serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.649 Mamíferos .
B01.050.150.900.649.313 Eutérios .
B01.050.150.900.649.313.750 Carnívoros .
B01.050.150.900.649.313.750.377 Feliformes .
B01.050.150.900.649.313.750.377.937 Hyaenidae .
D02 Compostos Orgânicos .
D02.092 Aminas .
D02.092.831 Propilaminas .
D02.092.831.690 Prometazina .
D02.241 Ácidos Carboxílicos .
D02.241.081 Ácidos Acíclicos .
D02.241.081.944 Valeratos .
D02.241.081.944.550 Proadifeno .
D02.886 Compostos de Enxofre .
D02.886.369 Fenotiazinas .
D02.886.369.670 Prometazina .
D03 Compostos Heterocíclicos .
D03.132 Alcaloides .
D03.132.920 Alcaloides de Veratrum .
D03.132.920.256 Cevanas .
D03.132.920.256.543 Protoveratrinas .
D03.383 Compostos Heterocíclicos com 1 Anel .
D03.383.931 Triazinas .
D03.383.931.674 Prometrina .
D03.633 Compostos Heterocíclicos de Anéis Fundidos .
D03.633.300 Compostos Heterocíclicos com 3 Anéis .
D03.633.300.741 Fenotiazinas .
D03.633.300.741.670 Prometazina .
D03.633.400 Compostos Heterocíclicos de 4 ou mais Anéis .
D03.633.400.256 Cevanas .
D03.633.400.256.543 Protoveratrinas .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.125 Aminoácidos .
D12.125.072 Aminoácidos Cíclicos .
D12.125.072.401 Iminoácidos .
D12.125.072.401.623 Prolina .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.125 Fatores de Coagulação Sanguínea .
D12.776.124.125.300 Fator V .
D12.776.642 Coroa de Proteína .
D23 Fatores Biológicos .
D23.119 Fatores de Coagulação Sanguínea .
D23.119.300 Fator V .
G01 Fenômenos Físicos .
G01.482 Movimento (Física) .
G01.482.107 Aceleração .
G01.482.107.373 Desaceleração .
SP8 Desastres .
SP8.473 Risco .
SP8.473.654 Ameaças .
SP8.473.654.692 Técnicas, Medidas, Equipamentos de Medição .
SP8.473.654.692.792 Técnicas .
SP8.473.654.692.792.677 Aceleração .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Fator V .
Fator V de Coagulação .
Proacelerina .
Fator de Coagulação V .
Fator 5 .
Fator Cinco .
Glicoproteína plasmática termolábil e vulnerável ao armazenamento que acelera a conversão de protrombina em trombina na coagulação sanguínea. O fator V propicia isto através da formação de um complexo com o fator Xa, fosfolípide e cálcio (complexo protrombinase). A deficiência do fator V leva à doença de Owren. .
1.00
 
Protoveratrinas .
Criptenamina .
Neoprotoveratrina .
Protoverina .
Veratetrina .
Misturas de alcaloides hipotensores intimamente relacionados, de Veratrum album (Liliaceae). Têm sido usadas no tratamento da hipertensão, mas amplamente substituídas por drogas com menos efeitos adversos. .
0.39
 
Aceleração .
1) Um aumento na taxa de velocidade. 2) Variação da velocidade em função do tempo. Utiliza-se na engenharia sísmica para definir o movimento vibratório do solo ou das estruturas; expressa-se em fração de gravidade (g) (Material II - IDNDR, 1992) .
0.38
 
Prometazina .
Fenergan .
Proazamina .
Derivado de fenotiazina com propriedades bloqueadoras do receptor de histamina tipo H1, antimuscarínicas e sedativas. É utilizada como antialérgico, contra pruridos, para o enjoo e como sedativo, além de também ser usada em animais. .
0.37
 
Prometrina .
Triazina utilizada como herbicida seletivo pré e pós-emergencial.(Tradução livre do original: From Merck Index, 11th ed) .
0.37
 
Hyaenidae .
Hienídeos .
Lobos-da-Terra .
Proteles cristatus .
Hienas .
Proteles .
Família de grandes carnívoros terrestres que possuem longas pernas, pelos defensivos ásperos e um rabo denso. É composta por hienas e lobos-da-terra. .
0.36
 
Proadifeno .
Propiladifenina .
SK&F-525-A .
Inibidor do metabolismo de drogas e da atividade do SISTEMA ENZIMÁTICO DO CITOCROMO P-450. .
0.35
 
Desaceleração .
Decréscimo na taxa de velocidade. .
0.35
 
Prolina .
Aminoácido não essencial sintetizado a partir do ÁCIDO GLUTÂMICO. É um componente essencial do COLÁGENO e importante para o funcionamento adequado das articulações e tendões. .
0.34
 
Coroa de Proteína .
Coroa Proteica .
Corona Proteica .
Corona de Proteína .
Camada revestimento proteica adsorvida por NANOPARTÍCULAS pela entrada no PLASMA ou outros líquidos biológicos contendo proteínas, o que afeta a forma como as nanopartículas  são internalizadas pelas células e eliminadas do corpo. .
0.34