serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A02 Sistema Musculoesquelético .
A02.340 Fáscia .
A10 Tecidos .
A10.165 Tecido Conjuntivo .
A10.165.425 Fáscia .
C03 Doenças Parasitárias .
C03.335 Helmintíase .
C03.335.865 Infecções por Trematódeos .
C03.335.865.354 Fasciolíase .
C03.518 Hepatopatias Parasitárias .
C03.518.424 Fasciolíase .
C05 Doenças Musculoesqueléticas .
C05.321 Fasciite .
C06 Doenças do Sistema Digestório .
C06.552 Hepatopatias .
C06.552.664 Hepatopatias Parasitárias .
C06.552.664.424 Fasciolíase .
D01 Compostos Inorgânicos .
D01.268 Elementos .
D01.268.556 Metais Pesados .
D01.268.556.812 Prata .
D01.268.956 Elementos de Transição .
D01.268.956.843 Prata .
D01.552 Metais .
D01.552.544 Metais Pesados .
D01.552.544.812 Prata .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.352 Esterases .
D08.811.277.352.650 Monoéster Fosfórico Hidrolases .
D08.811.277.352.650.625 Fosfoproteínas Fosfatases .
D08.811.277.352.650.625.687 Proteína Fosfatase 1 .
F01 Comportamento e Mecanismos Comportamentais .
F01.752 Personalidade .
F01.752.747 Desenvolvimento da Personalidade .
F01.752.747.722 Desenvolvimento Psicossexual .
F02 Fenômenos Psicológicos .
F02.739 Teoria Psicológica .
F02.739.794 Teoria Psicanalítica .
F02.739.794.793 Desenvolvimento Psicossexual .
G02 Fenômenos Químicos .
G02.111 Fenômenos Bioquímicos .
G02.111.225 Replicação do DNA .
G02.111.225.880 Fase S .
G04 Fenômenos Fisiológicos Celulares .
G04.144 Ciclo Celular .
G04.144.220 Divisão Celular .
G04.144.220.220 Divisão do Núcleo Celular .
G04.144.220.220.687 Meiose .
G04.144.220.220.687.444 Prófase Meiótica I .
G04.144.500 Interfase .
G04.144.500.800 Fase S .
G05 Fenômenos Genéticos .
G05.113 Divisão Celular .
G05.113.220 Divisão do Núcleo Celular .
G05.113.220.687 Meiose .
G05.113.220.687.500 Prófase Meiótica I .
G05.226 Replicação do DNA .
G05.226.880 Fase S .
G16 Fenômenos Biológicos .
G16.500 Fenômenos Ecológicos e Ambientais .
G16.500.275 Meio Ambiente .
G16.500.275.157 Ecossistema .
G16.500.275.157.531 Pradaria .
N06 Meio Ambiente e Saúde Pública .
N06.230 Meio Ambiente .
N06.230.124 Ecossistema .
N06.230.124.390 Pradaria .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.011 Ciência .
SP4.011.097 Química .
SP4.011.097.063 Elementos .
SP4.011.097.063.954 Prata .
SP8 Desastres .
SP8.473 Risco .
SP8.473.654 Ameaças .
SP8.473.654.482 Geografia .
SP8.473.654.482.182 Pradaria .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Pradaria .
Campina .
Campo (Bioma) .
Cerrado .
Pampa .
Pampas .
Prado .
Prados .
Pradarias .
Savana .
Savanas .
Estepe .
Estepes .
1) Ecossistema dominado por gramíneas (POACEAE) com poucas árvores ou arbustos. 2) Savana: Região semi-árida (índice de seca 1 a 7). Formação vegetal própria das regiões tropicais com uma longa estação seca, caracterizada pelo predomínio das gramíneas e das plantas rizomatosas de grande porte entremeadas de árvores esparsas. Essa vegetação fica marrom e seca na maior parte do ano, exceto na curta estação de chuvas, e particularmente sujeita a extensos incêndios. (Tradução livre do original: Material V - Gunn, S.W.A. Multilingual Dictionary of Disaster Medicine and International Relief, 1990) .
0.46
2241107
 
Prata .
Elemento com o símbolo atômico Ag, número atômico 47 e peso atômico 107,87. É um metal macio utilizado na medicina em instrumentos cirúrgicos, próteses dentárias e ligas metálicas. Utilização dos sais de prata por um longo período pode levar a uma forma de envenenamento conhecida por ARGIRIA. .
0.45
13118838
 
Prófase Meiótica I .
Diacinese .
Diplóteno .
Estágio Diacinese .
Estágio Diplóteno .
Estágio Leptóteno .
Estágio Zigóteno .
Leptóteno .
Zigóteno .
Prófase 1 .
Prófase I .
Prófase Meiótica 1 .
Estágio Zigóteno .
Estágio de Leptóteno .
Estágio de Zigoteno .
Prófase da primeira divisão da MEIOSE (na qual ocorre a SEGREGAÇÃO DE CROMOSSOMOS homólogos). É dividida em cinco estágios: leptóteno, zigóteno, paquíteno, diplóteno e diacinese. .
0.45
2332
 
Fáscia .
Camadas de tecido conjuntivo de espessuras variáveis. A fáscia superficial encontra-se imediatamente abaixo da pele, enquanto que a fáscia profunda envolve MÚSCULOS, nervos e outros órgãos. .
0.44
1265390
 
Proteína Fosfatase 1 .
Subtipo de proteína serina-treonina fosfatases eucarióticas que desfosforila uma ampla variedade de proteínas celulares. A enzima é composta por uma subunidade catalítica e outra regulatória. Existem várias isoformas da subunidade catalítica da proteína fosfatase devido a vários genes e ao processamento alternativo de seus RNA mensageiros. Mostrou-se que um grande número de proteínas atua como subunidades regulatórias para esta enzima. Muitas destas subunidades regulatórias também têm outras funções celulares. .
0.42
33091
 
Desenvolvimento Psicossexual .
Fase Anal .
Fase Fálica .
Os estágios de desenvolvimento dos aspectos psicológicos da sexualidade, desde o nascimento até a idade adulta, i. é, as fases oral, anal, genital e latente. .
0.42
1833523
 
Fasciite .
Fascite .
Inflamação da fáscia. Há três tipos principais: 1) fasciite eosinofílica, uma reação inflamatória com eosinofilia, produzindo uma pele espessa e dura com uma configuração de casca de laranja, sugestiva de escleroderma e considerada por alguns, como uma variante de escleroderma; 2) FASCIITE NECROSANTE, uma séria infecção fulminante (normalmente causada por estreptococo beta hemolítico) causando necrose extensa da fáscia superficial; 3) Fasciite proliferativa/pseudossarcomatosa/nodular, caracterizada por um crescimento rápido de fibroblastos com células inflamatórias mononucleares e proliferação capilar em tecidos moles, geralmente do antebraço; não é maligna, mas, às vezes, é confundida com fibrossarcoma. .
0.41
1052337
 
Fasciolíase .
Infecção por Fasciola .
Doença hepática causada por infecções com trematódeos parasitas do gênero FASCIOLA, como a FASCÍOLA HEPÁTICA. .
0.41
 
Fase S .
Fase do CICLO CELULAR após a fase G1 e precede a fase G2, quando o conteúdo total de DNA do núcleo é duplicado. É obtido por uma replicação bidirecional em vários sítios ao longo de cada cromossomo. .
0.41
149153