilizadores (acrescidos à resina, o material inicial polimérico homogêneo). (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed) .
0.60
6310017
 
Molécula 2 de Interação Estromal .
Proteína STIM2 .
Molécula 2 de Interação do Estroma .
Molécula 2 de Interação com o Estroma .
Molécula de interação estromal que funciona como sensor altamente sensível a cálcio no RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO e no CITOSOL. Pode regular os CANAIS DE CÁLCIO ATIVADOS PELA LIBERAÇÃO DE CÁLCIO como resposta a mínimas variações nos níveis de cálcio intracelular. .
0.54
0131
 
Molécula 1 de Interação Estromal .
Proteína STIM1 .
Molécula 1 de Interação do Estroma .
Molécula 1 de Interação com o Estroma .
Molécula de interação estromal que age na regulação do influxo de cálcio após a depleção intracelular de cálcio no RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO. Ela é translocada para a membrana plasmática sob a depleção de cálcio, onde ativa a PROTEÍNA ORAI1, um constituinte dos CANAIS DE CÁLCIO ATIVADOS PELA LIBERAÇÃO DE CÁLCIO. .
0.54
0871
 
Stichopus .
Gênero de PEPINOS-DO-MAR (família Stichopodidae), grandes, epibentônicos, cultivados comercialmente no sudeste da Ásia para alimentação. .
0.52
0202
 
Stemonaceae .
Estemonáceas .
Estêmona .
Croomia .
Stemona .
Stichoneuron .
Estmonáceas .
Pequena família de plantas , monocotiledôneas (ordem Liliales, subclasse Liliidae, classe Liliopsida). .
0.49
0131
 
Artrite Juvenil .
Artrite Juvenil Crônica .
Artrite Juvenil Idiopática .
Artrite Reumatoide Juvenil .
Doença de Still de Início Juvenil .
Artritis Juvenil Idiopática .
DOENÇA DE STILL .
Artrite infantil, com início antes dos 16 anos de idade. Os termos artrite reumatoide juvenil (ARJ) e artrite idiopática juvenil (AIJ) referem-se a sistemas de classificação para artrites crônicas em crianças. Somente um subtipo de artrite juvenil (de início poliarticular positiva para o fator reumatoide) assemelha-se clinicamente à artrite reumatoide do adulto e é considerada o seu equivalente infantil. .
0.46
3229122
 
Stigmatella .
Gênero de MYXOCOCCALES que possui células vegetativas que são bastonetes retos com extremidades cônicas e myxosporos, que são curtos e, de certa forma, tortos. Corpos de frutificação consistem de esporângios de forma esférica, ovoide ou de taco, nas hifas. .
0.46
04
 
Sticta pulmonaria .
Lobaria pulmonaria .
Medicamento homeopático. Lobaria pulmonaria. Abrev.: "stict.". Origem vegetal. Habitat original: Estados Unidos. Parte utilizada: talo seco. .
0.45
00
 
Plantas .
Planta .
Plantae .
Vegetais .
Formas de vida eucarióticas e multicelulares do reino Plantae (lato sensu), compreendendo VIRIDIPLANTAE, RODÓFITAS e GLAUCÓFITAS, todas as quais obtiveram cloroplastos por endossimbiose direta com CIANOBACTÉRIAS. São caracterizadas por modo de nutrição predominantemente fotossintético; crescimento essencialmente ilimitado em certas regiões de divisão celular localizadas (MERISTEMA); celulose no interior das células que confere rigidez, ausência de órgãos de locomoção, ausência de sistemas nervoso e sensorial e alternância entre gerações haploides e diploides. .
0.41
96562486
 
Placa Plantar .
Ligamento fibrocartilaginoso nas articulações metatarsofalangeana e interfalangeana do dedo do pé. .
0.40
030